Featured Video

Páginas

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

AL tem dois candidatos que mostram mais viabilidade


A disputa para a Presidência da Assembleia Legislativa conta agora com dois candidatos com mais viabilidade. O atual presidente da Assembleia, deputado Ricardo Motta (PROS), busca a reeleição. Do outro lado, está o deputado estadual Ezequiel Ferreira (PMDB), que conseguiu viabilizar a candidatura e tem uma articulação para apresentar uma chapa completa com candidatos aos demais cargos que formam a Mesa Diretora. A eleição será no próximo domingo, logo depois da posse dos deputados eleitos e reeleitos para a nova legislatura. 

Até o início desta semana, quatro parlamentares (Álvaro Dias, do PMDB, Gustavo Carvalho, do PROS, Ezequiel Ferreira e Ricardo Motta) articulavam para concorrer, na eleição do próximo domingo, ao principal cargo da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa. Mas o processo afunilou e, neste momento, estão postas duas candidaturas com mais chances. Mesmo assim, o cenário ainda tem possibilidade de mudança, uma vez que as inscrições dos candidatos ocorrem apenas na própria sessão da eleição.
João Gilberto
Ezequiel quer enfrentar a candidatura do atual presidenteEzequiel quer enfrentar a candidatura do atual presidente
As articulações se intensificaram e não apenas os candidatos se definem, como também aqueles que buscarão os outros cargos da Mesa Diretora. No caso de Ezequiel Ferreira, ele deverá apoiar para primeiro secretário o deputado Galeno Torquato (PSD) e, para primeiro vice-presidente, Gustavo Carvalho.

Já Ricardo Motta manteve negociação para indicar Tomba Farias (PSB), como candidato a primeiro secretário. O cargo de primeiro vice-presidente ainda está sendo definido. Ricardo Motta tenta uma articulação para fortalecer a candidatura à recondução dele à presidência. Neste sentido, ele mantém esta indicação para a eleição de vice-presidente aberta a uma possível aliança que amplie suas possibilidades na disputa pelo comando do Legislativo Estadual.
João Gilberto
Ricardo Motta tenta fortalecer candidatura à reeleição
Ricardo Motta tenta fortalecer candidatura à reeleição 

Com o fortalecimento destas duas candidaturas à presidência (de Ricardo Motta e Ezequiel Ferreira), o deputado Álvaro Dias (PMDB), que começou a semana com declarações públicas nas quais admitiu a decisão de concorrer, ficou em uma situação mais difícil para manter o nome na disputa. Álvaro tem dificuldade permanecer nas articulações diante dos dois deputados que polarizam a campanha de bastidores pela presidência da Assembleia Legislativa. Mas, até agora, Álvaro Dias não anunciou a desistência. 

Embora não tenha admitido publicamente que seria candidato, Gustavo Carvalho também chegou a se movimentar e conversar com alguns dos deputados eleitos e reeleitos para a legislatura que começa na próxima semana sobre a possibilidade de apoiá-lo. Ele contaria com a simpatia do deputado federal Fábio Faria (PSD), filho do governador Robinson Faria. Mas não houve entusiasmo nas abordagens feitas por Gustavo Carvalho e ele também não assegurou as condições políticas para disputar com Ricardo Motta a presidência, condição que ficou com Ezequiel Ferreira.

Com esse cenário, até o próximo domingo, às 16 horas, quando inicia a solenidade de posse dos deputados para a nova legislatura, ainda haverá muito diálogo e articulações. Nada garante que a situação permaneça inalterada. 

Posse e votação
A eleição para presidente e demais cargos da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa ocorre no mesmo dia da posse, neste domingo, por volta das 16 horas. Serão duas sessões distintas. A posse será uma cerimônia rápida, com a presença de autoridades do Executivo e Judiciário, presidida pelo deputado estadual Ricardo Motta, o atual presidente. A solenidade não terá discursos. Em seguida, as autoridades convidadas deixam o plenário. Ficam os deputados no local e será aberta uma nova sessão para eleição da Mesa Diretora. A reunião marcará também o início oficial da 61ª legislatura. No dia seguinte à posse, na segunda-feira, às 16h, os deputado voltarão à Assembleia para uma sessão solene, na qual haverá a leitura da mensagem anual do governador Robinson Faria.

Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário