Featured Video

Páginas

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Henrique Alves confirma Comissão Geral para discutir crise dos municípios em encontro com Femurn.


Brasília (DF) – O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, reafirmou nesta quarta-feira (6), em reunião com representantes da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), a realização de uma Comissão Geral, na próxima terça-feira (12), para discutir a crise financeira dos municípios brasileiros. O presidente da Femurn e prefeito de Lajes, Benes Leocádio, reforçou o apelo dos demais prefeitos potiguares para que o cálculo do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) receba um acréscimo de 2%.

Também participaram do encontro com o presidente da Câmara, os prefeitos de Pedro Avelino, Sérgio Cadó; Pedra Preta, Luiz Antônio e Jandaíra, Beto Roque. O deputado Tomba Faria acompanhou os prefeitos no encontro com Henrique Alves.  Ele disse que os relatos dos prefeitos são preocupantes e defendeu que o piso dos agentes comunitários de saúde e o reajuste do salário dos professores, se aprovados pela Câmara, sejam acompanhados de repasses do governo federal. “As prefeituras necessitam de uma fonte pagadora para não inviabilizar as administrações municipais com esses novos gastos e mais encargos”, ressaltou Tomba.

O prefeito Sergio Cadó disse que, em Pedro Avelino, a maior parte dos R$ 300 mil de FPM que recebe em três parcelas, mensalmente, fica com o próprio governo federal por causa de renegociação de dívidas com a Previdência Social e FGTS, entre outras. “Sou testemunha do esforço do deputado Henrique Alves em nos ajudar. Tudo que estamos fazendo em Pedro Avelino é com recursos de emendas do parlamentar”, reconheceu. Segundo o prefeito são obras de pavimentação, reforma de praças, poços tubulares e passagens milhadas que geram empregos locais e até impostos reinvestidos no município.

Fotos: J Batista

7687 - Pedra Preta
7689 - Pedra Preta
7686 - Femurn
Assessoria de Imprensa
Presidência da Câmara dos Deputados
twitter: @HenriqueEAlves
Fone (61) 3215-8010 / 8012

0 comentários:

Postar um comentário