Featured Video

Páginas

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Grécia: Risco de calote na Grécia pode desestabilizar Mercado Europeu


Os bancos da Grécia amanheceram fechados nesta segunda, para evitar que a população continue sacando tudo o que tem nas contas e quebre as instituições.

O país tem até terça para pagar € 1,6 bilhão ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e depende de um empréstimo dos outros países europeus para fazer esse pagamento. Mas, no fim de semana, o primeiro-ministro grego decidiu que vai fazer um referendo no próximo dia 5 para saber se aceita as condições desse empréstimo, que incluem alta de impostos e cortes nas aposentadorias. Com isso, o país deve dar o calote no FMI e pode acabar deixando a zona do euro.

Bolsas europeias
Na Europa, as bolsas têm um dia de fortes quedas, com os bancos do sul do continente sendo particularmente muito atingidos, depois que a Grécia fechou seus bancos e impôs controles de capital, como limites para saques.

Às 8h19 (horário de Brasília), o índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 tinha queda de 2,57%, a 1.533 pontos. O índice de blue chips da zona do euro Euro Stoxx 50 caía 3,92% para 3.479 pontos, recuperando-se da queda de cerca de 4% que marcou a mais grave perda percentual desde o final de 2011.

Ásia
Os índices acionários asiáticos registraram fortes quedas nesta segunda-feira, com investidores assustados pelo espectro do calote da Grécia.

Às 7h51 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 2,1%. O índice tocou, com uma queda de 3%, a mínima de cinco meses.

Com informações do G1.Com

0 comentários:

Postar um comentário