Featured Video

Páginas

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Reunião define pontos para Defesa Civil unificada no Vale do Açu


Foi promovida nesta terça-feira (15), na sede do Instituto Chico Mendes, em Assú, reunião que discutiu a criação de um plano de ajuda mutua da Defesa Civil dos municípios que compõem o Vale do Açu.

De acordo com os organizadores, o objetivo é unificar as equipes das cidades e melhorar o atendimento à população da região. “É importante que a Defesa Civil dos municípios do Vale e também da cidade de Macau possam ter um trabalho continuo e durante todo o ano. Atualmente, a Defesa só atua em casos de enchentes, seca, deslizamentos ou sinistro. E o nosso plano é que esse trabalho seja ininterrupto, uma cidade ajudando a outra”, ressaltou o coordenador da Defesa Civil na cidade do Assú, Paulo Brito.

Ainda de acordo com o coordenador, a ideia surgiu da necessidade de melhor preparar as cidades para eventuais problemas. “Tínhamos esse plano faz algum tempo, por sentir que o Vale do Açu é um território muito extenso e que demanda maior atenção do poder público no que toca as questões de incêndios, enchentes e outros problemas que podem surgir. Com a junção de forças, todas as cidades da região saem ganhando. Afinal, esse plano trata das ações de prevenção”, explicou.

Assú
Em Assú, a defesa civil possui uma atuação reconhecida e que participou de eventos marcantes da cidade. “A defesa civil em Assú, historicamente, vem atuando nos sinistros, nas situações de emergência. Nas últimas enchentes elas foram fundamentais para o restabelecimento da normalidade. Fora isso, fizemos um mapeamento de todas as áreas de risco do município”, comentou Paulo Brito.

A reunião desta terça-feira contou com a participação de Coordenadores e representantes das Defesas Civis de Assú, Ipanguaçu, Pendências, São Rafael e Carnaubais, representantes do PAMMGAL e coordenador da Defesa Civil no Rio Grande do Norte, o coronel Josenildo Acioli que explicou um pouco sobre o trabalho que será realizado.

“O nosso objetivo é sensibilizar as gestões municipais para criarmos um plano de ajuda mútua. Com isso, as cidades irão se prevenir de riscos hidrológicos (inundações) seja elas brusca ou gradual”, finalizou o coronel Acioli.

A próxima reunião será no município de Pendencias em data a ser definida.

Seacom/ Assessoria de Imprensa - PMA

0 comentários:

Postar um comentário