Featured Video

Páginas

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Robinho entra no 2º tempo e dá vitória ao Brasil contra o Chile


O atacante Robinho deu um passo importante para tentar convencer o técnico Luiz Felipe Scolari a convocá-lo para a Copa do Mundo em 2014. O jogador, que começou na reserva, entrou no campo no segundo tempo e fez o gol decisivo na vitória da seleção brasileira sobre o Chile por 2 a 1 no último amistoso da temporada, em Toronto, no Canadá.

O primeiro gol foi marcado por Hulk. O atacante chileno Vargas, que joga pelo Grêmio, havia empatado a partida.

Nesse amistoso, Scolari colocou de volta entre os titulares o goleiro Júlio César, o zagueiro Thiago Silva e o atacante Hulk.

O Chile, além de Vargas, contou com Mena, que atua pelo Santos, e Valdivia, palmeirense --este entrou e saiu no decorrer do jogo.

Ao contrário da goleada contra Honduras, Neymar não foi perseguido com duras faltas no jogo desta noite.

O último jogo amistoso do time brasileiro antes da convocação para Copa do Mundo será no dia 5 de março, contra a África do Sul, em Johanesburgo.

O JOGO
Chris Young/Associated Press
AnteriorPróxima
O Brasil começou bem a partida e Neymar teve uma oportunidade aos 4 min, chutando de pé direito.

A equipe chilena precisou fazer duas alterações. Uma devido à lesão de Díaz e outra para acertar o time.

Aos 13 min, Oscar recebeu um presente de González na direita do ataque e viu bem Hulk avançando na esquerda. O atacante recebeu e chutou forte, abrindo o placar para o Brasil.

O técnico Sampaoli colocou Valdivia para que o Chile equilibrasse a situação no meio de campo e a equipe ficou até com mais posse de bola que a seleção brasileira.

Porém, não houve mais chances claras de gols para nenhum dos dois times. O goleiro Júlio César não foi ameaçado.

Na segunda etapa, o Brasil teve alterações. Robinho, William e Ramires entraram nos lugares de Jô, Hulk e Oscar.

Aos 3 min, Vargas finalizou pela primeira vez para o Chile e mandou para fora. O Brasil respondeu com Hulk, aos 10 min, batendo da entrada da área no travessão.

Com o jogo aberto e os brasileiros tentando aproveitar os contra-ataques, o adversário chegou ao empate.

A jogada começou com o goleiro chileno. Aos 25 min, Bravo cobrou tiro de meta, Beausejour cabeceou e Vargas aproveitou para deixar tudo igual.

Dante e Hernanes foram para campo nos lugares de Thiago Silva e Paulinho.

A seleção brasileira pressionou e conseguiu ficar à frente do placar novamente. Aos 33 min, Neymar tocou para Maicon na direita do ataque e ele cruzou preciso para Robinho fazer o seu gol na volta ao time.

Até os minutos finais o Brasil ficou no campo de ataque e era perigoso principalmente nos contra-ataques. Ainda perdeu boas chances de ampliar o placar.
Nos acréscimos, Lucas Leiva substituiu Neymar.

Fonte: Folha de São Paulo Online

0 comentários:

Postar um comentário