sexta-feira, 23 de março de 2018

TSE cassa mandato do governador de Tocantins Marcelo Miranda (MDB)



O Tribunal Superior Eleitoral cassou o mandato do governador do Tocantins, Marcelo Miranda, do MDB. O governador do Tocantins e a vice, Cláudia Lelis, do PV, eram investigados desde setembro de 2014. Na época, um avião com R$ 500 mil em dinheiro e santinhos foi apreendido no interior de Goiás.
O Ministério Público afirmou que o dinheiro era de caixa dois da campanha de Marcelo Miranda. Segundo a investigação, o governador estava com as contas bloqueadas por causa de irregularidades cometidas ainda no primeiro mandato, em 2003, e usou contas de laranjas para movimentar grandes valores.

Nesta quinta-feira (22), ao falar sobre o caso, o presidente do TSE, ministro Luiz Fux, mencionou o que fez a funcionária de um dos coordenadores da campanha de Marcelo. “Essa senhora, com salário registrado de R$ 1 mil, e contrato de trabalho de um ano e três meses, ganhando R$ 1 mil por mês, ela sacou R$ 600 mil na boca do caixa”, disse o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Fux.

Com informações do G1

0 comentários:

Postar um comentário