Featured Video

Páginas

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Obras na BR-101 começam em agosto


O principal acesso a capital potiguar será transformado em um extenso canteiro de obras a partir de agosto. Essa é a data prevista pelo Departamento Nacional de Insfraestrutura de Tranportes (Dnit) para o início das obras complementares da BR-101, que envolvem a construção de seis viadutos, de uma passagem inferior (trincheira) para acesso a Avenida Maria Lacerda Montenegro, além de ampliação das marginais por todo o trecho que vai do Viaduto de Ponta Negra até o acesso a Pium, em Parnamirim. 
Adriano AbreuApresentação das propostas para a elaboração dos projetos básico e executivo para obras da 101 está marcada para o dia 26 de fevereiroApresentação das propostas para a elaboração dos projetos básico e executivo para obras da 101 está marcada para o dia 26 de fevereiro

O aviso de licitação foi publicado no último dia 11 e a apresentação das propostas para a elaboração dos projetos básico e executivo, bem como para a execução da obra, está marcada para o dia 26 de fevereiro. Por ser no sistema RDC Integrado, a licitação não pode ter o valor estimado pelo Dnit divulgado.

Além de uma passagem inferior na Avenida Maria Lacerda, a obra prevê ainda a construção de viadutos em Neópolis (na altura do túnel que dá acesso a Avenida das Alagoas), em frente a Avenida Abel Cabral, em Emaús (no primeiro semáforo, sentido Natal-Parnamirim), em frente ao Parque Aristófanes Fernandes (em formato girador), no cruzamento com a Avenida Clementino Câmara e em frente ao acesso a Pium, já perto do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O projeto também inclui a ampliação das marginais já existentes ao longo da rodovia e a construção de outras novas, além de drenagem no trecho que vai do Viaduto de Ponta Negra até o Pórtico da capital potiguar.
onforme o superintendente regional do Dnit, Walter Fernandes, a empresa vencedora deverá ser divulgada 30 dias após a apresentação das propostas, ou seja, no dia 26 de março. Passado o período para recursos e publicação do resultado final, prevista para o fim de abril, a empresa deverá iniciar a elaboração dos projetos, processo que deverá durar três meses, adentrando o período da Copa do Mundo. “Só depois da Copa que devemos começar a obra”, adianta. A expectativa é que o serviço seja concluído até o fim de abril de 2016.

Walter Fernandes admite que transtornos no trânsito poderão ocorrer com a obra, mas adiantou que não vê necessidade de desvios. “Começaremos pelas marginais, o que vai aumentar o número de vias”, explica.

No trecho da obra que se estende até a Avenida Maria Lacerda, o fluxo de carros é de cerca de 90 mil carros por dia, número que cai para 60 mil desse ponto até o acesso a Pium.

Fonte: Tribuna do Norte


0 comentários:

Postar um comentário