Featured Video

Páginas

segunda-feira, 10 de março de 2014

HPV: Assú inicia nas escolas a campanha de vacinação contra o HPV


A Secretaria Municipal de Saúde de Assú, iniciou nesta segunda-feira (10) a campanha de vacinação contra o câncer de colo de útero (HPV). Serão vacinadas garotas de 11 a 13 anos de idade.

A metodologia de trabalho esta priorizando a vacinação em escolas públicas e particulares por ser mais fácil a localização e abrangência, das meninas, porém, se alguma das garotas faltar a aula no dia da vacinação, ou se preferir receber a vacina acompanhada pelos pais ou responsáveis, poderá procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa. No caso das escolas estaduais, se a greve continuar, a Secretaria Municipal de Saúde buscará outra estratégia de vacinação para alcançar a meta e atingir cerca de 80% do público-alvo no município.

As vacinas irão prevenir as garotas contra os HPVs tipos 6-11-16-18 da MSD, em um programa que será dividido em três etapas, a primeira acontece entre os dias 10 de março a 10 de abril, a segunda em campanha marcada para setembro e a terceira acontecerá cinco anos após a data da primeira dose.

A vacina contra o HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não tiveram contato com o vírus e é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países. O câncer de colo de útero é o terceiro que mais atinge as mulheres, segundo a Organização Mundial de Saúde. A entidade estima que haja 290 milhões de portadoras da doença no mundo e que, a cada ano, morram 270 mil mulheres devido ao câncer de colo do útero. O Instituto Nacional do Câncer prevê o surgimento de 15 mil novos casos da doença no Brasil e cerca de 4.800 mortes.

O Ministério da Saúde orienta às mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos que façam anualmente o exame preventivo, o papanicolau. A vacina não substitui o exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Pode ser transmitido também da mãe para filho no momento do parto.


SEACOM - PMA

0 comentários:

Postar um comentário