Featured Video

Páginas

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Brasil é o 3º país com maior carência de trabalhadores qualificados


Do G1, em São Paulo
O Brasil é terceiro país com maior dificuldade em encontrar trabalhadores qualificados para suas vagas de emprego, mostrou uma pesquisa da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Empatado com a Turquia, o país só perde para a Índia e o Japão, que aparecem em segundo e primeiro lugar no ranking, respectivamente.

Segundo o levantamento, 63% das empresas com 10 ou mais empregados no Brasil não conseguem preencher as vagas oferecidas com profissionais qualificados. Na Índia, esse percentual sobe para 64% e, no Japão, salta para 81%.

Na outra ponta, a Espanha é o país com o menor percentual (3%) de empresas que não preenchem facilmente vagas qualificadas, seguida do Reino Unido (12%), França (21%) e China (24%).

A pesquisa também mostrou que 45% dos trabalhadores consultados acreditam que não possuem as habilidades necessárias para fazer seus trabalhos, especialmente no México, Japão e Coreia do Sul.

Apenas três a cada 10 trabalhadores acreditam que possuem capacitação suficiente para o que seus trabalhos exigem, diz o estudo. Na Espanha, 40% dos trabalhadores disseram que tiveram problemas em encontrar pessoas com as habilidades necessárias. Essa escassez foi mais acentuada no setor industrial, segundo a OCDE.

O estudo atribui essa dificuldade ao avanço das tecnologias e a computadores mais inteligentes no ambiente de trabalho. "O rápido progresso das tecnologias digitais está transformando a forma como se trabalha, e as habilidades precisarão se adequar a estas mudanças" diz o estudo, citando a criatividade e o pensamento crítico como qualidades que podem superar  o avanço tecnológico.

0 comentários:

Postar um comentário