Featured Video

Páginas

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Pianista indicada duas vezes ao Grammy Latino faz Masterclass gratuita na UFRN


Consagrada nacional e internacionalmente, a pianista brasileira Clara Sverner ministrará uma masterclass gratuita no dia 26 de agosto (quarta-feira) no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música da UFRN. A aula, às 10 horas, integra o projeto “Piano para Todos”, que conta com o patrocínio dos Correios e realização do Ministério da Cultura e Governo Federal.  A pianista se apresentou em Natal no último dia 16 de abril, em recital no Teatro Alberto Maranhão, também como parte do projeto, que passou por mais 3 capitais e se encerra em setembro, no Rio de Janeiro, garantindo o acesso à boa música e realizando ações de sustentabilidade ambiental e econômica com o programa “Lixo Zero“ e contratação de pequenos empresários locais.

O objetivo da masterclass é enriquecer o estudo e o conhecimento técnico dos novos talentos – aproximando os jovens músicos de uma artista experiente, talentosa e renomada, além de trabalhar o resgate e a preservação da música brasileira. “A possibilidade de administrar as masterclasses é formidável. Escuto e apreendo também, enquanto os alunos podem se beneficiar de minha experiência. Este contato é fundamental neste projeto”, afirmou a concertista.

CONCERTISTA EXPLORA LIMITES ENTRE O ERUDITO E POPULAR
Famosa por sua inquietude e ousadia ao piano, Clara Sverner é uma intérprete de talento reconhecido pelo público e crítica no Brasil e no exterior, tendo iniciado seus estudos em São Paulo com o professor José Kliass. A qualidade estética e a expressividade com que executa as peças levaram a pianista brasileira a voos mais distantes. Ela aperfeiçoou-se nos centros musicais mais avançados como o conservatório de Genebra, onde recebeu uma medalha de ouro e o Mannes College off Music de Nova York.

Com um repertório escolhido minuciosamente, a concertista valoriza desde os antigos virginalistas ingleses do século XVI até os principais representantes do  século XX. Foi ela que desvendou a produção pianística de Chiquinha Gonzaga, primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil, a quem dedicou várias gravações. Outros compositores da música popular brasileira também ganharam outros universos sonoros pelas mãos de Clara Sverner. A parceria com o saxofonista Paulo Moura permitiu explorar obras clássicas de músicos como Pixinguinha e o trabalho resultou em quatro discos gravados. Um deles «Vou vivendo» ganhou o prêmio Villa-Lobos, em 1987.

É justamente a dedicação tanto à musica erudita quanto à popular brasileira a principal característica musical da concertista. Com técnica apurada, ela passeia com  maestria tanto por clássicos como Mozart e Debussy, até os brasileiros como Villa-Lobos, tendo sido responsável pelo resgate das obras de Chiquinha Gonzaga e Glauco Velasquez. No primeiro caso, o trabalho deu origem, em 1999, ao CD «Chiquinha Gonzaga por Clara Sverner», utilizado na minissérie da Rede Globo.

Clara Sverner possui uma discografia que ultrapassa os 25 títulos, tendo sido a primeira a gravar disco no Brasil com obras de  Anton Webern, Allang Berg, Eric Satie e Maurice Ravel, em 1974.  Sua primeira indicação ao Grammy Latino foi em 2009 com o volume 3 de «Mozart por Clara Sverner», e a segunda, em 2011, com  o disco “Chopin por Clara Sverner”, na categoria de melhor álbum de música clássica. Em 2012, a pianista viajou por cinco cidades do interior de São Paulo, quando lançou o CD “Ravel e Debussy”, sucesso de crítica e venda.

SERVIÇO
Projeto «Piano para todos» com Clara Sverner

MASTERCLASS COM A PIANISTA CLARA SVERNER
Dia 26 de agosto, às 10h.
Entrada Gratuita para estudantes e professores de escolas e conservatórios.
Inscrições através do email: delphos@delphosproducoes.com
Local: Auditório Onofre Lopes (Escola de Música da UFRN)
Endereço: Av. Passeio dos Girassóis, s/n – Lagoa Nova
Telefone de contato: 84 - 3342.2229

0 comentários:

Postar um comentário