Featured Video

Páginas

sexta-feira, 14 de março de 2014

PF abre inquérito para investigar a Petrobras


A Polícia Federal abriu na última terça-feira, 11, dois inquéritos para investigar suposta evasão de divisas da Petrobras no contrato com a empresa holandesa SBM Offshore e a compra de uma refinaria em Pasadena, no Texas (EUA) As investigações serão feitas pela PF em Brasília em parceira com o procurador do Ministério Público Federal Orlando Espíndola, que já investiga a compra da refinaria.


Embora a denúncia sobre o contrato com a empresa holandesa seja conhecida desde 18 de outubro de 2013, a PF instaurou o inquérito somente nesta semana, após a Câmara dos Deputados decidir criar uma comissão externa para acompanhar as investigações na Holanda. A comissão da Câmara deve ser controlada pelo PMDB, segundo maior partido da base aliada ao governo, que está rebelada por não ter seus interesses atendidos pelo Planalto. Ao entrar no caso, a PF, subordinada ao Ministério da Justiça, também terá acesso aos dados da investigação. A informação sobre a abertura dos inquéritos foi divulgada na edição desta quinta-feira, 13, do jornal Folha de S Paulo.

O inquérito sobre Pasadena também só foi aberto pela PF após investigações do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o assunto. O inquérito terá como base documentos do TCU. No caso da empresa holandesa, o inquérito será baseado em informações divulgadas pela imprensa que repercutiram denúncia de um ex-funcionário da SBM, divulgada no site Wikipédia, de que funcionários da Petrobras receberam dinheiro para fechar negócios com a empresa que aluga navios-plataforma. A Petrobras não se manifesta sobre os inquéritos.

Fonte: Tribuna do Norte

0 comentários:

Postar um comentário