Featured Video

Páginas

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Congresso do PT homenageia correligionários presos pelo mensalão


A abertura do 5º Congresso do PT, em Brasília, virou nesta quinta-feira (12) um ato de desagravo aos petistas condenados no processo do mensalão.

Logo após a chegada da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, os cerca de 700 petistas presentes começaram um coro em homenagem ao ex-ministro José Dirceu, preso desde o último dia 15.

"Dirceu, guerreiro, do povo brasileiro", gritou a plateia, num centro de convenções em Brasília.


Em seguida, o coro foi repetido para o ex-deputado José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Alan Marques/FolhapressA presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula participam do 5º Congresso do PTA presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula participam do 5º Congresso do PT

Lula e Dilma ouviram a manifestação em silêncio. No auditório, um grupo de cerca de dez militantes abriu uma faixa pedindo a anulação do processo que condenou os petistas no STF (Supremo Tribunal Federal).

Ao chegar ao congresso, Dilma, que concorrerá à reeleição em 2014, foi saudada com um coro em tom eleitoral: "Um dois três, é Dilma outra vez".

Os petistas também fizeram homenagem ao ex-ministro Luiz Gushiken e ao ex-governador de Sergipe Marcelo Déda, que morreram em 2013.
Fotomontagem
O ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares
O ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares

Fonte: Folha de São Paulo Online

0 comentários:

Postar um comentário