Featured Video

Páginas

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Coordenador de campanha do PSB deixa o cargo e dispara contra Marina


O coordenador da campanha presidencial do PSB, Carlos Siqueira, não está mais na função. Na manhã de hoje (21), Siqueira, que também ocupa o cargo de secretário-geral do partido, confirmou a saída e criticou a candidata Marina Silva. Para ele, "ela não é do PSB".

Em entrevista à Folha de São Paulo, Siqueira afirmou que Marina Silva havia sido deselegante com o coordenador da campanha e cortou relações pessoais com a candidata. Ao Diário de Pernambuco, ele foi além: "Da senhora Marina Silva eu quero distância. Eu não participo de campanha de Marina Silva. Ela não é do PSB", disse, em referência à criação da Rede Sustentabilidade, liderada por Marina, que seria o futuro partido da candidata do PSB.


A Folha afirma que Marina teria dito ao próprio Carlos Siqueira que ele não precisaria se preocupar com a coordenação da campanha, o que foi mal recebido pelo secretário-geral do PSB. Apesar de ter votado contraiamente à candidatura de Marina, Siqueira garante que permanecerá dentro do PSB e se rende à vontade da maioria, mas que não vai atuar na campanha.

O presidente nacional do PSB, Roberto Amaral, terá reunião com dirigentes de partidos que compõem a coligação para discutir a nova coordenação da campanha. Ele não comentou a saída de Siqueira.

Fonte: tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário