Featured Video

Páginas

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Com show de Jobson Maia e encenação natalina, Semana da Pessoa com Deficiência é encerrada em Assú


Na noite desta quinta-feira (11), foi encerrado no Cine Teatro Pedro Amorim, em Assú, a Semana da Pessoa com Deficiência. Na ocasião, houve a apresentação do grupo da APAE da cidade e show do cantor Jobson Maia.

A cerimônia contou com a presença da secretária de Desenvolvimento Social e Habitação de Assú, Maira Leiliane, a coordenadora do CREAS na cidade, Alcione Sumai e representantes do Juizado Especial, do SEBRAE, UERN e APAE.

De acordo com Maira Leiliane, o evento foi à celebração da semana especial dedicada as pessoas com deficiência e serviu para aglutinar forças no trabalho em favor desses homens e mulheres. “Foi uma bonita homenagem, com show natalino comandado pelos beneficiários da APAE/Assú e um encerramento primoroso do cantor Jobson Maia, que encantou a todos com a sua homenagem especial ao também cantor Roberto Carlos”, lembrou a gestora.

Ainda de acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, o evento desta quinta-feira serviu para incluir, com maior afinco, as pessoas com algum tipo de deficiência no dia a dia dos programas da Prefeitura. “Com a celebração, conversamos bastante e informamos aos participantes que eles podem contar com nossos projetos e iniciativas para melhorar, de alguma forma, o seu cotidiano”, destacou Maira.

Flics
Na noite do Cine Teatro, as apresentações começaram com um show natalino todo especial da APAE, montado com base na obra Flics, do escritor e cartunista Ziraldo. “Eles adaptaram o texto e conseguiram trabalhar o tema “As cores da Inclusão” junto com a temática proposta para a noite. Ficou perfeito”, ressaltou a coordenadora do CREAS, Alcione Sumai.

O fechamento da celebração foi com o show do cantor natalense Jobson Maia, que interpretou os maiores clássicos do cantor Roberto Carlos e contou um pouco de sua trajetória, como portador do autismo, e como a música e todas as letras do Rei o incentivaram.

“Ele é um exemplo vivo de que a deficiência, seja ela qual for, não impede totalmente a pessoa de ser feliz e membro ativo da sociedade”, finalizou a secretária Maira Leiliane.

SEACOM/Assessoria de Imprensa - PMA

0 comentários:

Postar um comentário