Featured Video

Páginas

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Avião da Malaysia Airlines caiu devido a "descompressão explosiva"


Análises das caixas-pretas e dados de voo indicaram que o avião da Malaysia Airlines caiu no último dia 17 de julho, na Ucrânia, devido a "grande descompressão explosiva", causado por estilhaços vindos da explosão de um foguete. A informação foi confirmada por uma autoridade do setor de segurança ucraniana à Agência Reuters. 

O governo da Ucrânia e o Ocidente acusam os rebeldes de terem derrubado a aeronave. Por sua vez, a Rússia responsabiliza os ucranianos pela queda. Ao todo, 298 pessoas morreram.
dkimitry lovetsky/ap/ae
Aeronave foi derrubado enquanto fazia o trajeto entre Holanda e MalásiaAeronave foi derrubado enquanto fazia o trajeto entre Holanda e Malásia

A ONU denunciou nesta segunda-feira, 28, que a derrubada do avião pode ser considerada como um "crime de guerra" e pediu uma investigação independente, para determinar os autores do ataque. A declaração foi anunciada pela Alta Comissária da organização, para Direitos Humanos, Navi Pillay. 

Os insurgentes pró-russos do leste da Ucrânia e tropas ucranianas se enfrentaram em torno da localidade da queda. O conflito resultou na perda de controle dos rebeldes em uma parte da região em que o voo MH17 caiu. 

*Com informações de agências internacionais/Tribuna do Norte. 


0 comentários:

Postar um comentário