Featured Video

Páginas

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Azeite de Oliva: Alguns motivos para o bom uso em sua culinária


Os benefícios do azeite de oliva: dádiva dos deuses

azeite-de-oliva
E lá vamos nós fazer uma incursão no maravilhoso mundo do azeite de oliva. O azeite de oliva é típico da região mediterrânea, e é extraído das oliveiras,  árvore que dá olivas… oliveira, oliva, azeite, azeitonas, hum, hum?! Os benefícios do azeite de oliva foram descobertos há mais de 3 mil anos, mas inicialmente ele não era usado na alimentação. Era usado principalmente para proteger o corpo do frio, besuntando a pele. Devia ser uma coisa linda e maravilhosa, se a gente for pensar nos hábitos de higiene da época…
Mas foram os gregos e os romanos que mais exploraram o azeite de oliva em busca dos seus benefícios, principalmente para a alimentação. O fato é que o azeite já está na história desde a.C, aparece na bíblia, e tem um papel muito importante na antiga Roma e Grécia, onde a oliveira era considerada uma dádiva dos deuses! Os gregos sabem mesmo das coisas!
Agora que ninguém mais tem dúvidas que o azeite foi ungido pela Nossa Senhora da Beleza e da Boa Nutrição, vamos ao que interessa: os benefícios dessa lindeza!

Quais são os benefícios do azeite de oliva

É verdade que poderíamos escrever uma tese sobre os benefícios do azeite, mas ainda vamos falar bastante sobre ele aqui… por isso vamos por partes!
Em primeiro lugar, o azeite tem ação antioxidante (e a gente adora tudo que é #detox), porque é rico em polifenóis, ou seja, em substâncias antioxidantes naturais,  e também tem propriedades anti-inflamatórias. Além disso, o azeite de oliva é uma gordura do bem, porque tem o special power  dos ácidos graxos de não transformar a gordura em colesterol do mal.
Mas os benefícios do azeite de oliva ainda não acabaram! O azeite também érico em ômega 3 e vitanima E, e faz muito bem ao coração e ao cérebro, porque tem uma ação no organismo que ajuda a não entupir os vasos sanguíneos, além de ajudar a hidratar unhas, cabelo, pele… E quer saber mais? Ainda ajuda a proteger contra a osteoporose. É muita riqueza!
Mas atenção: tudo nesta vida deve ser usado com moderação ;)
Fonte: Consultoria Nutricional CAROL MORAIS 

0 comentários:

Postar um comentário