Featured Video

Páginas

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Ricardo Motta é segundo mais bem votado no Brasil


O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ricardo Motta (PROS), é proporcionalmente o segundo deputado mais bem votado em todo o Brasil. O parlamentar, reeleito para o sétimo mandato no Legislativo Potiguar, obteve 80.249 votos, correspondendo a 4,84% dos votos válidos registrados nas urnas no último domingo.

O primeiro colocado foi Ratinho Júnior, no Paraná, com 5,23% dos votos válidos. A votação conferida a Ricardo Motta foi nominalmente e proporcionalmente a maior da história do Rio Grande do Norte.

Na sessão plenária desta terça-feira, o deputado Ricardo Motta agradeceu a expressiva votação obtida no último domingo e afirmou que sua responsabilidade aumenta ainda mais. “A demonstração de confiança dos eleitores só faz aumentar a minha responsabilidade com o trabalho, em favor do Rio Grande do Norte, do seu desenvolvimento e do povo potiguar, principalmente o mais humilde”, disse Ricardo Motta.

O terceiro deputado proporcionalmente mais bem votado foi Pastor Cleiton Collins, com 4,71% dos votos válidos, em Pernambuco. Em seguida, vem o Rio de Janeiro, com Marcelo Freixo, com 4,52%; Capitão Wagner 4,36%, no Ceará; em Alagoas, Rodrigo Cunha com 4,25%; Sílvia Fontes, em Sergipe, com 4,09% dos votos válidos; em Tocantins, Eduardo Siqueira com 3,81%; no Amazonas, foi Josué Neto com 3,72%; Mato Grosso, Mauro Savi com 3,72%; Rio Grande do Sul, Manuela D’Ávila com 3,64%.

Mato Grosso do Sul, Marquinhos Trad com 3,58%; Piauí, Wilson Brandão com 3,57%; Santa Catarina, Gelson Merisio com 3,38%;Maranhão, Josimar de Maranhãozinho com 3,11%; Amapá, Marília Góes com 2,99%; Espírito Santo, Amaro Neto com 2,93%; Roraima,Jalser Ranier com 2,89%; Acre, Ney Amorim com 2,52%; Paraíba, Manoel Ludgério com 2,51%; Rondônia, Adelino Follador com 2,33%; Pará, Márcio Miranda com 2,24%; Bahia, Marcelo Nilo com 2,18%; Goiás, Mané de Oliveira com 2,00%; Distrito Federal, Julio Cesar com 1,93%; Minas Gerais, Paulo Guedes com 1,59%; e São Paulo, Fernando Capez 1,49%.


Outras informações:
Flávia Urbano
Assessoria de Imprensa
84 9986.0708

0 comentários:

Postar um comentário