Featured Video

Páginas

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Copa 2014: Suárez chora ao saber de suspensão que o afasta da Copa do Mundo


  • Reprodução/TV Globo
    Suárez chora ao saber que está fora da Copa do Mundo
    Suárez chora ao saber que está fora da Copa do Mundo
O atacante uruguaio Luiz Suárez se emocionou e caiu no choro quando soube que não poderá mais disputar a Copa do Mundo. Imagens da TV Globo mostram o jogador abraçando e sendo consolado por um membro da comissão técnica da seleção, que também parece emocionado.

Além de não poder jogar, Suárez terá até que sair do hotel em que o Uruguai está concentrado. A punição não permite que o jogador fique em nenhum ambiente Fifa. 

O atleta foi suspenso por nove jogos da seleção pela Fifa, após morder Chiellini no jogo contra a Itália, na última terça-feira. Ele é reincidente neste tipo de agressão e, com o gancho estipulado pela entidade, não poderá mais atuar na Copa do Mundo - a decisão vale a partir deste sábado, quando o Uruguai encara a Colômbia pelas oitavas de final. Além disso, ele pagará multa e terá de cumprir quatro meses afastado de qualquer atividade no futebol, incluindo partidas com o seu clube, o Liverpool, e a presença em estádios.

O árbitro não viu o lance, e a Fifa teve de abrir uma investigação, colhendo imagens e versões dos envolvidos para decidir ou não por uma punição retroativa. O fato de Suárez já ter um histórico de mordidas pesou: ele agrediu a dentadas um rival do PSV quando atuava no Ajax, em 2010, e em 2013 repetiu o gesto em jogo do Liverpool contra Branislav Ivanovic, do Chelsea. Em ambos os casos ele foi suspenso, sendo que na reincidência o gancho foi de dez jogos.


"Esse tipo de comportamento não pode ser tolerado em um campo de futebol, e em particular em uma Copa do Mundo em que milhões de pessoas estão vendo as estrelas no campo. O Comitê Disciplinar levou em conta todos os fatos do caso e o grau de culpa do senhor Suárez de acordo com as relevantes previsões no código. A decisão é válida assim que comunicada", disse Claudio Sulser, presidente do Comitê Disciplinar, sobre a maior punição disciplinar já aplicada em uma Copa.

Sua suspensão de jogos será cumprida durante a Copa-2014 e nos jogos seguintes da seleção uruguaia, como partidas oficiais. Assim, além dos jogos de Copa que a equipe fizer, contarão neste gancho os duelos na Copa América e Eliminatórias.

A Federação Uruguaia já havia informado que apelaria de qualquer decisão e terá 21 dias para isso. Mas, enquanto houver um processo, ele tem que cumprir a pena, ou seja, não poderá voltar a atuar no Mundial. Em clubes, o banimento não vale para transferências. Ele pode mudar de clube - o Barcelona está de olho no atacante -, mas também teria de ficar afastado das atividades.

"Luis Suárez foi considerado culpado por quebrar a regra estipulada no artigo 48 parágrafo 1 do código disciplinar da Fifa, e o artigo 57. Ele está suspenso por nove partidas. A primeira partida da suspensão será servida no próximo jogo da Copa do Mundo entre Uruguai e Colômbia", disse a Fifa, em comunicado, citando que este número serve para jogos de seleção.

"Há ainda uma punição de quatro meses de todo o futebol, de acordo com o artigo 22 do código disciplinar da Fifa. Além de uma multa de 100 mil francos suíços". O valor equivale a quase R$ 250 mil, e é uma das punições mais duras impostas pela Fifa dentro de uma Copa.

Fonte: Portal Uol


0 comentários:

Postar um comentário