Featured Video

Páginas

quinta-feira, 30 de março de 2017

Servidores públicos são mobilizados para parada nacional nesta sexta-feira (31)


Os trabalhadores de todo o Brasil estão sendo convocados a aderirem à paralisação nacional contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e a Terceirização nesta sexta-feira, 31.

Em Mossoró, uma assembleia unificada acontecerá às 8 horas no Hotel Villa Oeste neste dia e sairá pelas principais ruas da cidade como forma de protesto contra as retiradas de direitos dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros. O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum) mobiliza os servidores públicos a aderir ao movimento.

Ainda de acordo com o sindicato, a paralisação no município também contará com a presença de movimentos sociais e de outras instituições de classes e sindicais. “Temos que alertar a população para os impactos destas reformas, os servidores precisam estar alertas e mostrar o seu descontentamento. Precisamos ir às ruas”, comentou Marleide Cunha, presidente do Sindiserpum.

O Sindicato dos Bancários de Mossoró (Sindibancários) programa para esta quarta-feira, 29, uma assembleia. O objetivo é definir como será a atuação da categoria na sexta-feira. O encontro está previsto para ter início às 19h30.

As ações realizadas no dia 31 serão em preparação para uma grande greve geral dos trabalhadores. Os contrários as medidas exigir o veto presidencial ao projeto de lei da terceirização (PL 4302), que fere a  Constituição federal, e pressionar os parlamentares para barrar as reformas da Previdência e trabalhista.

O projeto de terceirização de serviços já foi aprovado na última quarta-feira, 22, e agora segue para sanção do presidente Michel Temer.

Já as reformas da Previdência e trabalhista estão previstas para entrarem em pauta na Câmara Federal a partir da segunda quinzena de abril.

DeFato

0 comentários:

Postar um comentário