Featured Video

Páginas

domingo, 7 de junho de 2015

Voos Natal-Frankfurt deverão ampliar exportações do RN


O voo Natal-Frankfurt, na Alemanha, deverá entrar para a rota de cargas da empresa alemã Lufthansa Cargo, uma das maiores do mundo no segmento de traslado aéreo de mercadorias. No início da tarde deste domingo (7), a aeronave MD-11 Freighter, com capacidade para 26 paletes em versão de carga, aterrissou no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana, para ser abastecido com 70 toneladas de mamão tipo papaya e formosa, com destino ao mercado europeu a partir da cidade alemã.Primeiras 70 toneladas de frutas partiram do Aeroporto de Natal na tarde deste domingo (7) num avião cargueiro. Próximo voo ocorrerá em uma semana 
As frutas, colhidas em fazendas do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, deverão abastecer supermercados de até 300 cidades europeias e, possivelmente, outros 100 países ao redor do mundo. Este foi o primeiro embarque da Lufthansa Cargo no estado potiguar, de um total de sete voos-teste, determinados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O avião foi batizado com jatos d'água ao aterrissar pela primeira vez no terminal aeroviário potiguar. A expectativa do representante da empresa alemã é que, num futuro próximo, o leque de frutas exportadas contemple, além do mamão, abacaxi, uva e melão.

"Escolhemos o Aeroporto de Natal porque ele está próximo do mercado produtor de frutas, o aeroporto é privado e com uma maior e melhor infraestrutura. Os armazéns do aeroporto são refrigerados e isso é um grande diferencial", avaliou o gerente comercial da Lufthansa Cargo, Cleverton Vighy. Ele citou que a determinação da Anac é de que sejam realizados sete voos-teste, para avaliação da rota e viabilidade econômica. Vighy antecipou, porém, que a Lufthansa Cargo chegou ao Rio Grande do Norte "para ficar e manteremos a frequência de voo semanal".

O custo da operação de logística que inclui o Aeroporto de Natal na rota da companhia alemã se aproxima dos 400 mil euros por voo. O valor da mercadoria embarcada no Rio Grande do Norte com destino à Alemanha não foi revelado. Além da carga de mamão, outros itens com destino à Suíça e Holanda também foram embarcados no mesmo cargueiro. A previsão é de que o avião pouse em Frankfurt às 4h (de Brasília) desta segunda-feira, 8. Uma parada em Dakar deverá ocorrer no início da madrugada para abastecimento da aeronave.

O superintendente do terminal aeroviário, Ibernon Morais, destacou que o embarque realizado para a Alemanha significa a abertura de negócios para novos mercados e outras empresas já estão em negociação com a Inframerica para novos destinos e mercadorias diversas. Sobre a possibilidade de escolha do Aeroporto de Natal como sede do HUB da TAM Linhas Aéreas no Nordeste, ele confirmou que o terminal foi bem avaliado, mas a companhia aérea ficou preocupada com os acessos.

"Tenho certeza e total confiança que os acessos ficarão prontos até fim deste ano", ressaltou. Uma nova visita de representantes da TAM Linhas Aéreas está marcada para o dia 18 de junho. Eles deverão anunciar quais cidades restarão na disputa pelo megaempreendimento de logística e distribuição de voos nacionais. A Inframerica negocia, ainda, a instalação de um polo de distribuição de cargas dos Correios e a construção de dois hotéis dentro da área do aeroporto. Outros 500 hectares de área estão disponíveis para negociação, frisou Ibernon Morais.

Esta não é a primeira vez que ocorre uma exportação pelo Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que completou um ano em operação dia 31 de maio passado. Uma remessa de 140 cabeças de gado guzerá foi exportada para o Senegal em janeiro deste ano. Há a previsão de que mais 400 cabeças embarquem até o fim de 2015. "O que estamos vendo não é somente uma carga sendo embarcada, mas a abertura de um novo mercado. Com a Europa saindo da recessão, novos negócios surgirão e precisamos estar preparados", disse o prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado.

O secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Natal, Fred Queiroz, destacou que a operação da Lufthansa Cargo é fundamental para a consolidação do Aeroporto de Natal como rota de saída de cargas para outros continentes. "É o progresso chegando para o Rio Grande do Norte como um todo", comentou. Sobre o HUB da TAM Linhas Aéreas, os representantes dos dois municípios se mostraram otimistas, ressaltando o potencial e o diferenciais do aeroporto, como a maior pista privada do país e área de estocagem de produtos.

O representante do Consulado da Alemanha no Rio Grande do Norte, Axel Geippert, acompanhou a chegada do cargueiro e cumprimentou a tripulação. Nenhum representante do Governo do Estado do Rio Grande do Norte acompanhou a aterrissagem e embarque das mercadorias no avião da Lufthansa Cargo. A presença do governador Robinson Faria chegou a ser confirmada pela assessoria do Executivo Estadual, mas ele não foi e, tampouco, encaminhou representação.

Conteúdo: Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário