Featured Video

Páginas

terça-feira, 31 de março de 2015

Projeto “Saúde nas comunidades”, da Prefeitura do Assú, visita Panon II


A Prefeitura municipal do Assú, através da secretaria municipal de Saúde, acompanhada dos secretários de Governo, vereador licenciado Antônio José e de Desenvolvimento Social e Habitação, Delkiza Alves Cavalcante, realizou na tarde desta terça-feira (31), visita à comunidade de Panon II, zona rural de Assú/RN.

O projete criado no início da gestão da secretária Lucianny Guerra, por recomendação do prefeito Ivan Júnior, tornou-se marca registrada da Saúde Pública municipal, por levar até as comunidades uma gama de informações elucidativas e ao mesmo tempo oportunizar a gestão conhecer melhor a situação da cada comunidade, seja ela urbana ou rural.
Coube a Antônio José, na condição de secretário de governo e morador da várzea, promover a abertura dos trabalhos, falando dos objetivos do encontro e da importância do mesmo, o secretário entregou à secretária da pasta da Saúde, Lucianny Guerra, a condução dos trabalhos, uma vez que o tema principal do encontro foi os serviços de saúde naquela comunidade.
Em seu pronunciamento Lucianny Guerra, que já havia sido apresentada pelo secretário de governo, reiterou os objetivos do encontro, ouviu demandas, elencou pleitos e elegeu prioridades. Em seguida a secretária falou do modelo SUS, das responsabilidades compartilhadas com as administrações federal, estadual e municipal. Lucianny falou ainda da importância da participação das comunidades no processo de construção de uma Saúde Pública melhor, “nosso prefeito é muito preocupado com o quesito saúde, está sempre nos cobrando melhorias nos serviços disponibilizados pela municipalidade aos usuários, vocês, o que nos leva a procurar sempre o melhor, e somente ouvindo vocês é que poderemos fazer melhor amanhã o que fazemos hoje”, reiterou a secretária.

Ministério altera transcrição de áudio de Levy, e assessor sai


RIO - O Ministério da Fazenda publicou em seu site duas transcrições, em português e inglês, da palestra do titular da pasta, Joaquim Levy, no último dia 24, em São Paulo. As transcrições, porém, não são fiéis à declaração do ministro, que afirmou que “a maioria das empresas não gosta de pagar impostos no Brasil”, conforme publicou O GLOBO nesta terça-feira. Nos textos publicados no site do ministério, a palavra “companies”, usada pelo ministro em sua palestra original, em inglês, foi substituída por “people” e depois traduzida para “pessoas”, na versão em português preparada pelo ministério.

A transcrição e a tradução do áudio foram realizadas pela equipe de assessoria internacional do ministério, que não é ligada à área de comunicação. Mesmo assim, nesta terça, o jornalista Fernando Thompson, assessor especial do ministro para a imprensa, pediu demissão.

O ministro deu a palestra a um grupo de ex-alunos da Universidade de Chicago, em que havia estrangeiros presentes. Foi nessa mesma palestra que Levy disse que Dilma “é bem intencionada, mas nem sempre age da forma mais eficiente”, em áudio revelado pela “Folha de S.Paulo”. O ministério colocou no ar no domingo à noite, em seu site, o áudio da íntegra da palestra, que tem 26 minutos e 50 segundos, e, no dia seguinte, liberou as transcrições.

Em um contexto em que explica as medidas sobre a revisão de benefícios sociais e da contribuição previdenciária de empresas, o ministro afirma literalmente:

— I am going to tell you a little secret. Here in Brazil most companies don't like to pay taxes. I mean they don't want to pay social security contributions and so forth and so on. There is a big fight about that. So let’s also think on how we can save on social security. So part of the reform that we are doing are things that are not taking away rights but are improving, avoiding waste in this thing. Not so much just frauds and abuses but also waste, things that have changed the objective of some programs.

Em tradução livre:
— Vou te contar um pequeno segredo. No Brasil, a maioria das empresas não gosta de pagar impostos. Elas não querem pagar contribuição previdenciária. Então, há uma grande briga em torno disso. Então, pensamos em como podemos economizar na contribuição previdenciária. Estamos fazendo coisas que não são tirar os direitos (trabalhistas), mas mudar o objetivo de alguns programas.


Nesta terça-feira, o ministro da Fazenda disse a interlocutores que aceitou o pedido de demissão de Fernando Thompson e lamentou o equívoco de sua equipe.

Jornal O Globo/RJ

OAS pede Recuperação Judicial e coloca Arena das Dunas à venda


O Grupo OAS apresentou nesta terça-feira (31) pedido de Recuperação Judicial de nove de suas empresas à Justiça do Estado de São Paulo. A iniciativa foi o melhor caminho encontrado pelo Grupo para renegociar suas dívidas com credores e fornecedores diante da intensa restrição de crédito verificada desde o final do ano passado. Também serão negociados ativos (participação) do grupo em vários empreendimentos, incluindo a Arena das Dunas, estádio construído para os jogos da Copa do Mundo de 2014 em Natal. 

"Vamos vender os nossos ativos num processo de Recuperação Judicial para dar segurança aos investidores de que não correrão risco de ter seu negócio contestado na Justiça pelos credores da OAS. O desinvestimento em ativos é motivado também pela decisão de priorizar o core business do Grupo, que é o nosso braço de construção pesada, a Construtora OAS", afirma Diego Barreto, diretor de Desenvolvimento Corporativo da Construtora OAS.
Ana Silva
Arena das Dunas foi construída para a Copa do Mundo e inaugurada em janeiro de 2014
Arena das Dunas foi construída para a Copa do Mundo e inaugurada em janeiro de 2014
Serão colocadas à venda a participação da OAS S.A. na Invepar (24,44% do negócio),a fatia no Estaleiro Enseada (17,5%), a OAS Empreendimentos (80%), a OAS Soluções Ambientais (100%), a OAS Óleo e Gás (61%) e a OAS Defesa (100%). Também serão negociadas a Arena Fonte Nova (50%) e a Arena das Dunas (100%).

Barreto destaca ainda que a Construtora OAS entra com pedido de Recuperação Judicial por questões técnicas, já que é garantidora dos financiamentos do Grupo, não por falta de liquidez, problema que atingiu as outras empresas incluídas no pedido (OAS S.A., OAS Imóveis S.A., SPE Gestão e Exploração de Arenas Multiuso, OAS Empreendimentos S.A., OAS Infraestrutura S.A., OAS Investments Ltd., OAS Investments GmbH e OAS Finance Ltd.).

A OAS decidiu também que concentrará esforços naquilo que é sua principal vocação, a construção pesada. "O setor de infraestrutura depende de financiamento intenso de capital para o desenvolvimento dos projetos que dão suporte ao crescimento econômico do País. Desde o início das investigações na Petrobras, as instituições financeiras têm sistematicamente restringido o acesso das empresas aos recursos necessários para a manutenção das obras. Com quase 40 anos de vida, a OAS se vê impelida a tomar medidas que lhe permitam continuar a operar num processo saudável de renegociação das dívidas, preservando milhares de empregos diretos e indiretos",afirma Fabio Yonamine, presidente da OAS Investimentos.

A OAS levará à mesa desse processo contribuições muito distintas das observadas em outras Recuperações Judiciais. Uma companhia com recursos para manter suas atividades, ativos valorosos e uma equipe de gestores profissionais oferece a clientes, credores e fornecedores um ambiente muito mais seguro para as negociações.

Após o deferimento do pedido de recuperação pelo Judiciário, a OAS terá 60 dias para apresentar o plano de reestruturação dos débitos aos credores e fornecedores, que terão mais 120 dias para discutir e aprovar a proposta. As dívidas contraídas até a data de hoje (31 de março) serão congeladas e renegociadas. Todas as que forem feitas a partir do mês de abril serão integralmente cumpridas. Pagamentos de salários e benefícios de colaboradores não serão afetados pelo processo de Recuperação Judicial. De forma direta ou indireta, são mais de 100 mil colaboradores envolvidos.

O pedido de Recuperação Judicial não inclui as Sociedades de Propósito Específico (SPEs) da OAS Empreendimentos, que são responsáveis pela incorporação e construção de empreendimentos imobiliários em vários Estados brasileiros. Dessa forma, todos os compradores de imóveis não serão afetados por qualquer acordo estabelecido dentro da Recuperação Judicial.

Também foram excluídas da Recuperação Judicial a Arena das Dunas, a Arena Fonte Nova, a OAS Soluções Ambientais e a OAS Óleo e Gás, além das participações da OAS na concessionária Porto Novo, no Estaleiro Enseada, na OAS Logística, na OAS Energy e na OAS Defesa.

As dificuldades da OAS começaram em novembro, a partir das investigações sobre a Petrobras, o que resultou na interrupção das linhas de crédito. Ao mesmo tempo, clientes suspenderam momentaneamente seus pagamentos e novas contratações. Como consequência, as agências de rating rebaixaram a nota da OAS, o que levou ao vencimento antecipado de suas dívidas.

Com o agravamento de sua situação, a OAS decidiu, ao final de 2014, suspender temporariamente o pagamento das dívidas que venceriam a partir de janeiro. O objetivo imediato foi continuar as operações, manter a folha de pagamento em dia e cumprir os compromissos tributários.

A Construtora OAS aposta em uma governança profissionalizada, na remodelação corporativa, na revisão de seus processos de gestão, no fortalecimento das áreas de compliance e auditoria interna, além de diretrizes rígidas para reduzir riscos na condução do negócio. O objetivo é tornar a empresa mais enxuta, mais ágil, mais competitiva, focada em produtividade e custos.

A Arena das Dunas

A Arena das Dunas foi o único empreendimento construído para a Copa do Mundo no Brasil em 2014 que não é 100% público.  Ao longo do evento desportivo recebeu quatro jogos da primeira fase, com média de público superior a 30 mil torcedores. Construído através de uma Parceria Público-Privada (PPP), a primeira na história do Rio Grande do Norte, a obra consumiu R$ 423 milhões. Seu custo operacional jamais foi divulgado pela OAS Arenas S.A., administradora do complexo.

Ao longo dos próximos 19 anos, o Governo do Rio Grande do Norte deverá repassar valores mensais à administradora da praça esportiva. Nos primeiros onze anos, serão aproximadamente R$ 9 milhões mensais. A partir do 12º ano, o valor cai para R$ 2,7 milhões por mês até o 14º ano. Nos últimos três anos de concessão, a monta decresce para R$ 90 mil mensais. Ao fim dos 20 anos de exploração da Arena das Dunas, a OAS deverá ter embolsado, em valores não corrigidos, algo em torno de R$ 1,2 bilhão. 

Em entrevista publicada pela TRIBUNA DO NORTE no domingo, o diretor presidente do Consórcio Arena das Dunas, Mauro Araújo, afirmou que o estádio está, financeiramente, independente da construtora OAS. "Hoje, a Arena não precisa de nenhum aporte da construtora. Por isso que precisamos que cada unidade de negócio gere sua receita positiva, para mantermos tudo isso e dar, em retribuição, um serviço, que é o que a concessão nos obriga a dar", explicou.

Tribuna do Norte

Assú: Atletas da Seleção Brasileira de Taekwondo desfilam em carro aberto pelas ruas da cidade


Os atletas assuenses classificados para Seleção Brasileira de Taekwondo: Bruna Silva, Nívia Barros, Eduarda Alencar, Peterson Endres, Clécia  Albano e Paulo Ricardo desfilaram em carro aberto pelas ruas do Assú.
Os jovens atletas foram recepcionados nesta terça-feira (31/03), ocasião de suas chegadas, vindos de Betim/MG, por equipe da Prefeitura do Assú, parceira no projeto social.
O desfile partiu do Posto Florestal, seguindo pela av. Senador João Câmara, circulando o centro da cidade e findando em frente ao prédio sede da Prefeitura Municipal, onde o técnico Fábio Lourenço falou ao público sobre a importância desse momento, tanto para o Assú quanto para o estado. “É preciso perceber que o Assú vive esse momento único em nossa história, classificamos seis atletas o selecionado brasileiro enquanto Natal, com infraestrutura de cidade metropolitana, classificou apenas cinco, isso é fato. Sou grato a todos que acreditam em nós, os empresários e a Prefeitura, e especialmente aos nossos bravos atletas”, ratificou Fábio Lourenço.  

segunda-feira, 30 de março de 2015

Seleção Brasileira de Taekwondo conta com seis atletas do Assú


O município do Assú que já se sentia satisfeito e orgulhoso por manter quatro atletas na Seleção Brasileira de Taekwondo, agora os motivos são ainda maiores, é que dois novos nomes foram incorporados à equipe.

O feito se deu neste último final de semana foi disputado em Betim – Minas Gerais o Grand Slam de Taekwondo objetivando formar a Seleção Brasileira para as próximas competições.

Os atletas, Paulo Ricardo de Souza Melo e Clécia Albano, estão na equipe principal.
Veja os atletas assuenses na Seleção Brasileira por categorias:
Categoria Cadete Feminino até 51 quilos: Bruna Silva (titular)
Categoria Juvenil Feminino até 49 quilos: Nívia Barros (titular)
Categoria Juvenil Feminino até 63 quilos: Eduarda Alencar (titular)
Categoria Juvenil Masculino: Peterson Endres (reserva)
Categoria Adulto Feminino: Clécia  Albano
Categoria Adulto Masculino: Paulo Ricardo
        
A avaliação do técnico Fábio Lourenço foi bastante positiva. A equipe assuense chegará nesta terça- feira, a cidade.

Além de Assú o Rio Grande do Norte ainda contribui com atletas de outras cidades: Arthur Fernandes, de Macau; Richard Nascimento, Laura Paiva, Raynara Silva, Lucas Oliveira, Guilherme Santos e Alisson Sousa, de Natal fecham a lista da representação potiguar no time nacional.

Nota:
Parabenizamos os atletas e reconhecemos a luta do técnico Fábio Lourenço, sua dedicação, perseverança e obstinação com o Taekwondo, em muitas vezes desacreditado e até mesmo desrespeitado por alguns políticos e empresários de Assú e do Vale.

Ministro Levy tenta esplicar o enesplicável sobre comentário de que é 'difícil' trabalhar com Dilma


Ao falar para um grupo de empresário paulista o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, tentou desfazer, nesta segunda-feira (30), o mal-estar criado por uma declaração sua dada na semana passada. Segundo ele, foi um "mal-entendido" a interpretação de uma fala sua durante uma palestra em inglês, publicada pelo jornal "Folha de S. Paulo" como uma crítica à "pessoa" da presidente Dilma Rousseff.
Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirma ter 'enorme afinidade' com presidente Dilma (Foto: Darlan Alvarenga/G1)
Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, afirma ter 'enorme afinidade' com presidente Dilma (Foto: Darlan Alvarenga/G1) 
O ministro também fez questão de ressaltar que "não há nenhuma desafinação" com a presidente, reafirmando que ela "tem genuíno interesse em endireitar" as coisas no Brasil.
Em encontro com empresários em São Paulo, Levy respondia a perguntas da plateia e interrompeu o presidente do Lide (Grupo de Líderes Empresariais), João Doria Jr, que mediava o encontro, quando este último comentou que "é duro ser ministro de um governo como o da dona Dilma".

“Não é verdade. Discrepo, discrepo, tá certo. Discrepo" (sinônimo de discordar, divergir), disse o ministro.

Declaração
Na última sexta, falando a ex-alunos da escola de negócios da Universidade de Chicago (EUA), onde estudou, Levy disse, de acordo com o jornal "Folha de S. Paulo", que a presidente Dilma Rousseff nem sempre faz as coisas da maneira mais fácil e efetiva, embora tenha um desejo genuíno de acertar. De acordo com o jornal, a fala do ministro foi uma crítica à "pessoa" da presidente.

"Acho que há um desejo genuíno da presidente de acertar as coisas, às vezes não da maneira mais fácil, mas... Não da maneira mais efetiva, mas há um desejo genuíno", disse o ministro na palestra ("I think that there is a genuine desire by the president to get things right, sometimes not the easiest way, but... Not the most effective way, but there is this genuine desire", em inglês).

Vale salientar que as coisas entre o que pensa o ministro e o que recomenda dizer a presidente Dilma Rousseff andam bastante divergentes, não sendo essa a primeira e nem tão pouco a segunda vez que o ministro se ver na obrigação de voltar atras na tentativa de consertar ou remendar declarações suas quanto ao comportamento da economia brasileira e agora em relação ao comportamento de presidente. Até quando Joaquim Levy se manterá obediente?

Seca: Governo decreta calamidade em 91,6% dos municípios do RN


O Governo do Estado decretou calamidade pública em 153 dos 167 municípios do Rio Grande do Norte devido à estiagem. Com isso, o Executivo poderá contratar durante 180 dias, com dispensa de licitação, as obras e serviços necessários para amenizar as consequências provocadas pela seca.Magnus Nascimento
Seca recorrente nos últimos anos justificou decreto de calamidade pública em 153 municípios 

Na justificativa para o decreto de calamidade, publicado no sábado (28), o Governo aponta para as chuvas abaixo da média nos últimos anos e também para a previsão de que 2015 seja mais um ano de seca no estado. Além disso, a situação dos reservatórios, abastecimento por carros-pipa em 120 cidades e necessidade de rodízio em alguns municípios também foram levados em consideração para o estado de calamidade ser decretado.

A calamidade ficará em vigor por 180 dias ou até que os reservatórios estejam com níveis capazes de se restabelecer a normalidade no fornecimento de água à população potiguar.

Confira a lista dos municípios que estão em calamidade:

1) Acari 
2) Assú 
3) Afonso Bezerra
4) Água Nova
5) Alexandria
6) Almino Afonso
7) Alto dos Rodrigues
8) Angicos
9) Antônio Martins
10) Apodi
11) Areia Branca
12) Baraúnas
13) Barcelona
14) Bento Fernandes 
15) Bodó
16) Brejinho
17) Boa Saúde
18) Bom Jesus
19) Caiçara do Norte
20) Caiçara do Rio do Vento
21) Caicó
22) Campo Redondo
23) Caraúbas
24) Carnaúba dos Dantas
25) Carnaubais
26) Ceará-Mirim
27) Cerro-Corá
28) Coronel Ezequiel
29) Campo Grande
30) Coronel João Pessoa
31) Cruzeta
32) Currais Novos
33) Doutor Severiano
34) Encanto
35) Equador
36) Espírito Santo
37) Felipe Guerra
38) Fernando Pedroza
39) Florânia
40) Francisco Dantas
41) Frutuoso Gomes
42) Galinhos
43) Governador Dix-Sept Rosado
44) Grossos
45) Guamaré
46) Ielmo Marinho
47) Ipanguaçu
48) Ipueira 
49) Itajá
50) Itaú
51) Jaçanã
52) Jandaíra
53) Janduís
54) Japi
55) Jardim de Angicos
56) Jardim de Piranhas
57) Jardim do Seridó
58) João Câmara
59) João Dias
60) José da Penha
61) Jucurutu
62) Jundiá
63) Lagoa Nova
64) Lagoa Salgada
65) Lagoa d'Anta
66) Lagoa de Pedras
67) Lagoa de Velhos
68) Lajes
69) Lajes Pintadas
70) Lucrécia
71) Luís Gomes
72) Macaíba
73) Major Sales
74) Marcelino Vieira
75) Martins
76) Messias Targino
77) Montanhas
78) Monte das Gameleiras
79) Monte Alegre
80) Mossoró
81) Macau
82) Nova Cruz
83) Olho d’Água dos Borges
84) Ouro Branco
85) Passagem
86) Paraná, 
87) Paraú
88) Parazinho
89) Parelhas
90) Passa e Fica
91) Patu
92) Pau dos Ferros
93) Pedra Grande
94) Pedra Preta
95) Pedro Avelino
96) Pedro Velho
97) Pendências
98) Pilões
99) Poço Branco
100) Portalegre
101) Porto do Mangue
102) Pureza
103) Serra Caiada
104) Rafael Fernandes
105) Rafael Godeiro
106) Riacho da Cruz
107) Riacho de Santana
108) Riachuelo
109) Rodolfo Fernandes
110) Ruy Barbosa
111) Santa Cruz
112) Santa Maria
113) Santana do Matos
114) Santana do Seridó
115) Santo Antônio
116) São Bento do Norte 
117) São Bento do Trairi
118) São Fernando
119) São Francisco do Oeste
120) São João do Sabugi
121) São José de Mipibu
122) São José do Campestre
123) São José do Seridó
124) São Miguel do Gostoso
125) São Miguel
126) São Paulo do Potengi
127) São Pedro
128) São Rafael
129) São Tomé
130) São Vicente
131) Senador Elói de Souza 
132) Serra Negra do Norte
133) Serra de São Bento 
134) Serra do Mel
135) Serrinha dos Pintos
136) Serrinha
137) Severiano Melo
138) Sítio Novo 
139) Taboleiro Grande 
140) Taipu 
141) Tangará
142) Tenente Ananias 
143) Tenente Laurentino Cruz 
144) Tibau
145) Timbaúba dos Batistas
146) Touros 
147) Triunfo Potiguar 
148) Umarizal 
149) Upanema 
150) Várzea 
151) Venha-Ver 
152) Vera Cruz
153) Viçosa

Tribuna do Norte

domingo, 29 de março de 2015

Movimento “Sala de Reboco” realiza ações sociais em Assú


Criado em 2013, no município de Caicó, com o objetivo de levar ações concretas aqueles que realmente mais precisam e articulado via web, o movimento “Sala de Reboco” conta atualmente com aproximadamente 2.000 benfeitores.

Movido pela necessidade, inicialmente, de atender um caso específico, um grupo de amigos/amigas iniciou uma bem-sucedida campanha via internet e logo percebeu que podia muito mais.

Depois vieram outras e outras campanhas. Mais pessoas foram se engajado e o time foi crescendo e se espalhando mundo afora. Hoje o “Sala de Reboco”, que usa como slogan ser um “grupo virtual com ações reais”, já que tudo no grupo acontece através da web, inclusive prestação de contas, conta com membros em países das Américas e da Europa, como Estados Unidos e Portugal, respectivamente.

Sua presidente, Rejane Medeiros, caicoense, mora nos Estados Unidos e, segundo Marilúcia Medeiros, articuladora do grupo em Assú, acompanha toda parte orgânica/ legal pela internet.

Em Assú o grupo realizou neste sábado (28) mais uma ação social, desta feita voltada para os idosos e em parceria com a Prefeitura municipal.
Marcado por muita dança, ao som de forró pé-de-serra, o evento aconteceu com o grupo de idosos, assistido pela Prefeitura, localizado no bairro Dom Elizeu.
Foram distribuídos presentes para 40 pessoas, em celebração da Semana Santa.
Além de Marilucia Medeiros de Oliveira, o “Sala de Reboco” conta ainda com o apoio e dedicação das articuladoras, benfeitoras, Gil Vieira e Valesca Bezerra, alem de uma legião de colaboradores e colaboradoras.

sábado, 28 de março de 2015

Prefeito de Assú, Ivan Júnior, participou do programa Discussão Aberta


Prefeito do Assú, Ivan Júnior, participou neste sábado (28/03) do programa Discussão Aberto, da 89FM, ocasião em pode abordar temas sobre a atual gestão municipal, projetos em andamento, crise dos municípios e propostas futuras.
Falou também sobre a atual conjuntura política/administrativa e social por que passa o país e seus efeitos, com impactos diretos nos estados e municípios. Disse ainda ser a favor da breve reforma política, ampla, onde o financiamento de campanha seja de ordem pública. Defendendo ainda novo pacto federativo no qual os estados e principalmente os municípios recebam um olhar mais justo, por parte do poder central, quanto à partilha da arrecadação.

Concluindo o prefeito Ivan Júnior ressaltou a importância do trabalho que vem desenvolvendo, desde sua primeira administração, de visitar as comunidades, rural e urbana, com o objetivo de acompanhar in loco as ações desenvolvidas pela Prefeitura, bem como os benefícios por elas trazidos aos comunitários.

Ivan Júnior citou a importância das parcerias praticadas entre a Prefeitura e as comunidades, dentre outras o mutirão realizado no último domingo na comunidade de Camelo, onde foi possível recuperar o antigo sangradouro do açude que leva o mesmo, beneficiando direta e indiretamente mais de 30 famílias residente no local.

“A importância dessas ações é sentida de imediato tanto pelas famílias da comunidade, quanto pela gestão, uma vez que agiliza todo o processo burocrático e valoriza a participação da sociedade local”, ratificou Ivan Júnior.







Farra com dinheiro público em Alto do Rodrigues


O prefeito do Alto do Rodrigues, Abelardo Rodrigues, acompanhado do deputado estadual, George Soares e do deputado federal, Felipe Maia, esbanja dinheiro público em festa de emancipação política do município, com bandas caríssimas, enquanto a população ainda vive as dificuldades remanescentes de 3 anos de seca.
Mel Marques em sua carreira solo. Grande Show. 

Prefeitura do Assú inicia perfuração de poços profundos


A prefeitura do Assú iniciou nesta sexta-feira, 27, a perfuração 5 poços tubulares.
O trabalho esta sendo realizado em parceria com o Governo do Estado, que cedeu às máquinas e operários. A prefeitura esta investindo mais de 250 mil reais, de seus recursos próprios, na aquisição de tubos, filtros, bombas e outros materiais necessários para a instalação.

O primeiro poço esta sendo perfurado na comunidade rural de Palheiros, a previsão é que ultrapasse 200 metros de profundidade.

Também serão perfurados poços nas localidades de Nova Trapiá, Nova Esperança, Mutamba da Caeira.  No parque de exposições, que esta sendo construído na BR-304, também será perfurado um poço, esse será destinado ao abastecimento dos carros pipa que atendem as comunidades rurais, hoje a prefeitura paga a CAERN por este abastecimento.
O prefeito Ivan Júnior esteve no Palheiros acompanhando o início dos trabalhos e aproveitou a ocasião para visitar as comunidades de Bom Lugar e Paulista, onde pode observar com alegria, diversos pequenos açudes construídos pela prefeitura já acumulando água das últimas chuvas caídas na região. “Aqui todo mundo está feliz e muito animado com as chuvas", disse o prefeito. “Se continuar chovendo bem em abril, se Deus quiser, teremos uma boa colheita esse ano", concluiu o Ivan Júnior.

Seacom - PMA

Servidores da Prefeitura do Assú recebem seus salários a partir de hoje


A Prefeitura do Assú, através da Secretaria de Planejamento e Finanças, iniciou a liberação da folha de pagamento referente ao mês de março em curso. 

Hoje sábado (28) o pagamento é liberado para servidores de diversos órgãos da administração municipal, com exceção dos servidores da Secretaria de educação que recebem os salários segunda-feira (30) e os da Saúde, na terça-feira (31).

“Manter o pagamento dos servidores em dia, é uma das principais prioridade da administração”, afirmou o prefeito Ivan Júnior.

SEACOM- PMA


Rio Grande do Norte pode perder cerca de 43,6 milhões destinados a Segurança Pública


O governo do Rio Grande do Norte corre o risco de perder R$ 43,6 milhões em recursos disponibilizados pelo Governo Federal para serem aplicados na Segurança Pública. 

A monta está dividida em, pelo menos, treze convênios cujo prazo para execução vence entre os meses de junho e dezembro deste ano e incluem, desde o fortalecimento do Centro de Inteligência e implementação de Núcleos de Inteligência, à construção de uma penitenciária com 603 vagas.
Restando agora à secretária, Kalina Leite Gonçalves, correr contra o tempo para salvaguardar recursos tão importantes e necessários para minimizar a situação calamitosa por que passa o Estado.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Corpo de pedreiro sugado por tubulação em Mãe Luíza foi localizado


Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, que realizavam o trabalho de buscas em Mãe Luiza durante os últimos sete dias, encontraram o corpo do pedreiro Kleberson dos Santos, de 37 anos, na noite desta sexta-feira (27). De acordo com o diretor de Departamento de Defesa Civil de Natal, Eugênio Soares, os profissionais estão estudando a melhor forma para a retirada do corpo. Alex Régis
Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil encontraram o corpo na noite desta sexta-feira
Equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil encontraram o corpo na noite desta sexta-feira

Na noite de ontem, um equipamento de hidrojato foi usado na direção do  posto de visitação (PV) 4 ao 5 para auxiliar no trabalho de buscas. Hoje, o terreno estava mais sedimentado após a diminuição das chuvas, e máquinas voltaram a ser usadas para a remoção de terra entre a rua Guanabara e o PV 5. Durante a manhã desta terça-feira, os bombeiros solicitaram à Secretaria Estadual de Saúde uma roupa especial para que pudesse ser realizada a busca e retirada do corpo por um mergulhador. No entanto, os três trajes disponibilizados, apesar de serem de segurança contra infecções, não atendiam às necessidades. Enquanto a roupa era nível "D" na escala utilizada pelos fabricantes de trajes desse tipo, a necessidade dos Bombeiros era de um traje nível "A".

Kleberson desapareceu no início da tarde do último sábado (21), após ser sugado pela tubulação enquanto tentava desobstruir uma boca de lobo para passagem de água da chuva. Desde então, equipes dos Bombeiros, Defesa Civil, da Caern e da construtora que trabalha nas obras de recuperação do bairro trabalhavam nas buscas.

Tribuna do Norte

SMEC promove visita ao IFRN como forma de motivação para jovens estudantes


Com o objetivo de sensibilizar e motivar os jovens estudantes prestes a ingressar no ensino médio, a Prefeitura do Assú, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura promoveu nesta quinta-feira, 26, uma visita ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), Ipanguaçu.

A visita contou com participação do Prefeito Ivan Júnior, secretário de educação Alberto Luís, secretário de governo Antônio José, diretores, professores e 240 alunos, do 8º e 9º anos, das escolas municipais: Luiza de França, Antônio Guerra, Monsenhor Júlio e Nair Fernandes e da escola estadual: Poeta Renato Caldas.

A comitiva foi recebida pelo diretor geral Evandro Firmino de Souza, que deu as boas vindas e, no auditório do instituto, fez uma ampla explanação sobre os cursos oferecidos pela instituição e também sobre sua estrutura.

Em sua fala o prefeito Ivan Júnior destacou a importância da educação e qualificação como forma de garantir espaço no mercado de trabalho em um mundo cada vez mais globalizado: “A qualificação profissional é um diferencial fundamental no momento de buscar uma oportunidade de trabalho, e quando falamos em qualificação, falamos daquele profissional que saberá o que fazer dentro da empresa, que estará preparado para a função para qual foi contratado. Estudem e se preparem para ter bons empregos e colaborar com o desenvolvimento da nossa região e nosso país”. Afirmou o prefeito para a plateia atenta.

O secretário de educação Alberto Luís, também destacou a importância da educação e qualificação para se obter sucesso profissional. “Todos aqui querem ter um bom emprego no futuro, e para isso precisam se dedicar aos estudos. Antigamente havia muitos profissionais para poucas vagas, hoje o mercado de trabalho está tendo muitas vagas, entretanto, poucos profissionais preparados para atender as exigências das empresas. Foi o tempo que até para ser auxiliar de serviços gerais, precisava ter só Ensino Fundamental. Hoje é necessário ter o Ensino Médio. Imaginem para outros cargos?”.  Salientou o secretário.

Antônia Silva, 14 anos, cursando o 9º ano, disse que a visita foi mais que motivadora: “Estou muito feliz de estar aqui hoje. Eu só ouvia falar sobre o IFRN, porém, conhecer esta escola, me dá vontade de estudar aqui, e eu vou conseguir, quero fazer um curso na área de informática”.

IFRN Ipanguaçu
O  IFRN Ipanguaçu, antigo CEFET esta situado  na microrregião do Vale do Açu, cuja principal atividade econômica é a agricultura irrigada, o Campus Ipanguaçu atende a uma população de cerca de 120 mil habitantes, dos quais 58,79% se concentram nas zonas urbanas e 38,92% na zona rural.

Sua oferta educacional vem ao encontro das demandas identificadas para capacitação de profissionais em cursos técnicos, superiores e de formação inicial e continuada nas áreas de meio ambiente e informática, com possibilidade de ampliação para as áreas de pesca, construção civil e segurança do trabalho, atendendo às necessidades de profissionalização de jovens e adultos, proporcionando educação profissional pública, gratuita e de qualidade, além de permitir uma adequada requalificação dos profissionais que atuam nessas áreas, como forma de melhorar os serviços por eles prestados.

Cursos
Técnico Integrado: Agroecologia, Informática, Meio Ambiente;
Técnico Integrado na Modalidade EJA: Agroecologia, Manutenção e Suporte em Informática;
Técnico Subsequente: Meio Ambiente;
Graduação: Licenciatura em Informática, Licenciatura em Química, Tecnólogo em Agroecologia.

SEACOM - PMA

quinta-feira, 26 de março de 2015

Equipes de buscas vão usar hidrojato para procurar homem em tubulação


Os trabalhos de buscas pelo corpo do pedreiro Kleberson do Nascimento, de 37 anos, devem seguir ao longo da noite. Após mergulhadores do Corpo de Bombeiros entrarem com sondas na tubulação entre os postos de visitação (PV) 4 e 5 e constatarem que a vítima não está lá, será iniciada a procura na tubulação localizada entre as ruas Atalaia e Guanabara.

De acordo com o capitão Marcos Miranda, do Corpo de Bombeiros, o trabalho nesta quinta-feira (26) seguirá até às 22h, desta vez com o uso de um equipamento de hidrojato, da Caern. A expectativa é que, caso o corpo esteja nesta parte da tubulação, desça com a força da água.
Alex RégisBuscas por pedreiro desaparecido continuam durante a noite
Buscas por pedreiro desaparecido continuam durante a noite

Porém, caso essa nova fase das buscas termine sem sucesso, as equipes de resgates partirão para a escavação da área, que estava sendo evitada por causa da instabilidade do terreno. Segundo capitão Miranda, para chegar até a tubulação, seriam necessária a retirada de 2.300 caçambas de areia. Se o corpo não for encontrado hoje, a fase da escavação será iniciada na manhã desta sexta-feira (27). 

Kleberson desapareceu no início da tarde do último sábado (21), após ser sugado pela tubulação enquanto tentava desobstruir uma boca de lobo para passagem de água da chuva. Desde então, equipes dos Bombeiros, Defesa Civil, da Caern e da construtora que trabalha nas obras de recuperação do bairro trabalham nas buscas.

Tribuna do Norte

Murilo Ferreira deve suceder Coutinho na presidência do conselho da Petrobras


Com a vaga aberta pela saída do ex-ministro Guido Mantega, o próximo integrante do Conselho de Administração da Petrobras deve ser Murilo Ferreira, presidente da Vale. 

Ele deve ser indicado em abril para, em seguida, na reunião ordinária marcada para dia 29, ser eleito presidente do conselho. 

Até lá, permanece na presidência Luciano Coutinho, presidente do BNDES, que já era membro do conselho e foi eleito nesta quinta-feira para substituir Mantega.

O tão aguardado balanço da Petrobras, no qual deverão ser registrados os desvios do escândalo de corrupção revelados pela Operação Lava Jato, deve ser apresentado ao conselho durante o período de Coutinho na presidência.

A orientação da presidente Dilma Rousseff é de um rearranjo do papel do conselho, para que o órgão tenha mais peso na gestão da Petrobras.

A escolha de Murilo Ferreira, que já é presidente da Vale, demonstra a dificuldade de Dilma para encontrar nomes no mercado que aceitem a indicação para a cúpula da Petrobras.

G1.Com


Coutinho substitui Mantega no comando do conselho da Petrobras


Do G1, em São Paulo
O ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, renunciou nesta quinta-feira (26) ao cargo de presidente e membro do Conselho de Administração da Petrobras, informou a estatal em comunicado. O conselho é responsável por definir o plano de gastos e investimentos e aprovar as contas da companhia.

Em reunião também realizada nesta quinta, o conselho aprovou, por maioria, a eleição do conselheiro Luciano Coutinho para ocupar o cargo de presidente no lugar de Mantega, em substituição a Guido Mantega. De acordo com a Petrobras, não foi eleito novo conselheiro.

Segundo o blog da jornalista Cristiana Lôbo, com a vaga aberta pela saída de Mantega, o próximo integrante do Conselho de Administração da Petrobras deve ser Murilo Ferreira, presidente da Vale. Ele deve ser indicado em abril para, em seguida, na reunião ordinária marcada para dia 29, ser eleito presidente do conselho. Até lá, permanece na presidência Luciano Coutinho.

Coutinho já é membro do Conselho de Administração da Petrobras desde abril de 2008. Além disso, integra o Conselho de Administração da Petrobras Distribuidora e preside, desde abril de 2007, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Trocas no conselho
Somente neste ano, o conselho da estatal já teve outras 3 trocas: o ex-presidente do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, substituiu Graça Foster na presidência; Luiz Navarro entrou no lugar do secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann; eDeyvid Bacelar foi eleito pelos empregados da estatal para substiuir Sílvio Sinedino.

O conselho é formado atualmente pelos seguintes integrantes: Luciano Coutinho (presidente do conselho), Aldemir Bendine(presidente da companhia), Francisco Roberto de Albuquerque, Luiz Navarro, Sérgio Franklin Quintella, Miriam Belchior (presidente da Caixa), José Guimarães Monforte, Mauro Gentile Rodrigues da Cunha e Deyvid Bacelar.
Com a saída de Mantega, uma vaga segue em aberto.