Featured Video

Páginas

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Larissa volta a criticar alto índice de violência no RN


A deputada Larissa Rosado (PSB) voltou a criticar os altos índices de violência no RN, especificamente em Mossoró. A parlamentar mencionou o assassinato, esta semana, de uma criança de apenas dois anos, atingida por uma bala de escopeta.

Léo Jackson Fernandes Silva foi atingido na cabeça por estilhaços de tiro de uma escopeta calibre 12.  O menino estava com o pai e a mãe na calçada, quando alguém atirou de um carro e matou também Marcelo Augusto Nascimento Silva, 19 anos .

“Nunca o Rio Grande do Norte foi tão violento e Mossoró, lamentavelmente, testemunha a maior tragédia da sua história. A cidade vive o ano mais violento de todos os tempos e assiste à onda de violência, também, contra crianças”, disse.

Larissa Rosado foi aparteada pelos colegas Walter Alves (PMDB) e Fábio Dantas (PC do B). “A tragédia choca a cidade, as pessoas ficam abaladas pela fala de segurança e essa sensação é cada vez mais forte. Não é a primeira criança que morre, em Mossoró”, afirmou Larissa, mencionando diversos assassinatos ocorridos na cidade este ano.

A parlamentar chegou a sugerir que o RN se inspire em iniciativas que vem dando  certo em outros Estados, a fim de resolver seus problemas. Citou o caso de Pernambuco, que criou o programa Pacto pela Vida, em articulação com a sociedade e entes como o Judiciário, MPE, ALPE, municípios e a União.

Em quatro anos de Pacto Pela Vida, realizado há seis, o índice de assassinatos em Recife caiu de 25,8% para 35,4%. Aumentou em 119% o número de inquéritos concluídos e reduziu em 40% a criminalidade em Recife, 27% em  Pernambuco e outros 36% na Região Metropolitana.


Outras informações
Assessoria de Comunicação AL/RN
(84) 3232-5768


0 comentários:

Postar um comentário