Featured Video

Páginas

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Henrique se diz surpreso e à disposição para esclarecimentos ao STF


O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, divulgou nota sobre a Operação Catalinárias, nova etapa da Lava Jato, que inclui mandado de busca e apreensão na residência dele, aqui em Natal.

O ministro, na nota, se disse surpreso. “Apesar de surpreso, respeito a decisão do Supremo Tribunal Federal. Estou, como sempre, à disposição para prestar qualquer esclarecimento que se fizer necessário”.Humberto Sales
Henrique Eduardo Alves se colocou à disposição para prestar esclarecimentos para a JustiçaHenrique Eduardo Alves se colocou à disposição para prestar esclarecimentos para a Justiça

Os mandados de busca e apreensão, executados na manhã desta terça-feira por agentes da PF, foram expedido pelo ministro Teori Zawascki. Foram  53 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, referentes a sete processos instaurados a partir de provas obtidas na Operação Lava Jato. A finalidade é evitar que provas importantes sejam destruídas pelos investigados.

Em Natal, os agentes federais cumpriram mandado de busca e apreensão no apartamento do ministro do Turismo, Henrique Eduardo, e saíram levando um malote. Os agentes passaram pouco mais de duas horas na residência do ministro e, segundo informações de assessores, foram apreendidos apenas um laptop e pendrives de uso pessoal.

Também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas residências do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em Brasília e no Rio também alcançou as residências do ministro de Ciência e Tecnologia, Celso Pansera (PMDB-RJ)  e do senador Edison Lobão (PMDB-MA). Foram, ainda, alvos da ação o deputado Anibal Gomes (PMDB-CE) e o ex-presidente da Transpetro Sergio Machado.

O nome da operação tem origem nas Catilinárias, que são uma série de quatro discursos célebres do cônsul romano Cícero contra o senador Catilina, que supostamente estaria planejando junto a seguidores um golpe para tomar o comando do Governo.

Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário