Featured Video

Páginas

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Chefes de facção no RN aguardam transferência para presídio federal


Os cinco presos que foram retirados de Alcaçuz na segunda-feira (16), apontados como líderes da rebelião que deixou 26 mortos no final de semana, continuam detidos no Rio Grande do Norte aguardando transferência para um presídio federal. O local onde eles estão não é divulgado por questões de segurança.

Nesta quarta-feira (18), o secretário de segurança Caio Bezerra havia informado que foi protocolado pedido de transferência à Justiça Federal. No entanto, o pedido ainda estava em tramitação. Por isso, nesta quinta-feira (19), a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social disse que não há uma data definida para as transferências.

Saiba quem são os presos apontados como líderes:
1) José Cláudio Cândido do Prado, 37 anos: Condenado a 75 anos de prisão pela prática dos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. É do Estado de Mato Grosso.

2) Tiago de Souza Soares, 30 anos: Condenado a 38 anos e seis meses pela prática dos crimes de homicídio e tráfico de drogas.

3) Paulo da Silva Santos, 42 anos: Condenado a 32 anos pelos crimes de extorsão e tráfico de drogas.

4) João Francisco dos Santos, o Dão, 30 anos: Condenado a 39 anos por ter matado o radialista F. Gomes, em Caicó.

5) Paulo Márcio Rodrigues de Araújo, 31 anos: É preso provisório, ainda não foi condenado. É da cidade de Ipanguaçu.

A reportagem do G1 tentou contato com a Justiça Federal no Rio Grande do Norte para saber a previsão de análise do pedido de transferência dos presos, mas não obteve êxito.

Com informações do G1.RN

0 comentários:

Postar um comentário