Featured Video

Páginas

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Compras do Natal em Assu terão gasto médio de R$ 219,58


A cidade de Assú – região Oeste potiguar – sediou nesta quarta-feira, 30, o primeiro momento de prestação de contas de 2016 das ações do Sistema Fecomércio RN, Sesc e Senac nas cidades onde possui sindicatos filiados. O evento, que aconteceu no Hotel Oásis, contou com a presença de membros da diretoria do Sistema, diretoria do Sindicato do Comércio Varejista da cidade e empresários.

A noite foi marcada ainda pela apresentação, em primeira mão, da pesquisa “Destino do 13º e Intenções de Compras para o Final do Ano” realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Comércio da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (IPDC/Fecomércio). O levantamento inédito na cidade foi feito entre os dias 27 e 29 de outubro, e foram ouvidas 420 pessoas.

Os dados da pesquisa foram apresentados pelo diretor Executivo da Fecomércio, Jaime Mariz. “Tenho certeza de que as informações que iremos passar aqui serão um grande instrumento para balizar o trabalho que cada comerciante e prestador de serviço de Assú irá desenvolver neste final de ano para começarmos, desde já, a construir um 2017 melhor”, declarou.

O levantamento constatou que 58,7% dos consumidores de Assú pretendem realizar compras no período natalino, tendo um gasto médio de R$ 219,58 nas compras. Os presenteados, em sua maioria, serão os filhos (57,7%), seguido das mães (42,3%). Além disso, três a cada 10 entrevistados vão comprar apenas um presente, sendo roupas, com 52,8% das respostas, o presente escolhido. O local de compras escolhido pelos assuenses deve ser o comércio de rua local (87,6%), enquanto cerca de 10% comprarão em outras cidades.

O que irá garantir a compra será o preço do produto (44,3%); o desejo da pessoa a ser presenteada (35%); e a qualidade do produto (12,2%). Para atrair o consumidor, o empresário deve investir em promoções (44,5%), bom atendimento (36,2%), descontos (32,6%), facilidade de pagamento (6%) e variedade dos produtos (3,6%). Outro dado que pode auxiliar o empresário a criar estratégia de venda é que 68,7% dos clientes pagarão os produtos em dinheiro e 30% no cartão de crédito.

Viagens de final do ano
A pesquisa do IPDC da Fecomércio RN também estudou o interesse dos moradores de Assú viajarem no final do ano, movimentando o setor de serviços. Menos de 20% dos consumidores de Assú têm intenção de viajar durante o fim de ano, sendo que 82,4% irão aproveitar o período na cidade. Entre os que vão viajar, a maior parte deve escolher algum destino no Rio Grande do Norte.

Destes, 63,5% dos consumidores desejam curtir o litoral do RN; 21,6% vão para outros estados; e 13,5% irão para o interior do RN. Também foram citados como possíveis destinos o exterior (1,4%). Entre os meios de transporte, a opção pelo carro entre aqueles que planejam viajar aparece com a maior preferência (68,5%); já a opção pelos ônibus é de 23,3% dos consumidores, sendo essas as principais alternativas citadas pelos entrevistados.

“Gostaria de destacar a presença constante do Sistema Fecomércio no nosso município, e o trato dos assuntos de interesse da classe empresarial. A pesquisa feita pelo IPDC tem informações precisas para os comerciantes, e que devem orientá-los para que possamos atender melhor às expectativas dos clientes”, analisou o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Assú, Francisco de Assis Barbosa.

A íntegra da pesquisa está disponível aqui.

Atuação do Sistema Fecomércio RN em Assú
Uma das premissas do Sistema Fecomércio RN, que atua fortemente em todo o Estado, é promover o desenvolvimento econômico e social da sociedade, representando o empresariado e atuando pelo bem estar das pessoas. Em Assú e no Vale do Açu não foi diferente. Por meio do Sesc, braço social do Sistema, promoveu ações como o Ciclo Sesc, os Jogos dos Comerciários e a intensa programação do Dia do Trabalhador.

Já com o Senac, braço de qualificação e capacitação profissional do Sistema, está presente na cidade há cerca de 20 anos, mantendo, desde 2013, uma de suas unidades fixas. Entre os anos de 2014 e 2016, o Senac já contabiliza três mil matrículas na unidade, sendo 500 apenas neste ano de 2016, das quais 330 foram completamente gratuitas, dentro do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que possibilita o acesso de pessoas de baixa renda ao portfólio de excelência da instituição.

“É com orgulho que vejo estes números. Fico muito feliz que todo este trabalho, realizado em parceria com o Sindivarejo, tenha contribuído para o crescimento do nosso comércio varejista. Estamos muito agradecidos ao Sistema Fecomércio, que tem nos ajudado a tornar nosso comércio e nossos comerciários ainda mais fortes”, comemorou .

Barbosa.Fonte: Fecomercio/RN

0 comentários:

Postar um comentário