Featured Video

Páginas

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Projeto de Lei Orçamentária prevê salário mínimo de R$ 865,50 em 2016


O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2016 prevê um salário mínimo de R$ 865,50 para 2016. As projeções para 2017 indicam que o salário mínimo será de R$ 910,40; para 2018 a intenção é de que feche em R$ 957,8; e para 2019, em R$ 1.020,80.Divulgação
O Projeto de Lei Orçamentária prevê um salário mínimo de R$ 1.020,80 em 2019
O Projeto de Lei Orçamentária prevê um salário mínimo de R$ 1.020,80 em 2019
Ainda segundo a PLOA, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) será de 0,2% no ano que vem. O boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (31), pelo Banco Central, mostra uma expectativa de queda de 0,40% em 2016.

Para 2017, a expectativa do governo federal é de que o crescimento real seja de 1,7%. Em 2018 e 2019, as previsões mostram um crescimento de 2% e de 2,5%, respectivamente. Para este ano, a expectativa do Ministério do Planejamento é uma queda de 1,8%.

A expectativa do Planejamento para a inflação do próximo ano é de 5,40%, um pouco abaixo do que indica o boletim Focus, que prevê uma inflação de 5,51%. Enquanto isso, o Banco Central promete levar a inflação para 4,5%. O governo federal espera que a inflação atinja o centro da meta só a partir de 2017 e que apresente o mesmo comportamento em 2018 e 2019.

AE/Tribuna

Vendas em supermercados caem 1,32% em julho, informa a Abras


As vendas reais do setor supermercadista registraram queda de 1,32% em julho em relação ao mesmo mês de 2014, de acordo com o Índice Nacional de Vendas divulgado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Na comparação com junho deste ano, o indicador aponta avanço de 4,97%. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).Ana Silva
Na comparação com junho deste ano, o indicador aponta avanço de 4,97%
Na comparação com junho deste ano, o indicador aponta avanço de 4,97%
No acumulado dos primeiros sete meses de 2015, houve queda real de 0,2% nas vendas ante o mesmo período de 2014. Em valores nominais, o índice de vendas da Abras apresentou crescimento de 8,11% em julho em relação ao mesmo mês de 2014 e alta de 5,62% sobre junho.

Cesta básica
Os preços de itens básicos nos supermercados subiram em julho ante junho deste ano. A AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK a pedido da Abras, apresentou alta de 0,82% em julho em relação ao mês anterior, passando de R$ 411,03 para R$ 414,40. Na comparação com junho de 2014, o indicador cresceu 11,52%.

As maiores altas foram de produtos como mussarela, que subiu 5 22%, massa sêmola espaguete, alta de 4,84%; farinha de mandioca, aumento de 4,72%; e xampu, de 4,37%. Já as maiores quedas incluem produtos como tomate, cujo preço recuou 4,62%; arroz, redução de 2,45%; margarina cremosa, queda de 2,07%; e óleo de soja, queda de 2,03%.

Tribuna do Norte

Orçamento 2016 foi entregue com déficit de R$ 30,5 bi, diz relator


O relator-geral do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), afirmou nesta segunda-feira, 31, que o déficit orçamentário em 2016 vai ser de R$ 30,5 bilhões, o que corresponde 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). A proposta orçamentária de 2016 foi entregue nesta tarde pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ao Congresso.

Diante da decisão do governo de enviar ao Congresso o Orçamento de 2016 com déficit, a cúpula do Congresso começou a discutir se assume a tarefa de reequilibrar as contas públicas.

O movimento que começou nos últimos dias é ainda incipiente e tem por objetivo aprovar até dezembro uma peça orçamentária do ano que vem que contemple, em vez de um déficit primário próximo a R$ 30 bilhões, uma meta fiscal positiva. A articulação também visa a evitar que o País perca o grau de investimento dado por agências de classificação de risco.

O superávit primário de 2016 já foi alterado duas vezes, de 2% para 0,7% e, em seguida, para possivelmente 0,5% do PIB. A última alteração decorreu da decisão da presidente Dilma Rousseff de não enviar ao Legislativo uma proposta para a recriação da CPMF, medida que poderia permitir uma arrecadação extra para a União de pelo menos R$ 70 bilhões, mas que foi rechaçada por vários segmentos.

Após o governo rever a meta fiscal do próximo ano, o relator-geral do Orçamento de 2016, deputado Ricardo Barros (PP-PR), começou uma série de consultas com lideranças da Câmara e do Senado em busca de apoio para reequilibrar as finanças de 2016. Entre outros, ele já conversou com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ).

Barros, defensor de que o Executivo mandasse uma peça orçamentária com a nova CPMF, tem defendido nas conversas ser necessário conter o aumento das despesas públicas. O deputado - que já foi um dos vice-líderes dos governos FHC e Lula e hoje ocupa a mesma função no governo Dilma - aventou a possibilidade de propor um congelamento de reajustes salariais de servidores públicos. "Se na iniciativa privada os trabalhadores estão sendo demitidos, no serviço público eles têm que dar sua cota de sacrifício", disse.

"O Congresso também tem que fazer a sua parte para conter a expansão dos gastos públicos", afirmou Picciani, ao defender também uma rápida reestruturação no custeio do governo.

O movimento também pretende atingir a margem de manobra do governo em investimentos. Uma das ideias em debate é reduzir a atuação do Executivo em remanejar recursos públicos, como o de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A partir de mudanças no Orçamento de 2016, o Congresso discute reassumir prerrogativas perdidas para o governo de autorizar novas movimentações de recursos.

A Agenda Brasil, conjunto de propostas anticrise apresentado por Renan Calheiros, poderá ser utilizada no reforço de ações para evitar o aumento de gastos públicos. Uma das críticas de parlamentares, reservadamente, é de que o governo tem tomado tímidas ações para ajudar na melhoria das contas públicas. Para um líder de partido aliado do Senado, o Executivo não reduz para valer o custeio com a máquina, como na proposta de cortar 10 dos 39 ministérios e apenas 1 mil dos 22,5 mil cargos em comissão.

Tribuna do Norte

Prefeitura do Assú e Sebrae incentivam artesãos através do Programa do Artesanato Assuense


A Prefeitura Municipal do Assú através da secretaria municipal do Desenvolvimento Social e da Habitação, com o SEBRAE/RN e o Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (ACESSUAS-TRABALHO), realiza nesta terça e quarta-feira, dias 1 e 2 de setembro, as Oficinas de Controles Financeiros e de Formação de Preço de Venda, direcionadas aos artesãos assuenses. Os referidos eventos acontecem no horário das 08 às 12h, no auditório do Sebrae Assu.
A Oficina de Controles Financeiros tem por Objetivo compreender a forma de utilização do controle de caixa no dia a dia do artesão e reconhecer a importância de se efetuar o controle diário de entradas e saídas de dinheiro. Já a Oficina de Formação de Preço de Venda visa orientar o artesão quanto, as estruturas de custos e despesas e o cálculo adequado do preço de venda dos produtos, de forma simples e prática.

Segundo a secretária do Desenvolvimento Social da prefeitura do Assú, Delkiza Cavalcante, a atividade faz parte do trabalho continuado de organização da atividade artesanal no município, visando a implantação do Programa do Artesanato Assuense numa parceria da secretaria do Desenvolvimento Social e da Habitação da prefeitura do Assú com o escritório do Sebrae Assú.

A primeira oficina trabalhada foi em Design de Artesanato, com a renomada consultora de design Juliana Donato, tendo como proposta melhorar, qualificar e construir uma identidade representativa do artesanato assuense.

A ideia da Oficina de Design foi propiciar um resgate dos signos locais e abrir asas para a criatividade, despertando nas pessoas o olhar para si e para os ícones do município. Além de mostrar a necessidade de se definir uma linha de produtos a serem comercializados, foram exploradas as técnicas e processos já conhecidos, aprimorando-os, e descobrindo como seria possível a utilização de materiais encontrados no município do Assú e região. O resultado já foi mostrado na Feira do Artesanato durante o período da festa do padroeiro São João.

___________________________

Assessoria de Projetos Especiais
Prefeitura Municipal do Assú/RN
Alderi Dantas (84) 99419 2427
Fotos: Endson Esron

sábado, 29 de agosto de 2015

Racionamento: Açude Gargalheiras só tem água para mais dez dias


A pouca quantidade de água do açude Gargalheiras (cujo volume atualmente chega a apenas 0,2% de sua capacidade) só é suficiente para abastecer as populações de Currais Novos e Acari, na região do Seridó, por mais dez dias. A Caern informou que no dia 7 de setembro vai encerrar a captação do reservatório para os dois municípios, que desde maio enfrentam racionamento de água. Para não deixar as cidades desabastecidas, a Caern vai ativar poços de captação já perfurados e perfurar novos. A quantidade, porém, não foi especificada.Romeu Dantas
Devido a pouco água do Gargalheiras, Caern suspenderá a captação para Acari e Currais Novos
Devido a pouco água do Gargalheiras, Caern suspenderá a captação para Acari e Currais Novos
Localizado no município de Acari, a 228 km de Natal e 60 km de Caicó, o açude Gargalheiras (oficialmente chamado de Marechal Dutra) tem capacidade de armazenar 44 milhões de metros cúbicos de água, mas os quatro anos seguidos de estiagem (2012, 2013 2014 e 2015) fizeram seu nível baixar aos atuais 86,6 mil m3, o equivalente a 0,2% da capacidade. 

Devido a escassez de água no reservatório, Acari e Currais Novos foram incluídos em maio no rodízio de abastecimento da Caern. Atualmente, a lista conta com 37 municípios. Já as cidades do sistema da Caern em colapso somam nove.  Em todo o Rio Grande do Norte, são 153 as cidades em situação de emergência, por motivo da seca, o equivalente  a 91% dos municípios do Rio Grande do Norte. Desse total, 123 vêm sendo abastecidos pela Operação Carro-Pipa.

Desde 2012, o Governo do Rio Grande do Norte vem reeditando a calamidade pública no Estado em função da estiagem prolongada de quatro anos. No primeiro ano, a operação consumiu R$ 32,5 milhões. No ano seguinte, foram R$ 59 milhões, e no ano passado, R$ 75 milhões. Até junho deste ano, o dispêndio com a ação já havia sido de R$ 43 milhões.   

O decreto em vigor perde a validade na primeira semana de outubro. Na reunião agendada para a próxima quinta-feira (3), os órgãos envolvidos irão apresentar um parecer técnico com um mapeamento da situação hídrica dos municípios potiguares. A expectativa é que desse encontro saia o número de cidades a serem incluídas na renovação do decreto.

Com o decreto de emergência, os municípios incluídos podem solicitar a Operação Carro-Pipa para o abastecimento de água. Os agricultores têm direito de renegociar suas dívidas com os bancos e receber milho subsidiado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Enquanto isso, na principal reserva hídrica do Rio Grande do Norte, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a vazão vem sendo reduzida sistematicamente. A Agência Nacional de Águas espera, ainda no início de setembro, ter a definição sobre a nova redução. A previsão é de queda dos atuais 5m³/s para 4,5m³/s na oferta de água.
Falta de chuvas deixou o Gargalheiras com nível baixo - Foto:João Bezerra Júnior






















    A medida busca assegurar o abastecimento de água para consumo humano até a primeira quadra chuvosa de 2017.  Um estudo deverá definir, nos próximos dias, o regramento de uso racional de água, considerando pequenos e grandes usuários, como produtores, termelétrica e empresas de grande porte. A Barragem está com cerca de 30% da capacidade total de 2,4 bilhões de metros cúbicos. 

    Uma audiência com todos os usuários e representantes do Comitê das Bacias deve ser realizada para a conclusão do estudo que analisa o impacto do consumo na capacidade hídrica do maior reservatório do potiguar.  A vazão para uso geral era, até outubro do ano passado, de 12,5m³/s. Depois, diminuiu para 8m³/s e hoje está em 5m³/s, sendo que os produtores do  Distrito Irrigado do Baixo-Açu (Diba) retiram para a irrigação 1,5m³/s de água, quantidade até inferior aos 1,7m³/s estipulados na mais recente Resolução da ANA (a 316), que passou a vigorar no dia 9 de abril.

    Tribuna do Norte

    sexta-feira, 28 de agosto de 2015

    Escola Municipal realiza I Seminário Internacional de Língua Inglesa


    A Escola Luiza de França, pertencente à Rede Municipal de Ensino de Assú realizou nesta semana (24 a 28), o I Seminário Internacional de Língua Inglesa. Idealizado pelo professor Josué Figueiredo da Silva, realizado com em parceria com AFS Brasil/Assú, com apoio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura – SMEC, O seminário faz parte do projeto: “Ensino de Língua Inglesa numa Perspectiva Comunicativa”, e, tem como objetivo promover intercâmbio cultural para que os alunos possam aprender os costumes, as tradições e o idioma de outros países.
    Esta etapa do projeto contou com a participação de estudantes intercambistas da Nigéria, Estados Unidos, Tailândia e Turquia.

    O titular da SMEC, secretário Alberto Luís, parabenizou a direção da escola, a iniciativa do professor Josué Figueiredo e destacou a importância do projeto: “Em um mundo cada vez mais globalizado, consideramos o intercâmbio cultural como sendo de primordial importância na vivência de nossos alunos, que poderão ampliar seus horizontes conhecendo culturas diferentes daquela a que estão habituados”. Declarou Alberto Luís.

    SEACOM – PMA
    Fotos: Cedidas

    Comissão de Educação aprova projeto que cria a Semana Olímpica nas Escolas Públicas


    A Comissão de Educação aprovou o Projeto de Lei nº 4129/2012, do qual o deputado federal Fábio Faria (PSD/RN) é um dos autores, instituindo a Semana Olímpica nas Escolas Públicas a ter início anualmente no dia 23 de junho, Dia Olímpico Internacional. A Semana da Educação Olímpica terá caráter multicultural e deverá ser desenvolvida interdisciplinarmente, por cada Unidade de Ensino de acordo com seu projeto pedagógico e as diversas disciplinas escolares em conjunto com a educação física, poderão se unir para destacar, incentivar e implementar valores éticos, sociais e morais através do olimpismo.

    “O Brasil está às vésperas de vivenciar o momento histórico de sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. E este PL pretende promover uma evolução da comunidade escolar no processo de voluntariado, na criação de hábitos saudáveis, implantação de valores éticos, sociais e morais que devem ser mantidos após a competição propriamente dita”, disse Fábio Faria.

    A proposta já recebeu parecer favorável na Comissão de Turismo e Desporto e será analisada agora pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC). Após a tramitação na Câmara, a matéria seguirá para o Senado.

    Estella Dantas.
    (84) 98182-5550
    (61) 3215-5706

    Boneco gigante de Lula fez jornal da Globo ser apresentado de cortinas fechadas


    Primeiro jornal a ser transmitido pela TV Globo em seu dia, o Bom Dia São Paulo foi apresentado nesta sexta-feira (28) de cortinas fechadas. O motivo da mudança, que despertou grande curiosidade nos telespectadores, foi a presença do boneco inflável do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Ponte Estaiada, que serve como cenário do telejornal.

    Após aparecer pela primeira vez nos protestos do dia 16 de agosto, em Brasília, e fazer sucesso nas redes sociais, o "Lula Inflado" estava passando por reparos em São Paulo. O boneco tem 12 metros de altura e, além da roupa de presidiário, possui uma placa no peito com os números "13" e "171".

    Leia também:
    Lula X FHC: duas faces da mesma moeda?
    Lula nunca interferiu em projetos no BNDES, diz Coutinho
    Embora tenha amanhecido na ponte, o "Lula Inflado" já estava desinflado por volta das 7h45. A figura foi criada pelo Movimento Brasil, um dos grupos que têm organizado protestos contra a presidente Dilma Rousseff, e custou R$ 12 mil. Segundo Ricardo Honorato, um dos líderes do movimento, a ideia é que o boneco faça uma turnê pelo Brasil.
    Reprodução/TV Globo
    Reprodução/TV Globo 
    Na internet, o boneco virou piada e aparece em montagens feitas com várias cenas icônicas, como na derrota do Brasil para a Alemanha na Copa do Mundo, em capas de álbuns como ''Nevermind'', do Nirvana, em cenas de filmes como "Titanic", perdido na capa do livro "Onde está Wally".

    Com Agência O Globo/Yahoo

    quinta-feira, 27 de agosto de 2015

    Senado deve rejeitar Maior Idade Penal


    Apuração do G1 indica que mais da metade dos senadores, 45, é contrária à PEC que reduz a maioridade penal de 18 para 16 anos, aprovada em dois turnos na Câmara. A proposta deve ser derrubada. O levantamento foi feito entre sexta (21) e quarta-feira (26) com 81 senadores.

    G1.Com

    Governo divulga hoje contas de julho


    O Tesouro Nacional divulga hoje as contas do governo de julho. No primeiro semestre, o país teve déficit inédito de R$ 1,59 bilhões, no pior primeiro semestre da história. Os resultados das contas públicas têm sido afetados pela redução da arrecadação federal.

    G1.Com

    quarta-feira, 26 de agosto de 2015

    Justiça determina interdição da Penitenciária de Caicó


    A justiça do Rio Grande do Norte determinou a interdição da Penitenciária Estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o "Pereirão",  na tarde desta quarta-feira (26). A determinação foi do juiz da Vara Criminal de Caicó, José Vieira de Figueiredo Júnior. Desta maneira, o presídio não pode receber novos presos.Cedida/Blog Jair Sampaio
    Clima foi de tensão e confronto durante a tarde e parte da noite no presídio ‘Pereirão’ em Caicó
    Clima foi de tensão e confronto durante a tarde e parte da noite no presídio ‘Pereirão’ em Caicó 
    A portaria foi publicada na edição desta quarta-feira (26) do Diário da Justiça. Segundo o juiz, caso a determinação seja descumprida, o juiz fixa uma multa de R$ 1 mil por cada preso sem autorização para o diretor do presídio e o coordenador do Sistema Penitenciário. 

    Nos últimos dias, o presídio passou por diversos motins, que deixaram um detento morto e outros feridos, além da depredação física da penitenciária. A  disputa pelo controle interno dos presídios entre facções criminosas teria motivado  a Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania (Sejuc) a iniciar as transferências de presos entre as principais unidades do sistema prisional do Rio Grande do Norte, que atualmente possuem 7.735 apenados.
    Divulgação/Polícia Militar
    Penitenciária do Seridó, em Caicó, ficou completamente destruída após motim ocorrido nesta segunda-feiraPenitenciária do Seridó, em Caicó, ficou completamente destruída após motim ocorrido nesta segunda-feira
    A medida começou pela realocação de 71 presos do presídio estadual Desembargador Francisco Pereira da Nóbrega, o “Pereirão”, em Caicó, na região do Seridó, onde foram registrados dois motins entre a segunda-feira (24) e a madrugada da terça-feira (25). No presídio, a guerra entre o Primeiro Comando da Capital (PCC), grupo originário do sul do país, e o Sindicato do Crime do RN, levou ao assassinato do presidiário Fábio Júnior da Silva Patrício, o “Bolinha”, na madrugada de segunda-feira (24). Três outros presos ficaram feridos.

    Tribuna do Norte

    Cunha é notificado pelo STF sobre denúncia da Lava Jato


    O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi notificado hoje (26) sobre a denúncia apresentada contra ele pela Procuradoria-Geral da República (PGR). Com a notificação, a defesa de Cunha terá 15 dias para apresentar defesa ao Supremo Tribunal Federal (STF).Alex Ferreira / Câmara dos Deputados
    O presidente da Câmara dos Deputados foi denunciado pelo crime de corrupção
    O presidente da Câmara dos Deputados foi denunciado pelo crime de corrupção
    Na semana passada, Cunha foi denunciado pelo crime de corrupção. Segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente da Câmara recebeu US$ 5 milhões para viabilizar a contratação de dois navios-sonda pela Petrobras, junto ao estaleiro Samsung Heavy Industries em 2006 e 2007. O negócio foi formalizado sem licitação e ocorreu por intermediação do empresário Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, que está preso há nove meses em Curitiba, e o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró.

    O caso foi descoberto  a partir do acordo de delação premiada firmado por Júlio Camargo, que também participou do negócio e recebeu US$ 40,3 milhões da Samsung Heavy para concretizar a contratação, segundo a denúncia.

    Após a divulgação da denúncia, Cunha rebateu com “veemência” e chamou de “ilações” a denúncia apresentada por Janot. No texto, ele se diz inocente e aliviado “já que agora o assunto passa para o Poder Judiciário”.

    A partir de agora, Eduardo Cunha  terá 15 dias para apresentar defesa, após ser notificado. Depois de  receber a manifestação da defesa, o ministro Teori Zavascki vai elaborar seu voto e o levará a julgamento no plenário do STF. Se a maioria dos ministros entender que existem provas para abertura da ação penal, Cunha passará à condição de réu.

    Agência Brasil/Tribuna

    Inaugurada em Assú a primeira Agência do Empreendedor do Estado


    A Prefeitura de Assú em parceria com o SEBRAE inaugurou nesta terça-feira (25), a Agência do Empreendedor, um espaço de orientações técnicas voltadas ao empreendedorismo para atender a quem pretende empreender ou ampliar seu negócio.

    Seguindo a vocação de valorizar o empreendedorismo o município do Assú, que em 2009 largou na frente e inaugurou a primeira Sala do Empreendedor do Brasil, inaugura agora a primeira Agência do Empreendedor do Rio Grande do Norte.

    “Essa é uma importante contribuição para fomentar o aumento da competitividade dos Pequenos Negócios, através da desburocratização dos processos legais e estímulo a participação nas compras públicas, além de ampliar a rede de parceiros para prestação de serviços ao Microempreendedor Individual e execução de outras ações junto aos Agentes de Desenvolvimento do município”, explica o gerente do Escritório Regional do Sebrae no Vale do Açu, Fernando de Sá Leitão.

    Durante a solenidade Honorina Eugênia de Medeiros, gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas do Sebrae-RN, destacou e parabenizou Assú por mais uma ação inovadora em favor dos micro e pequenos empreendedores.

    O prefeito Ivan Júnior agradeceu ao Sebrae pela parceria permanente com a Prefeitura e  afirmou que o objetivo da agência é desburocratizar e melhorar a vida das micro e pequenas empresas: “O objetivo  é garantir sustentabilidade aos micro empreendedores incentivando-os a empreender de forma favorável para que cresçam e atinjam seus objetivos”. 
      
    Funcionando na Rua Alfredo Soares de Macêdo Neto, no Bairro Janduís, a Agência do Empreendedor de Assú vai informar e orientar sobre os procedimentos necessários à abertura e formalização do negócio, com a prestação de serviços como: abertura de empresa, alteração, baixa de empresas, alvará ambiental, alvará de localização, alvará sanitário, consulta prévia de localização, atividades de risco, entre outros.

    A Solenidade de inauguração contou a presença de secretários municipais, do presidente da Câmara Municipal Breno Lopes, vereadores, presidente da CDL Edmilson Albino e pequenos empresários.

    SEACOM - PMA

    Feira espera R$ 3 milhões em negócios para o turismo rural


    Considerado o maior evento do setor, a 11ª edição da Feira de Turismo Rural 2015 (Ruraltur) será aberta ao público nesta quarta-feira (26), às 16h, na Arena das Dunas, em Natal (RN). A entrada será pelo portão 3D, mais próximo à avenida Prudente de Morais. São esperados mais de dois mil visitantes por dia, vindos de todos os estados brasileiros, já que, a partir desta edição, a feira entrou no calendário nacional. 

    A expectativa de negócio durante e após o evento é de aproximadamente R$ 3 milhões, que devem ser gerados pelas negociações na rodada de negócios e na sessão de negócios, na comercialização de pacotes e destinos turísticos e venda de produtos e serviços voltados para essa cadeia produtiva.

    A solenidade de abertura oficial está prevista para as 19h e terá a presença do governador Robinson Faria, dos dirigentes do Sebrae no Rio Grande do Norte e da diretora técnica do Sebrae Nacional, Heloisa Menezes. A executiva deve apresentar, em Natal, os investimentos do sistema na capacitação dos donos de empreendimentos envolvidos com o turismo rural. A previsão é de que sejam investidos mais R$ 6 milhões até o fim do ano em cursos e oficinas para cerca de mil empreendedores de todo o Brasil que atuam nesse ramo, que é considerado prioritário dentro da carteira de turismo do Sebrae.

    Isso porque o turismo rural é considerado a principal alternativa para aumentar a renda dos produtores, ao abrir a propriedade para visitação, e também ampliar o tempo de permanência dos turistas em determinados destinos.

    O setor, porém, passa por entraves legais que inibem a possibilidade de expansão da maioria das propriedades. Um deles é a permissão para que o produtor rural tenha um empregado com carteira assinada, situação que atualmente é proibida. Além disso, também não é legalmente permitido o funcionamento de um empreendimento regularizado dentro de uma propriedade rural.  Um Projeto de Lei que tramita na Câmara dos Deputados tenta sanar essas questões.

    Mas, enquanto não o projeto não é aprovado e sancionado, ambas situações continuam tornando a atividade inviável e, de certa forma, acabam contribuindo para a informalidade, segundo o Sebrae. A atividade é apontada como saída para a interiorização do turismo no interior do país, que tem um potencial ainda pouco explorado. No RN, há roteiros que começam a se consolidar. Os principais serão apresentados na Ruraltur a representantes de operadoras e agências de turismo.

    Tribuna do Norte

    Ambev diminui produção em fábrica no Rio Grande do Norte


    A Companhia de Bebidas das Américas (Ambev), única indústria de cervejas no Rio Grande do Norte, tem reduzido a produção no estado, segundo os sindicatos patronal e de trabalhadores do setor do bebidas. Em junho deste ano, a indústria bateu um recorde negativo com apenas 12 mil hectolitros (1,2 milhão de litros) produzidos no mês. Em julho, 18 funcionários foram demitidos. Os números foram repassados pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Bebidas do Rio Grande do Norte (Sintebern).Divulgação
    Fábrica da Ambev no RN: Indústria opera em escala de produção reduzida, segundo Sindicato
    Fábrica da Ambev no RN: Indústria opera em escala de produção reduzida, segundo Sindicato

    Ontem, circularam em redes sociais informações que davam conta do encerramento da produção no Estado. A unidade local ficaria responsável apenas pelo envasamento de bebidas, que seriam trazidas de João Pessoa, na Paraíba. Em nota, a empresa não confirmou, mas também não negou a informação. “A Ambev informa que avalia constantemente as melhores oportunidades para aperfeiçoar sua operação de distribuição. Para isso, leva em consideração fatores logísticos e de infraestrutura das regiões onde está presente”, disse a empresa em um trecho.

    A companhia informou também que nos últimos quatro anos e meio investiu R$ 31,4 milhões no estado, em melhorias de processos produtivos, logística e distribuição.  O presidente do Sintebern, Mairlon Oliveira, informou que a empresa convocou uma reunião com a entidade sindical para a próxima segunda-feira. O sindicalista não foi informado sobre qual será o tema do encontro.

    Ainda conforme Oliveira, desde  junho a cervejaria vinha operando em uma escala de produção bastante reduzida. “Eles estão produzindo só em dois dias na semana. Na Coca-cola, a maior indústria de bebidas no Estado, a produção é 24 horas”, comparou. 


    Conforme o presidente do sindicato, atualmente 342 pessoas trabalham na unidade local da Ambev. Esse número a coloca como segunda maior empregadora na indústria de bebidas no Estado. De acordo com o Sintebern, a Coca-Cola está em primeiro lugar nesse ranking, com 622 empregos diretos. Além das demissões em julho, no início do ano a empresa também dispensou funcionários. Porém, o presidente do sindicato não soube precisar quantos ficaram desempregados na primeira leva de 2015.     

    Duas cervejas são produzidas na unidade local: Brahama e Skol do tipo litrão (1 litro). “E esse tipo nem vende muito. Até nisso, a gente aqui deu um pouco de azar”, acrescentou. Segundo Oliveira, a empresa produz os demais produtos à venda no mercado local nas demais unidades do Nordeste: Ceará, Paraíba e Pernambuco. Marcas mais vendáveis, como o litrinho (periguete) ou a embalagem de 600 mililitros, são produzidas pelos vizinhos. 

    O presidente do Sintebern ressalta que a produção de bebidas tem uma sazonalidade natural independentemente de crises econômicas. “De outubro a fevereiro, a produção fica mais aquecida. Mas nesse ano a crise tem agravado um pouco mais essa sazonalidade no período de baixa”, comentou. Apesar das informações pessimistas de produção, não havia chegado ao presidente do sindicato nada sobre um suposto fim da produção.

    Ambev no RN
    Números e outros dados.

     





     


    Fontes: Sintebern e Ambev./Tribuna

    terça-feira, 25 de agosto de 2015

    Pianista indicada duas vezes ao Grammy Latino faz Masterclass gratuita na UFRN


    Consagrada nacional e internacionalmente, a pianista brasileira Clara Sverner ministrará uma masterclass gratuita no dia 26 de agosto (quarta-feira) no Auditório Onofre Lopes da Escola de Música da UFRN. A aula, às 10 horas, integra o projeto “Piano para Todos”, que conta com o patrocínio dos Correios e realização do Ministério da Cultura e Governo Federal.  A pianista se apresentou em Natal no último dia 16 de abril, em recital no Teatro Alberto Maranhão, também como parte do projeto, que passou por mais 3 capitais e se encerra em setembro, no Rio de Janeiro, garantindo o acesso à boa música e realizando ações de sustentabilidade ambiental e econômica com o programa “Lixo Zero“ e contratação de pequenos empresários locais.

    O objetivo da masterclass é enriquecer o estudo e o conhecimento técnico dos novos talentos – aproximando os jovens músicos de uma artista experiente, talentosa e renomada, além de trabalhar o resgate e a preservação da música brasileira. “A possibilidade de administrar as masterclasses é formidável. Escuto e apreendo também, enquanto os alunos podem se beneficiar de minha experiência. Este contato é fundamental neste projeto”, afirmou a concertista.

    CONCERTISTA EXPLORA LIMITES ENTRE O ERUDITO E POPULAR
    Famosa por sua inquietude e ousadia ao piano, Clara Sverner é uma intérprete de talento reconhecido pelo público e crítica no Brasil e no exterior, tendo iniciado seus estudos em São Paulo com o professor José Kliass. A qualidade estética e a expressividade com que executa as peças levaram a pianista brasileira a voos mais distantes. Ela aperfeiçoou-se nos centros musicais mais avançados como o conservatório de Genebra, onde recebeu uma medalha de ouro e o Mannes College off Music de Nova York.

    Com um repertório escolhido minuciosamente, a concertista valoriza desde os antigos virginalistas ingleses do século XVI até os principais representantes do  século XX. Foi ela que desvendou a produção pianística de Chiquinha Gonzaga, primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil, a quem dedicou várias gravações. Outros compositores da música popular brasileira também ganharam outros universos sonoros pelas mãos de Clara Sverner. A parceria com o saxofonista Paulo Moura permitiu explorar obras clássicas de músicos como Pixinguinha e o trabalho resultou em quatro discos gravados. Um deles «Vou vivendo» ganhou o prêmio Villa-Lobos, em 1987.

    É justamente a dedicação tanto à musica erudita quanto à popular brasileira a principal característica musical da concertista. Com técnica apurada, ela passeia com  maestria tanto por clássicos como Mozart e Debussy, até os brasileiros como Villa-Lobos, tendo sido responsável pelo resgate das obras de Chiquinha Gonzaga e Glauco Velasquez. No primeiro caso, o trabalho deu origem, em 1999, ao CD «Chiquinha Gonzaga por Clara Sverner», utilizado na minissérie da Rede Globo.

    Clara Sverner possui uma discografia que ultrapassa os 25 títulos, tendo sido a primeira a gravar disco no Brasil com obras de  Anton Webern, Allang Berg, Eric Satie e Maurice Ravel, em 1974.  Sua primeira indicação ao Grammy Latino foi em 2009 com o volume 3 de «Mozart por Clara Sverner», e a segunda, em 2011, com  o disco “Chopin por Clara Sverner”, na categoria de melhor álbum de música clássica. Em 2012, a pianista viajou por cinco cidades do interior de São Paulo, quando lançou o CD “Ravel e Debussy”, sucesso de crítica e venda.

    SERVIÇO
    Projeto «Piano para todos» com Clara Sverner

    MASTERCLASS COM A PIANISTA CLARA SVERNER
    Dia 26 de agosto, às 10h.
    Entrada Gratuita para estudantes e professores de escolas e conservatórios.
    Inscrições através do email: delphos@delphosproducoes.com
    Local: Auditório Onofre Lopes (Escola de Música da UFRN)
    Endereço: Av. Passeio dos Girassóis, s/n – Lagoa Nova
    Telefone de contato: 84 - 3342.2229

    CAMPANHA DO MPF: "10 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO”


    Pontos de coleta se multiplicam e todos os cidadãos podem participar
    As listas para coleta de assinaturas da campanha “10 Medidas contra a Corrupção” já circulam por todo o Rio Grande do Norte. Cada vez mais entidades declaram apoio à luta do Ministério Público Federal (MPF) pela aprovação dos projetos de lei que podem ajudar no combate a um dos crimes que mais prejuízos traz à sociedade brasileira. Qualquer cidadão pode participar, assinando as listas e até mesmo as imprimindo no site www.10medidas.mpf.mp.br e entregando nos pontos de coleta.
    As unidades do MPF em Natal, Mossoró, Caicó, Assu e Pau dos Ferros vêm recebendo as listas, assim como diversas entidades parceiras. Nos últimos dias se somaram à campanha instituições como o Shopping Midway Mall; o América Futebol Clube; o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon/RN); a Diocese de Mossoró; a Federação Norte-rio-grandense de Atletismo; a Associação dos Surdos de Natal; e os Escoteiros de Natal.
    Essas entidades se somam a apoios já confirmados, como os da Anamatra; Ministério Público do Estado; Justiça Federal; Amarn; Controladoria Geral do Município de Natal; Tribunal de Contas do Estado; Procuradoria Geral do Tribunal de Contas do Estado; Ampern; o Movimento Articulado de Combate à Corrupção; e o Ministério Público do Trabalho.
    Estão também na luta pelas “10 medidas” o Rotary; o Conselho Regional de Medicina; a Arquidiocese de Natal; a Sociedade Espírita de Pau dos Ferros; a Receita Federal; a Igreja Adventista; a Igreja Batista; os sindicato dos Trabalhadores da Justiça Federal e dos Servidores do MPU; a Igreja Matriz São João Batista de Assu; a Primeira Igreja Batista Regular de Assu; a Segunda Igreja Batista da Convenção do Assu; o Movimento de Mulheres do Seridó; a Diocese de Caicó; e o IFRN de Caicó.
    Os representantes do Ministério Público Federal têm se reunido com mais entidades em todo o Brasil. O objetivo em nível nacional é coletar 1,5 milhão de assinaturas para que as 10 medidas sejam encaminhadas como projetos de lei de iniciativa popular, ao Congresso, possibilitando mudanças legislativas que ajudarão no combate à corrupção.
    Do que tratam as 10 medidas:
    1) Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação
    2) Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos
    3) Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores
    4) Aumento da eficiência e da justiça dos recursos no processo penal
    5) Celeridade nas ações de improbidade administrativa
    6) Reforma no sistema de prescrição penal
    7) Ajustes nas nulidades penais
    8) Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2
    9) Prisão preventiva para evitar a dissipação do dinheiro desviado
    10) Recuperação do lucro derivado do crime
    Saiba mais em www.10medidas.mpf.mp.br
    Assessoria de Comunicação
    Procuradoria da República no RN

    Governo desiste de parcelar o 13º


    Brasília (AE) - Para evitar um maior desgaste com a adoção de uma medida impopular, o Palácio do Planalto decidiu pagar integralmente em setembro a antecipação da primeira metade do 13º salário dos aposentados. Antes, a intenção era parcelar o valor em duas vezes – em setembro e outubro – o que provocou reações negativas.

    De acordo com a Secretaria de Comunicação da Presidência da República, a presidente Dilma Rousseff decidiu ontem pagar a primeira parcela do benefício de uma vez só a partir do dia 24 de setembro. Os outros 50% serão pagos em novembro.
    Adriano Abreu
    Agência do INSS no RN: Aposentados costumam receber a primeira parcela do 13º em agosto, mas, este ano, pagamento foi adiado
    Agência do INSS no RN: Aposentados costumam receber a primeira parcela do 13º em agosto, mas, este ano, pagamento foi adiado 
    O pagamento era esperado em agosto, como ocorre há nove anos, mas devido a dificuldade de caixas o governo resolveu postergar. 

    Por conta das dificuldades financeiras nas contas públicas e em meio a críticas com o adiamento, o Ministério da Fazenda defendeu, depois, o pagamento da metade do benefício em duas parcelas, a primeira no mês que vem e a segunda, em outubro.

    Ao optar por fazer o pagamento da primeira metade de uma vez só, Dilma seguiu a orientação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que recomendou que não se abrisse uma nova crise em tempos de baixa popularidade do governo.

    Reação
    O impasse em torno do cancelamento do pagamento da antecipação em agosto gerou desgaste para o governo e o Ministério da Fazenda teve que preparar uma proposta alternativa para pagar o benefício. 

    Segundo avaliação do Ministério da Fazenda, a antecipação será possível graças à receita extra que o governo terá com a aprovação do projeto de reoneração da folha de pagamento e de recursos adicionais que virão de algumas das concessões públicas. Também ajudou a melhoria do cenário para o setor elétrico.

    O adiamento no pagamento, comumente realizado em agosto, havia provocado reação do Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos (Sindinapi), que acusou o governo de gerar "um colapso nas finanças de grande parte dos aposentados e pensionistas, que já empenharam esse dinheiro". 

    O Sindicato – que se posicionou contra o parcelamento - chegou a protocolar, na semana passada, no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação para questionar a decisão do governo de não pagar neste mês o adiantamento.

    Caso a Corte não entendesse pela obrigatoriedade do pagamento, o sindicato "requereria que fosse concedida a suspensão da cobrança por parte das instituições financeiras àqueles que adquiriram crédito junto a estas a título de antecipação do décimo terceiro salário". No pedido foi solicitada ainda prioridade à tramitação processual àqueles maiores de 60 anos. 

    A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também alertou na semana passada para o risco de haver uma proliferação de ações judiciais, caso o parcelamento da antecipação não fosse revisto.

    Apesar da cautela com o Planalto com a antecipação, a própria presidente e os ministros da área econômica já receberam, em julho, 50% de suas remunerações extras.

    A antecipação em agosto para os aposentados não é obrigatória, mas vem ocorrendo desde 2006.

    Tribuna do Norte

    segunda-feira, 24 de agosto de 2015

    Prefeitura e Sebrae vão implantar Agência do Empreendedor em Assú


    A Prefeitura de Assú em parceria com o SEBRAE visando a promoção do desenvolvimento econômico do município inaugura nesta terça-feira (25), a Agência do Empreendedor. O local atenderá pessoas que desejam ter seu próprio negócio e Micro e Pequenas empresas que pretendem ampliar sua atuação no mercado.

    A Agência do Empreendedor terá a missão de informar e orientar sobre os procedimentos necessários à abertura e formalização de empresa. As informações vão possibilitar a redução da burocracia e maior agilidade, entre os serviços que serão prestados estão: Abertura, Alteração, baixa de empresas, Alvará Ambiental, Alvará de Localização, Alvará Sanitário, Consulta Prévia-Localização, Atividades de risco, entre outras atividades.

    A instalação da Agência do Empreendedor faz parte das ações do projeto Territórios da Cidadania do SEBRAE, que é direcionado a incentivar os municípios a implementar a Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas que dará suporte aos empreendedores locais.
    A Agência do Empreendedor funcionará à Rua Alfredo Soares de Macêdo Neto, Bairro Janduís, próximo a Central do Cidadão.

    A inauguração esta prevista para às 10h30min. 

    SEACOM - PMA

    Para oposição, anúncio de corte de ministérios é 'cortina de fumaça'


    Lideranças da oposição do Senado criticaram, na tarde desta segunda-feira (24), a decisão do governo Dilma Rousseff de fazer em setembro uma reforma administrativa na qual deverá cortar até dez ministérios. O líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), classificou o anúncio como "cortina de fumaça" no momento em que o vice-presidente Michel Temer deve deixar o "varejo" da articulação política.

    "O governo, na voz do ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, atua de forma atabalhoada e irresponsável. Esse anúncio sem qualquer detalhe gera insegurança e desconfiança no mercado e faz o País perder credibilidade", afirmou Caiado.


    O líder da oposição no Senado, Alvaro Dias (PSDB-PR), disse que a medida seria muito boa se fosse verdade. "Esse anúncio pode gerar falsa expectativa. É evidente que, com 39 ministérios, não temos governo, temos desgoverno", disse. "É uma reforma de profundidade que se exige e não me parece que um governo fragilizado politicamente tenha condições de promover a reforma estrutural que o país exige", avaliou.

    Por sua vez, o presidente do DEM, senador Agripino Maia (RN), disse que o problema do governo é que ele "não age por convicção só age sob pressão". "Dez ministérios a menos dariam credibilidade a Dilma se ela tivesse tomado esta atitude antes de assumir a Presidência. A medida agora, que se adotada será bem-vinda, não dará 'selo de qualidade' ao governo até porque o que é feito sob pressão não recupera credibilidade", afirmou.

    Tribuna do Norte