quarta-feira, 25 de abril de 2018

Milícia em Santa Cruz, no Rio, tem faturamento de R$ 300 milhões por ano



Chefe da Polícia Civil do Rio, o delegado Rivaldo Barbosa afirmou em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (25) , na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, na Zona Norte, que a milícia de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, fatura aproximadamente de R$ 300 milhões por ano.

"A operação de hoje foi destinada a uma área, o bairro de Santa Cruz, que por muito tempo está subjugado àquela organização criminosa. Dados da inteligência dão conta de que lá eles faturam aproximadamente 25 milhões de reais por mês. A gente tem a ideia da magnitude do poder nefasto daquela organização criminosa. São quase 300 milhões por ano", disse Rivaldo.

Ao todo, 18 foram presas durante operação contra nesta quarta. Foram cumpridos, ainda, outros sete mandados contra pessoas que já estavam presas. É a segunda grande investida no mês contra o grupo criminoso conhecido como "Liga da Justiça". No total, 33 vans irregulares foram apreendidas e toneladas de produtos contrabandeados foram confiscados.

A ação, que teve início às 4h, tinha como objetivo desmantelar braços econômicos de milicianos em Santa Cruz. Durante a investigação, agentes descobriram que o grupo criminoso passou também a atuar com contrabando, produtos que eram trazidos do Paraguai. O chefe do Departamento Geral de Polícia da Capital (DGPC), delegado Fábio Barucke, disse que no bairro foram encontradas cinco toneladas de mercadorias que seriam revendidas pelos criminosos.
G1

0 comentários:

Postar um comentário