Featured Video

Páginas

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Bancários começam greve hoje


Sem chegar a um acordo sobre o reajuste salarial com os patrões, os bancários iniciam uma greve hoje sem data para retomar os serviços. Ontem, as agências bancárias já estavam superlotadas. Embora fosse início de mês e de semana, muita gente tentou se antecipar à paralisação. A retirada de vários terminais de autoatendimento de estabelecimentos comerciais também promete ser um ingrediente agravante do atendimento durante a greve deste ano.Adriano Abreu
Nas agências bancárias, muitos clientes tentaram se antecipar à paralisação para resolver pendências
Nas agências bancárias, muitos clientes tentaram se antecipar à paralisação para resolver pendências
O técnico em informática  Ranilson Silva, de 42 anos, procurou duas agências de um banco privado, mas não conseguiu realizar o serviço procurado. “No Itaú já tinha alguns procedimentos que não estão funcionando. E eu já passei pela agência da Prudente de Morais e da Rua João Pessoa”, contou. Dessa forma, ele teve que fazer os serviços na conta de outra pessoa em um banco público.

No hall de entrada agência Rio Branco do Banco do Brasil, as filas anunciavam que não seria fácil conseguir atendimento em qualquer setor do banco. Os envelopes utilizados nos caixas eletrônicos também começavam rarear. “Se hoje já está assim, com essa fila, imagina amanhã”, pensou Ranilson. 

As lotéricas e o serviço de internet bank são alternativas para não ficar sem movimentar dinheiro durante o período de greve. Com a redução drástica da rede de caixas eletrônicos, muitos já não os enxergam mais como alternativa. “Seria mais uma opção a mais para o usuário, mas já que não tem a gente vai ter que sobrecarregar as filas mesmo”, acrescentou o técnico em informática. 

No primeiro semestre desse ano, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) justificou a retirada dos terminais em função da vulnerabilidade aos assaltos. “Mas isso é só um lado da verdade. O que os bancos querem mesmo é reduzir seus custos e otimizar seus lucros. Todos os bancos agora convergem para a empresa ‘Banco 24h’”, alertou Marta Turra, presidente do Sindicato dos Bancários do Rio Grande do Norte (Sindibancários/RN). Vale lembrar que o cliente para uma taxa diferenciada pela utilização desse serviço. 

Apesar do encolhimento da rede de autoatendimento não houve novas contratações para suprir a demanda nas agências segundo a líder sindical no RN. “O Banco do Brasil e a Caixa fizeram concurso, mas não chamam os aprovados. Agora, os concursados estão acionado a justiça para serem chamados”, afirmou. 

O serviço de compensação bancária será garantido durante a greve, exatamente como previsto em lei. A presidente do sindicato lembra que nunca há greve de 100% dos trabalhadores. Ela ressalta que o abastecimento dos caixas eletrônicos não é responsabilidade da categoria. “Muitas vezes, os bancos deixam de prover os terminais com recursos para colocar a população contra a greve. Mas quem faz esse serviço é uma empresa terceirizada, não são os bancários”, destacou. 

Negociação 
Os bancários pediram um reajuste salarial de 32% neste ano. No entanto, os bancos apresentaram uma contraproposta de apenas 5,5%. “O percentual que nós pedimos ia aliviar um pouco a defasagem salarial em relação ao período de lançamento do plano real”, comentou. Os bancários de todo o Brasil rejeitaram a proposta e entram em greve a partir de hoje. Ontem, a categoria realizou uma assembleia geral para definir como será a estratégia de mobilização durante o movimento.

Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário