Featured Video

Páginas

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Arejando os ouvidos


Música pop ao livre costuma fazer bem para o pulmão. Dois gigantes do rock nacional dos anos 80 estarão em Natal neste fim de semana para mostrar que uma festa mais arejada pode fazer a música fluir ainda melhor. George Israel, saxofonista e compositor do Kid Abelha, apresenta nesta sexta-feira a sua faceta solo em show na aprazível varanda lounge do Chafariz Pub, em Ponta Negra, dentro do projeto ‘Pop, Rock & Blues de Verão’. Ele se apresentará com a banda da casa – e seu sax, claro. Já Nando Reis estará de frente para o mar. O ex-Titã vai se apresentar sábado, na estreia do projeto “Natal Pop”, no espaço Praia Devassa, Via Costeira. O “ruivão” e seus Infernais farão um grande apanhado de três décadas de música. Apenas sons de verão.
DivulgaçãoGeorge Israel: carreira solo desde 2007, o músico se apresenta ao lado da Banda Blue Mountain
George Israel: carreira solo desde 2007, o músico se apresenta ao lado da Banda Blue Mountain

“Toda vez que vou pra Natal é uma alegria. Sinto como se fosse um passeio de férias, nem é trabalho”, diz George Israel em entrevista por telefone ao FIM DE SEMANA, mostrando que já está no clima da Cidade do Sol. A noitada terá ainda outros músicos que receberam influência de Israel, como a banda Mobydick, tocando apenas rock nacional, de Raul Seixas aos anos 90; e Eugênio Bezerra, que fará um tributo a Legião Urbana. Um telão instalado na varanda do pub vai exibir vídeos com a temática da noite. 

George Israel está se dedicando à carreira solo desde 2007. Enquanto o Kid Abelha prossegue “dando um tempo”, o saxofonista, violonista e compositor manteve uma ativa agenda de shows, circulando entre bares, casas de shows, baladas, e no circuito do Sesc. Nas boates tem projeto em que toca sax com DJ. Para Natal, fará show com a banda de Gustavo Cocentino, guitarrista e produtor. “Já conheço alguns dos caras, e é legal porque a gente pode improvisar muito, dar aquela cara de ‘jam session’ divertida”, diz. 

O show irá além dos hits do Kid Abelha, garante Israel. “Eu tive composições regravadas por muitos artistas bacanas, e vou fazer uma apanhado delas”, afirma. Entre os sucessos que ele assinou estão “Brasil” (famosa na voz de Gal Costa), “A palavra certa” (por Herbert Vianna), “Blues dos anos 2000” (Paulinho Moska), “Mais que perfeito” (Frejat), Ney Matogrosso (“4 letras), entre outras. Israel está relendo a obra de Cazuza, e as canções suas que o “exagerado” gravou, como “Solidão que nada”, “Completamente blue”, “Andróide sem par”, “Burguesia”, “Nabucodonosor”, “Eu agradeço” e “Mina”. 

Mesmo sendo um veterano dos palcos, George Israel afirma que a experiência solo lhe desperta o sabor da novidade. “Agora também estou cantando! Isso é um desafio pra mim. O legal da carreira solo é poder me mostrar de outras formas para o público, improvisar, explorar mais, mudar tudo se quiser. Proporciona certa liberdade para quem sempre foi atrelado a uma banda como músico”, analisa. 

Ele afirma que o show será uma grande festa. E prefere achar que tudo anda girando em torno da nostalgia ultimamente. “Os anos 80 nos deu grandes compositores, músicos e letristas. É uma marca tão forte que atinge até quem não nasceu na época. Se as pessoas preferem ouvir a música que a gente fez naquela época, só posso ficar lisonjeado. Mas eu mesmo não sou um cara nostálgico, prefiro olhar para frente”, diz. Israel já lançou três discos solo, e está trabalhando em um novo. 

Serviço: George Israel no Pop, Rock & Blues de Verão. Sexta-feira, a partir das 20h, no Chafariz Pub, Rota do Sol, Ponta Negra. Entrada: R$20 (meia). Vendas na Sav Hair (3219-4200), Tattoo Brasil (3642-0217) e Chilli Beans (Midway e Cidade Jardim). 

Nando Reis e Os Infernais: “Bailão” à beira-mar
Nando Reis vai invadir a praia com a banda Os Infernais, e promover um “bailão” regado a pop e rock na areia. O cantor e compositor volta a Natal quase um ano após o último show realizado em terras potiguares, para estrear o projeto “Natal Pop” no Praia Devassa, Via Costeira, a partir das 21h. O embalo pop de sábado à noite terá ainda apresentações da banda cearense Zero 85, o cantor Rodrigo Lacaz, e o grupo São Jó. Todos dedicados ao som nacional e internacional dos anos 80. Vão ter hits a noite inteira. O ex-baixista dos Titãs conta com mais de 30 anos dedicados à arte de fazer hits. No repertório, entram músicas como o hit “Sou dela”, além de “Monóico” e “Santa Maria”, mais sucessos como “O segundo sol”, “All star”, “A letra A”, “O mundo é bão, Sebastião”, “Relicário” e “Por onde andei”. Ainda há o momento “Bailão do Ruivão”, onde o Titã toca músicas como “Lindo balão azul” e “There’s a kind of a hush” (do Carpenters).  Nando Reis saiu dos Titãs após a gravação do álbum “A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana”, e ficou conhecido como um dos  compositores melhor sucedidos da sua geração, sendo gravado por artistas de variados estilos. Ele compôs sucessos como "Diariamente" (com sua ex-namorada Marisa Monte), "All Star", "O Segundo Sol" e "Relicário", gravados por Cássia Eller; "Resposta" e "É uma partida de futebol", gravados pelo Skank; "Do Seu Lado", gravado pelo também mineiro Jota Quest e "Onde Você Mora?", gravado pelo grupo Cidade Negra. Atualmente é um dos 10 maiores arrecadadores de direitos autorais no Brasil, de acordo com o ECAD.
DivulgaçãoNando Reis: Temos a intenção de promover eventos com essa temática. Trazer mais o pop e o rock, atendendo aos pedidos do público
Nando Reis: Temos a intenção de promover eventos com essa temática. Trazer mais o pop e o rock, atendendo aos pedidos do público

O DVD “Bailão do Ruivão” foi um sucesso que levou Nando Reis para outro patamar de popularidade. O lado festeiro do músico pode ser compartilhado por vários públicos – incluindo fãs de Joelma do Calypso, e Zezé di Camargo e Luciano. Seu último trabalho com a banda Os Infernais  foi o álbum “Sei” (o sétimo disco de estúdio), gravado em Seattle, com o produtor Jack Endino. Nando afirmou que a faixa "Lamento Realengo" foi inspirada por um DVD aparentemente pirata que ele comprou, no qual Bob Marley e os Wailers ensaiavam em 1973.

Para Bernardo Bezerra, um dos organizadores do evento, a vinda de Nando Reis reflete o sucesso do projeto Pirangi Pop, realizado em janeiro. "Temos a intenção de promover eventos com essa temática. Trazer mais o pop e o rock atendendo aos constantes pedidos do público. Prova é que essa é a segunda vez de Nando Reis em menos de um ano no RN", declarou.

Serviço:
 Natal Pop com Nando Reis. Sábado, às 21h, no Praia Devassa, Via Costeira. Preços: R$40 (pista) e R$80 (área VIP). Tel.: 3620-5262. 

Fonte: Tribuna do Norte




0 comentários:

Postar um comentário