Featured Video

Páginas

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

TIM investe para melhorar ‘conexão’ em Natal


A TIM, empresa de telefonia móvel que detém 35% dos usuários no mercado do Rio Grande do Norte, anunciou ontem que concluirá até o final do ano um investimento de quase R$ 44 milhões no estado, valor 17% superior ao do ano passado. “Dentro deste montante destaca-se o projeto Layer, que visa ampliar a capacidade de tráfego, tanto de voz como de dados, reduzir as interferências e aumentar o número de usuários conectados a rede móvel simultaneamente”, informou a companhia ontem, durante visita de executivos à redação da TRIBUNA DO NORTE.
O diretor de redação da Tribuna do Norte, Carlos Peixoto (esquerda), durante visita do assessor regional da TIM, Bruno Ribeiro (camisa vermelha), Roberta Câmara, da área de Relações com Imprensa e Sustentabilidade, e Douglas  Soares, gerente executivo de Operações de Rede da TIM Nordeste
O diretor de redação da Tribuna do Norte, Carlos Peixoto (esquerda), durante visita do assessor regional da TIM, Bruno Ribeiro (camisa vermelha), Roberta Câmara, da área de Relações com Imprensa e Sustentabilidade, e Douglas Soares, gerente executivo de Operações de Rede da TIM Nordeste

Com mais de 90% do projeto alcançado, a TIM espera concluir até o fim de 2014 a implementação dos 34 co-sites 3G com frequência de 2100MHz em diversas regiões de Natal aonde já existem estações com tecnologia de terceira geração, mas na frequência de 850MHz. A perspectiva é que, ao final do trabalho, existam quatro portadoras operando nas duas frequências permitindo, entre outros aspectos, uma melhor capacidade de conectividade dos assinantes aos serviços de dados com uma maior velocidade de downloads e uploads. Atualmente, a empresa está presente em 105 municípios potiguares levando a tecnologia 3G para mais de 58,7% da população urbana do estado.

O Layer se traduz na capacidade de suportar o crescimento de tráfego por parte dos usuários. “O cliente 3G da TIM em Natal já vem experimentando as melhorias que estamos implementando na nossa rede, tanto que já temos registrado aumento no volume de tráfego nos mais de 70 sites que temos instalados na cidade. Hoje temos uma rede mais preparada, que permite um acesso mais rápido aos conteúdos da internet, melhorando a navegabilidade e com tecnologia compatível com os últimos lançamentos de smartphones no mercado”, afirma Douglas Soares, gerente executivo de Operações de Redes da TIM Nordeste. 

Alinhados aos objetivos do Layer, outros projetos de infraestrutura foram desenvolvidos pela operadora em Natal nos últimos anos, a fim de aumentar a capacidade transmissiva, como nos casos do MBB (Mobile Broadband) e do FTTS (Fibra-até-a-Antena) que conecta as Estações Rádio Base (ERBs) à rede própria da TIM. Os projetos, segundo a operadora, mudaram o patamar de capacidade de alguns Mbps para centenas de Mbps no backhaul, permitindo uma maior velocidade de tráfego de dados e melhor qualidade do serviço de banda larga móvel. 

A rede FTTS em Natal foi concluída em dezembro de 2013, com abordagem de 88 ERBs. A meta é concluir as expansões em andamento na cidade de Mossoró ainda este ano. “Em 2015 seguiremos com o mesmo ritmo de investimentos, levando a tecnologia 4G para Mossoró e Parnamirim”, diz Soares. 

Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário