Featured Video

Páginas

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Deputada cobra explicações sobre atraso da folha servidores do estado


O atraso no pagamento da folha salarial dos servidores do estado foi tema de pronunciamento da deputada estadual Márcia Maia (PSB-RN) no final da manhã desta terça-feira (22) no plenário da Assembleia Legislativa do RN. A parlamentar cobrou explicações do Governo do Estado sobre a situação dos servidores.

Márcia criticou o anúncio feito pela governadora do Estado em que, segundo a parlamentar, o atraso no pagamento dos salários dos servidores estaria sendo oficializado pelo Governo do RN. "A governadora surpreendeu a imprensa e disse que vai atrasar salários até o final do ano. Ela chama atraso de reprogramação. Agora o nome atraso tem outra definição no vocabulário da governadora", disse.

A deputada lamentou o fato e afirma que, agora, o funcionário que já estava desmotivado pela falta de estrutura para executar seu trabalho, agora sofrerá com a insegurança sobre seu pagamento, inclusive, com a perspectiva de atraso também do 13º, o que é ilegal segundo a legislação trabalhista.

A parlamentar, inclusive, apresentará nesta quarta-feira (23) um requerimento com o pedido a ser enviado pelo Governo do Estado os números do provisionamento mês a mês para o pagamento do 13º salário dos servidores.

"O governo justifica o problema citando frustração da receita em cerca de 10%, mas pelo estudo da Comissão de Finanças da Assembleia, não chega sequer a 3% até este mês. E com o histórico positivo de arrecadação dos meses de outubro, novembro e dezembro, sequer pode ocorrer. A frustração real é a do povo. Queremos explicações e soluções para este caos no qual o governo Rosalba colocou nosso estado", destacou.

Restaurantes populares
Outro problema destacado pela parlamentar é o atraso em quatro meses no repasse aos Restaurantes populares que poderão paralisar suas respectivas atividades nos próximos dias devido à falta de pagamento a funcionários e fornecedores.  A deputada disse também que o número de refeições foi reduzido ainda no início da atual gestão.

“É mais um programa social a prestes a paralisar. Quando fui gestora, conseguimos ampliar e melhorar a qualidade do serviço. Além de ofertar população de baixa renda, ainda fazíamos um trabalho com pessoas com diabetes, hipertensão e a oportunidade de ter uma alimentação diferenciada. Agora, todo este trabalho está ameaçado”, disse para, em seguida, completar. “Além de a população ficar sem essa alternativa para se alimentar, tem os funcionários que podem perder seus empregos com o fechamento desse serviço. É um absurdo ”, criticou.

Márcia ainda lembrou que problema se repete em outras políticas públicas, como o Programa do Leite, além do sucateamento nos escritórios da Emater, falta de combustível para carros da Polícia Militar, dentre outras ações.

-- 
Para mais informações sobre o mandato e do dia-a-dia da deputada estadual Márcia Maia, basta acessar o endereço:www.marciamaia.com.br;

Assessoria de Imprensa
Bruno Araújo - JORNALISTA
Twitter - @MarciaMaia_
Facebook - deputadaMarciaMaia
(84) 8872-9614
(84) 3232-5814

0 comentários:

Postar um comentário