Featured Video

Páginas

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

ARQUITETOS DA POLÍTICA JÁ TRAÇAM AS LINHAS PARA 2010


Faltando pouco mais de um mês para expirar o prazo legal que permite filiações partidárias aos cidadãos e cidadãs brasileiros com pretensões políticas para as eleições de 2010, já começam os arquitetos desse universo chamado Política a desenhar caminhos com vistas a conquistar os tão almejados postos a serem disputados no próximo ano.

Os pretensos candidatos, com raras exceções, visitam em suas andanças os quatro cantos do estado. Alguns conhecem lugares que nem pensavam existir. Trocam suas vestes de grife por trajes regionais na tentativa de ficarem mais próximos do povão. Comem de tudo e com todos. Bebem da mesma água como se tudo aquilo fosse natural.

Por trás deles estão os conselheiros, os marqueteiros, os maquiadores e fabricantes de falsas imagens que, mais uma vez, se preparam para iludir o povo de boa fé. E os cidadãos trabalhadores, acostumados com promessas vãs, ainda depositam esperanças nos discursos fantasiosos que mais lhes pareçam verdadeiros.

Gestos nobres e humanitários, assim como calorosos abraços são facilmente distribuídos. Amáveis e simpáticas faces esboçam largos sorrisos. Traiçoeiras máscaras, uma para cada ocasião, são utilizadas. E assim, mais uma vez, trabalha-se para lesar a confiança e a boa fé do cidadão, principalmente o mais humilde. Entretanto não se pode generalizar. Existe uma minoria consciente do importante papel no exercício da política de uma comunidade, de uma nação. Por esse motivo é necessário refletir e, com muita destreza, escolher dentre tantos aqueles que apresentem melhores propostas e projetos.

Para 2010, ano de eleições para os cargos de deputados estaduais, deputados federais, senadores, governadores e presidente da república, as reflexões exigirão mais habilidade dos eleitores na hora de depositarem os votos que permitirão legitimar aos eleitos o direito de legislar e/ou administrar os interesses do povo brasileiro. É mais que importante ou imprescindível. Na verdade é imperativa a necessidade de fazer escolhas baseadas no passado impoluto dos candidatos, por serviços prestados no decorrer de seus mandatos públicos, ou, aos novatos, por suas condutas profissional, social e moral vivenciadas perante a sociedade.

Notadamente é comum a sociedade rotular a classe política com adjetivos desabonadores, esquecendo ser a política o maior instrumento de desenvolvimento socioeconômico do planeta. Uma verdade incontestável. Assim, diante disso, recai sobre todos os seres humanos a responsabilidade de fazer a melhor escolha na hora de votar, conscientes de que errar representa quatro anos de atraso; significa muito mais que os prejuízos momentaneamente apresentados; representa a evolução negativa do desenvolvimento deixado de haver.

No Brasil grandes salários são pagos à classe política, principalmente aos chamados “Cargos em Comissão”, criados com o objetivo contribuir para formação de equipes de confianças dos detentores de mandatos, portanto tais cargos deveriam ser ocupados por pessoas altamente competentes, obedecendo a severos criteriosos currículos, mas na realidade servem para atender aos compromissos assumidos em campanhas, desvirtuando completamente a concepção que os levaram a existir.

Em compensação, profissionais bem preparados, trabalhadores em outras áreas da administração pública, exemplificando especialmente as áreas da saúde, da educação e da segurança, recebem subsalários com o dever e com o compromisso de salvar vidas, de formar cidadãos e de zelar pela integridade do povo da nação brasileira, enquanto os representantes desse mesmo povo, eleitos legisladores para defender os interesses da população, onde a maioria é formada pelas classes menos favorecidas, social e economicamente, brincam se divertido com recursos públicos em detrimento daqueles que, por muitas vezes, não têm em suas casas o necessário para alimentar seus familiares.

E o que fazer, diante de um sistema jurídico que, quase sempre, premia a incompetência, criando uma aparente certeza de impunidade, permitindo se pensar na pratica da famigerada corrupção? Corrupção de valores éticos e morais, de ideologias e princípios, de mentes, tráfego de influencias e tantas outras causadoras de prejuízos irreparáveis à nação brasileira.

Depende mais uma vez de cada cidadão e cidadã refletir na hora de exercer o legítimo poder de seu voto. É dever e direito de cidadania exercê-lo com decência, fazer com consciência a escolha dos candidatos que merecerão representar por quatro anos os interesses do município, do estado e do nosso país. Nunca é demais agir com prudência e com responsabilidade, já que os prováveis prejuízos serão pagos, para variar, por cada um de nós.

GEORGE SOARES PARTICIPA DO ANIVERSÁRIO DE RUBENS PEREIRA EM PARAÚ


O Pré candidato a Deputado Estadual George Soares, no último sábado, foi a cidade de Paraú, participar do Aniversário do ex vice Prefeito de lá, e gerente da Empresa Aldeota, Rubens Pereira.

George entrou na festa acompanhado de seu primo, Luis Gustavo Soares, do aniversariante e de Márcio.

Na festa estavam muitos amigos de Rubens, familiares e funcionários da empresa que ele dirige.Antes da meia noite, funcionários e amigos como Márcio e George, fizeram homenagem a Rubens, pelo homem humilde, amigo, honesto e prestativo que é, e por sua trajetória de sucesso.Aí.... Rubens não resistiu a tanta emoçãooo.

DomingoJá no Domingo, George seguiu com amigos para as Rifas nas Comunidades de Nova Esperança e Linda Flor.

George chegou acompanhado de aliados e amigos, como o Presidente da Câmara Odelmo Rodrigues, os empresários Alderlan, Nuilson Pinto, e Jarbas Rabelo.Na comunidade de Linda Flor, foi recepcionado pelo Prefeito Ivan Jr, e o empresário Patricio Jr, que lá já estavam.

PREFEITO REUNIRÁ INTEGRANTES DE TODO O PRIMEIRO ESCALÃO ADMINISTRATIVO NESTA TERÇA-FEIRA


Todos os integrantes do primeiro escalão administrativo da Prefeitura do Assú estão convocados para participar de uma reunião de trabalho amanhã, terça-feira, 1º de setembro.

A convocação a todos os secretários, assessores especiais e consultores atende a uma recomendação feita pelo prefeito municipal.

De acordo com a informação transmitida por Ivan Pinheiro Bezerra, o encontro acontecerá a partir de 19h nas dependências do Gabinete do Prefeito. A pauta enumerará uma série de questões de ordem administrativa.

Na oportunidade os secretários municipais deverão apresentar relatórios de ações de suas respectivas pastas. O prefeito Ivan Júnior deverá expor detalhes com referência ao andamento de diversos projetos de interesse do município junto a diversos órgãos públicos e privados.

Compõem o secretariado da Prefeitura do Assú os seguintes nomes: vice-prefeito Alberto Luis de Lima Trigueiro (Planejamento e Coordenação de Desenvolvimento); Reci de Oliveira (Planejamento e Coordenação de Infra-estrutura); Willians José de Melo (Planejamento e Coordenação Administrativa e Financeira); Breno Eduardo de Souza Lopes (Planejamento e Coordenação de Cidadania); Ivan Pinheiro Bezerra (Governo); Lúcio Flávio Medeiros da Fonseca (Comunicação); Tereza Cláudia de Farias Lopes (Finanças); Ricarte Legítimo Barbosa Neto (Tributação); Clebson Elves Corsino de Melo (Administração); Francisco das Chagas Soares (Indústria e Comércio); Danúbio Almeida de Medeiros (Obras); Francisco de Assis Souto, Tê (Serviços Públicos); Luiz Dailson Machado (Juventude, Esporte e Eventos); Nival Paulino Pinheiro Filho (Meio Ambiente); Romildo de Queiroz Minervino (Turismo); Maria Goretti da Costa Fonseca (Saúde); Sandra Regina Meirelles Holanda Alves (Educação); Cimária Gurjão Morais Paiva (Desenvolvimento Social); Paulo César de Brito (Agricultura, Pecuária e Pesca); Livoneide Lucas da Silva (Articulação Comunitária); e, Karla Raquel Soares Bezerra (Urbanismo).

PREFEITO IVAN JÚNIOR QUER CONTAR COM PARCERIA DA PETROBRAS EM PROJETO DE PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA


Além de aguardar a posição da direção da empresa sobre a proposta de parceria para recuperação do Cine-Teatro Pedro Amorim, que deverá ser transformado num grande espaço multicultural, o prefeito Ivan Lopes Júnior tenciona contar com o aval da Petrobras no projeto de recuperação e ampliação dos trechos asfálticos do setor urbano do município.

Com o objetivo de sensibilizar a direção da companhia estatal no Estado com este propósito, o prefeito municipal reuniu-se na última sexta-feira, 28 de agosto, nas dependências da sede da Gerência Geral da Petrobras, em Natal, com o gerente geral Joelson Falcão Mendes. O prefeito Ivan Júnior se fez acompanhado da deputada federal Fátima Bezerra e do diretor de Projetos e Programas da Prefeitura, Francisco Paolo Morais.

A intenção do gestor municipal é conseguir que a companhia petrolífera seja parceira da Prefeitura no investimento com a finalidade de restaurar toda a malha asfáltica hoje existente e expandir o asfaltamento para outros trechos urbanos que ora são objeto de definição no âmbito da Secretaria Municipal de Planejamento e Coordenação de Infra-estrutura.

A intenção é realizar esta programação logo após a conclusão dos trabalhos que ora estão sendo desenvolvidos pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) no tocante à implementação do sistema de esgotamento sanitário da rede de saneamento básico da cidade.

Ivan Júnior considerou a conversa como gerente geral Joelson Falcão bastante produtiva e está esperançoso de que a reivindicação merecerá aceitação da empresa. Igualmente, ele continua alimentando expectativa satisfatória com referência ao patrocínio que poderá ser dado pela Petrobras para a obra de revitalização do Cine-Teatro Pedro Amorim, orçado em R$ 1,5 milhão, empreendimento que já está contemplado com benefícios fiscais por intermédio da Lei Estadual Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura.

Contatos – Hoje, segunda-feira, 31 de agosto, o prefeito Ivan Júnior retornou à capital do Estado com a finalidade de dar seguimento a diversos contatos junto a órgãos públicos e privados, onde estão sendo analisados diversos projetos que atendem a demandas do município.

Durante todo o final de semana o prefeito municipal pôde, ao lado de alguns auxiliares, visitar alguns bairros e comunidades nos quais algumas ações estão sendo executadas pela municipalidade dentro do plano de emergência traçado para atender às carências decorrentes do período chuvoso em Assú.

MARINA SILVA “ABALA” CENÁRIO ELEITORAL, DIZ O NEW YORK TIMES


A entrada da senadora e ex-ministra Marina Silva (AC) na corrida sucessória de 2010 como possível candidata à Presidência pelo PV foi destaque no jornal norte-americano "The New York Times" deste fim de semana. Em uma reportagem intitulada "Uma criança da Amazônia que mexeu com a política de um país", o diário traça o perfil da parlamentar do Acre e diz que a sua pré-candidatura "abala" o atual cenário eleitoral brasileiro.

Publicado no sábado, o texto conta a história "de uma mulher humilde que superou a pobreza extrema e a doença para se tornar uma das maiores forças da política brasileira". Sustenta que a sua mudança de partido e a eventual candidatura representam "uma inspiração para o povo brasileiro" em sua busca por um presidente para substituir Luiz Inácio Lula da Silva.

O New York Times aponta a candidatura de Marina como de oposição ao nome escolhido por Lula para a sucessão, a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. Ontem, a senadora acreana se filiou ao PV. Foi o primeiro passo para o lançamento de sua candidatura à Presidência, prevista para o início do ano que vem. As informações são do jornal O Estado de

AMVALE X CONSÓRCIO; VIVENDO E APRENDENDO


Anunciado durante toda a semana passada, de 24 a 29 de agosto, o debate promovido pelo programa Registrando, exibido semanalmente, aos sábados, pela rádio Princesa do Vale, com o tema comparativo, AMVALE e o Consórcio de Intergestores do Vale Unido, tendo como atores convidados os ex-prefeitos Ronaldo da Fonseca Soares e José Maria de Macedo Medeiros.

Logo o público começou a se perguntar: como juntar Zé Maria e Ronaldo numa mesma sala para discutir um tema tão polêmico ligado diretamente aos dois, já que presidiram a instituição e nenhum quer assumir o desgaste do insucesso da AMVALE?

Pois é Ronaldo não deu atenção ao propósito, dizem até que ele se quer ouviu o programa Registrando de sábado, 29/08

Tratou o Programa de um assunto importante do ponto de vista institucional (o associativismo e cooperativismo), temas levados a sério em todo o mundo, e que somente no município de Assú nunca recebeu o devido respeito por parte dos governantes e da maioria dos agentes políticos.

Assú, por muitos considerada terra do já teve, não foge a regra quando se trata da quantidade de instituições associativas (associações e cooperativas) que não cumpriram suas funções sociais, não deram certo.

Seria necessário enumerar para não se correr o risco de esquecer alguma, entre aquelas que foram usadas e depois esquecidas ou simplesmente descartadas e até provavelmente fraudadas.

Tudo isso, após um exercício de reflexão, deve servir de exemplo do que não se deve fazer, misturar as políticas públicas com política partidária, principalmente aquela política onde os interesses pessoais estão acima dos interesses da coletividade.

O Consórcio, ao que tudo indica, não se propõe ser um órgão executivo e sim um instrumento interlocutor que funcionará com articulador e mediador dos interesses da região entre os municípios consorciados e as esferas estadual e federal, discutindo os problemas e propondo ações voltadas para o desenvolvimento do Vale do Açu.

São muitos os problemas a serem trabalhados, problemas de todas as ordens (econômica, infra-estrutura, educação, segurança pública, qualidade de vida, saúde pública e muitos outros), acumulados há décadas e agravados pelos danos causados pelas enchentes dos dois últimos anos, e que certamente não serão solucionados rapidamente como desejam os habitantes.

Perderam os que não participaram do debate, direta ou indiretamente, pois como dizem os mais sábios “ninguém sabe tanto que não possa aprender, e nem tão pouco que não possa ensinar”.

MARINA SILVA ASSINA FILIAÇÃO EM PV HETEROGÊNEO


CATIA SEABRAda Folha de S.Paulo

Ao assinar sua ficha de filiação ao PV, a senadora Marina Silva (AC) encontra hoje -a 13 meses das eleições- um partido ainda verde para a corrida presidencial. Além da necessidade de consolidação de palanques nos Estados e de revisão de um programa obsoleto, Marina terá que lidar com uma bancada de deputados tão heterogênea que inclui até defensores da energia nuclear.


Adepto da adoção de código florestal regionalizado e do manejo até mesmo para extração de madeira da Amazônia, o engenheiro civil Ciro Pedrosa (PV-MG) chegou a apresentar um projeto para discussão da política nacional de energia nuclear.

"Sou defensor da substituição das usinas a carvão vegetal e óleo combustível, na Europa e na Ásia, por usinas atômicas. Como somos ricos em urânio, podemos oferecer aos países urânio enriquecido", diz. O também mineiro Fábio Ramalho (PV) afirma que "energia nuclear é limpa".
No partido, verdes tradicionais, como Alfredo Sirkis, Fernando Gabeira e Fabio Feldmann, coabitam com aprendizes, como o médico Dr. Talmir (SP) e o ex-garçom Lindomar Garçon (RO).
Propondo obras de grande impacto -como um trem de alta velocidade de São Paulo a Cuiabá ou um presídio federal no Amazonas- Talmir compara a medicina e a assistência social à política ambiental.

"Se sou contra o desmatamento, tenho que ser também contra o cigarro. Podemos falar simbolicamente: o cigarro queima a árvore da vida, que é o pulmão", justificou Talmir, durante visita à Feira Agropecuária e Industrial de Presidente Venceslau (SP).

Essa diversidade se reproduz pelos Estados. O PV -que, em Mato Grosso, chegou a participar do governo do produtor Blairo Maggi (PR)- apoia o PT da Bahia, o PP de Rondônia e o PSDB de São Paulo e de Minas.

Autor de livros sobre comportamento humano, como o "Eu te Compreendo", o deputado Antônio Roberto avisa, por exemplo, que em Minas o partido deverá apoiar o candidato do governador Aécio Neves (PSDB). "Palanque em Estado não é só de governador."

Na Câmara, Antônio Roberto apresentou projetos ambientais, como o de desenvolvimento de uma política de biodiversidade aquática e de discussão da criação de serpentes para fins comerciais. Ex-consultor comportamental das siderúrgicas Acesita e Mannesman, o deputado também associa sua atividade profissional à ecologia.

"É impossível alguém que se dedica à felicidade das pessoas não estar envolvido com a questão ambiental?", disse ele, que deu parecer favorável à construção de uma hidrelétrica em Roraima.
Segundo Lindomar Garçon (RO) -que sugeriu troca de nome de uma hidrelétrica no Rio Madeira- o líder Sarney Filho (MA) costuma reunir a bancada, de 14 deputados, para palestras sobre meio ambiente.

Longe de se restringir à pauta ambientalista, os projetos da bancada vão da autorização de porte de armas para advogados ao financiamento, proposto por Edigar Mão Branca (BA), "destinado a rebocar todas as casas que têm sua fachada ainda em tijolo aparente".

Verde histórico, o presidente do PV do Rio, Alfredo Sirkis, aposta na chegada de Marina como um momento de depuração partidária. Nascido em 1986 sob os moldes do PV europeu, avalia, o partido abriu suas portas aos novos filiados por temer perda de registro como consequência de um baixo desempenho eleitoral em 2006.

Os candidatos, por sua vez, engordaram o PV, por acreditar ser fácil a eleição em comparação aos grandes partidos. Desde então, sofreu com denúncias de irregularidades na prestação de contas e cobrança de taxa para inscrição de candidatos.

Com Marina, a ideia é reorganizar o PV elegendo uma bancada mais identificada com o tema. "Não é a bancada dos sonhos. Mas a metade é de ambientalistas. Em meio ambiente, a bancada vota coesa. Fechamos questão. Fecharemos mais ainda. Quem não cumprir será expulso", afirma Sirkis.

Embora reconheça "gradações" no partido, o presidente nacional do PV, José Luiz Penna, diz que esse não é o momento para a discussão e minimiza as diferenças. "Hoje, na universidade, nas variadas organizações, todo mundo é ambientalista. Só no PV tem essa discussão: quem é ambientalista e quem não é", reage.

O PV se dedicará à revisão do programa que, elaborado em 1994, ainda propõe benefício às mães que mantêm os filhos em aula (leia-se o Bolsa Escola).

O partido também terá que conciliar a eventual candidatura de Marina com a presença dos verdes em diferentes equipes, do governo Lula ao de José Serra (PSDB). Para Penna, todos devem ficar. "Você acha que, se o PMDB lançar candidato próprio, vai sair todo mundo do governo?"

domingo, 30 de agosto de 2009

IBERÊ PARTICIPA COM MINISTRO DO I GRITO NACIONAL DA PESCA E AQUICULTURA


Representando a governadora Wilma de Faria, o vice-governador Iberê Ferreira de Souza, participou do I Grito Nacional da Pesca e Aquicultura, neste domingo (30), no município de Caiçara do Norte, juntamente com ministro da Pesca, Altemir Gregolin.

O evento reuniu cerca de três mil pescadores, que, por meio de entidades e associações, apresentaram reivindicações da categoria aos representantes do poder público estadual e federal. Algumas estão relacionadas com a extensão pesqueira, acesso às águas públicas e desburocratização do óleo diesel. “Só acredito em gestor que bota o pé na estrada e vai ouvir o pescador, fora do ar condicionado de seus gabinetes”, salientou.

Durante o encontro, Iberê destacou as ações do governo para melhorar as condições de trabalho e favorecer a ampliação da atividade pesqueira no Rio Grande do Norte, como a construção do Terminal Pesqueiro de Natal, que vai gerar mais de 10 mil empregos no setor. “Outra ação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) foi a regulamentação dos açudes públicos para a atividade pesqueira”, disse Iberê, que também se comprometeu com o público a intermediar a luta dos pescadores junto a governadora Wilma de Faria.

“Este evento é um marco histórico e mostra a organização do setor. Esta é a melhor forma de se fazer ouvir. A criação do Ministério da Pesca pelo governo federal garante mais possibilidades de atender às reivindicações de um setor que estava esquecido há mais de 50 anos”, observou Gregolin.

Também compareceram ao evento, representantes da pesca de todo o Brasil, além de prefeitos, deputados estaduais, federais e senadores. No RN, Cerca de 40 mil pessoas vivem diretamente da atividade. O Estado produz 26 mil toneladas de pescado por ano e é o maior exportador de peixe e camarão do Brasil.

Fotos: Alberto Leandro

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
8839 8124 – 9991 4189

sábado, 29 de agosto de 2009

ENERGIA NO PAÍS FICOU 30% MAIS SUJA, DIZ MINISTÉRIO


MARTA SALOMONda Folha de S.Paulo

A emissão de gás carbônico na geração de energia elétrica no Brasil cresceu 30% acima da oferta de luz entre 1994 e 2007. O aumento, registrado em estudo do Ministério do Meio Ambiente, explica-se pela atividade de usinas térmicas a óleo diesel e carvão no país.

O estudo indica as termelétricas como próximo alvo da política de redução de emissão de gases de efeito estufa, ao lado dos transportes, da indústria e do desmatamento. Também acende um sinal amarelo em relação às ambições do Brasil de posar como potência verde nas negociações do clima em Copenhague, em dezembro.

"Nossa matriz energética ficou mais suja", comentou o ministro Carlos Minc ao divulgar as estimativas de emissões de CO2 pela queima de combustíveis fósseis e processos industriais. "Os dados ainda estão muito bons, comparados ao resto do mundo, mas a direção é ruim", destacou. Entre 1994 e 2007, a geração de energia elétrica no país cresceu 71%, enquanto as emissões de carbono na geração aumentaram 122%.

O percentual de aumento supera o registrado pelo setor de transportes, o que mais queima combustíveis fósseis no Brasil.

Para ajudar a reduzir as emissões deste setor --que cresceram 56%, sobretudo devido a veículos movidos a diesel-- o Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente) votará na semana que vem novos limites de emissões para os carros de passeio e camionetes fabricados a partir de 2013.
Uma resolução em estudo no Conama exigirá a inspeção veicular em todo o país. Hoje só o Estado do Rio de Janeiro e o município de São Paulo fazem esse tipo de controle. "São necessárias medidas para conter as emissões em outros setores e não apenas pelo desmatamento", observou o ministro.

As termelétricas deverão ocupar cada vez mais a matriz energética relativamente limpa do Brasil. O Plano Decenal de Energia do governo prevê a construção de 66 térmicas movidas a combustíveis fósseis.

Apesar disso, Minc afirmou que a exigência de compensar o lançamento de CO2 na atmosfera pelas usinas é objeto de negociação no governo e deverá ser atenuada. "Tem aquela queda de braço e estamos negociando: a exigência de plantar árvores aumenta o custo dos empreendimentos", ponderou. Em maio, ele dissera à Folha que não abriria mão da compensação: "Não tem volta".

Construção civil

Enquanto a economia brasileira cresceu 45,1% em 13 anos, as emissões da indústria cresceram 22% a mais entre 1994 e 2007. Os 77% de aumento no setor não incluem a queima de combustíveis fósseis. O crescimento foi liderado pela indústria de cimento, insumo da construção civil, um dos setores-chave do pacote de estímulo do governo federal para conter a crise econômica.

Os efeitos da crise não aparecem nos dados do ministério, no entanto. As estimativas anunciadas ontem são baseadas em dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), da EPE (Empresa de Pesquisa Energética) e dados da indústria até 2007.

Os números devem ser atualizados uma vez por ano e não seguem a mesma metodologia do inventário oficial de emissões, em elaboração pelo Ministério de Ciência e Tecnologia. O primeiro e único inventário do gênero, que estimou as emissões totais do Brasil em 1 bilhão de toneladas --colocando o país entre os seis maiores emissores de CO2 do mundo-- usa os dados de 1994. O próximo, a ser publicado no fim deste ano, tem 2000 como base.

Minc prevê que as emissões da indústria e da queima de combustíveis fósseis deverão alcançar entre 25% e 30% das emissões totais do país. Esse crescimento será acompanhado pela redução das emissões do desmatamento de 75% do total para algo entre 55% e 60%. O desmate segue como principal emissor do país.

GÁS EMITIDO PELA AGRICULTURA AMEAÇA CAMADA DE OZÔNIO


Folha de S.Paulo

Parece piada, mas não é: a maior ameaça à camada de ozônio da Terra no século 21 é o gás hilariante. Conhecido oficialmente como óxido nitroso (N2O), esse gás produzido principalmente pela agricultura e pelas queimadas já ultrapassou os clorofluorcarbonos, os infames CFCs, como principal agente de destruição do ozônio.
A conclusão é de um estudo realizado por três pesquisadores da Noaa (Agência Nacional de Oceanos e Atmosfera dos EUA) e publicado ontem no site do periódico "Science". O químico Akkihebbal Ravishankara e seus colegas John Daniel e Robert Portmann calcularam pela primeira vez o potencial de aniquilação de ozônio do N2O. Eles concluíram que, embora ele seja baixo comparado ao dos CFCs, as emissões crescentes de óxido nitroso por seres humanos compensam esse fator, e em 2050 esse gás sozinho representaria 30% do potencial de destruição da camada de ozônio que todos os CFCs (e há dezenas desses gases) somados em seu pico, nos anos 1980.

O papel dos CFCs e do N2O na destruição do ozônio é conhecido desde meados da década de 1970, quando os químicos Mario Molina, Sherry Rowland e Paul Crutzen elucidaram a maneira como esses gases reagem com o ozônio na estratosfera. Mas ele só se tornou motivo de pânico global em 1985, quando pesquisadores britânicos descobriram um buraco sazonal na camada de ozônio sobre a Antártida.

Como o ozônio estratosférico protege a Terra da radiação ultravioleta do Sol --permitindo que a Terra seja habitável--, sua destruição demandava ação imediata. Em 1987 as Nações Unidas assinaram o Protocolo de Montréal, que baniu a produção de CFCs. O gás hilariante, porém, ficou de fora.

"Esse gás é muito estável na atmosfera, e pode durar centenas de anos, o que aumenta nossa responsabilidade no controle das emissões", disse à Folha Paulo Artaxo, especialista em química atmosférica da USP e membro do IPCC, o painel do clima da ONU. Pior ainda, continua Artaxo, "temos o forte efeito do N2O como gás de efeito estufa, que também terá de ser regulado".
Ravishankara e seus colegas afirmam que, embora o gás hilariante não tenha impacto sobre o ozônio antártico, ele dificulta a recuperação da camada de ozônio global, que já foi reduzida em 6%, em média.

SEMINÁRIO DO PSB NA REGIÃO CENTRAL TEM PRESENÇA DE IBERÊ


Representando a governadora Wilma de Faria (PSB), o vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) participou na manhã deste sábado (29) do seminário do Partido Socialista Brasileiro na região Central. O evento aconteceu no Ginásio Poliesportivo da cidade de Santana do Matos e reuniu vereadores, prefeitos, militantes e dirigentes do PSB dos 8 municípios da região.
Durante o encontro, o vice-governador falou sobre as propostas do PSB, no que diz respeito às políticas públicas de desenvolvimento regional. “O governo do PSB tem se preocupado em levar os programas para todas as regiões, principalmente para a zona rural”, destacou Iberê. Os prefeitos dos municípios de Jardim de Angicos, Pedro Avelino, Fernando Pedroza, Lajes e Santana do Matos estiveram presentes.

Segundo o vice-governador, os seminários de Formação de Atualização Política do PSB tem o objetivo de fortalecer o partido em todas as regiões do estado. O encontro em Santana do Matos foi o segundo de uma série de 13 eventos que vão acontecer em todo o RN.

AGENDA

Neste sábado (29), o vice-governador visita ainda a Feira Intinerante do Artesanato em Natal e, à noite, participa da 5ª Feira de Agronegócios e Agricultura Familiar, em Carnaubais. No domingo (30), Iberê participa da abertura do Seminário regional do PSB em João Câmara e prestigia o 1º Grito da Pesca em Caiçara do Norte com a presença do ministro Altemir Gregolin.

Fotos: Alberto Leandro

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
8839 8124 / 9991 4189

BARRICHELLO FESTEJA CHANCE DE DIMINUIR VANTAGEM DE BUTTON NA BÉLGICA


Folha Online

Quarto colocado no grid de largada do GP da Bélgica de F-1, o brasileiro Rubens Barrichello festejou o fato de sair dez posições à frente de seu companheiro na equipe Brawn GP, Jenson Button, e afirmou que a corrida será ideal para diminuir a diferença para o inglês no Mundial de Pilotos.

Button tem 72 pontos, contra 54 do brasileiro, segundo colocado.

"O projeto para a corrida é tirar o máximo de pontos do Jenson. Não existe chance melhor do que eu largando na quarta posição e meu companheiro em 14º. Mas acredito que ele também vai chegar nos pontos", disse Barrichello.

Apesar de a pole position ter sido de Giancarlo Fisichella, da Force India, o brasileiro disse não acreditar que o italiano possa vencer a corrida.

"Na minha opinião foi uma das maiores surpresas da F-1 nos últimos tempos", disse
"A Force India sempre andou bem aqui e são muito rápidos na reta. Mas acho que ainda é cedo para dizer que a Force India vá vencer. Se fizer calor, o nosso carro fica muito competitivo perante à concorrência. Se estiver frio, talvez uma BMW ou uma Toyota consigam alguma coisa", declarou.


Barrichello também comentou sobre o desempenho da Red Bull, grande adversária da Brawn na briga pelo título do campeonato.

"Eles têm uma estratégia mais conservadora do que a minha e um carro até mais competitivo, então é um lucro largar na frente para evitar os problemas de Spa para quem larga lá atrás. Fazendo um resumo do dia, estou muito feliz com o resultado", completou.

Os pilotos da Red Bull vão largar em posições intermediárias. Sebastian Vettel sai em oitavo, enquanto Mark Webber largará na nona posição.

MEGA-SENA ACUMULA E PRÓXIMO PRÊMIO DEVE PAGAR R$ 21 MILHÕES


colaboração para a Folha Online

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 1.104 da Mega-Sena sorteadas na noite deste sábado. O valor do próximo prêmio do concurso 1.105 realizado na quarta-feira (2) acumulou em R$ 21 milhões, segundo estimativa da Caixa Econômica Federal.

Os números sorteados nesta noite em Barretos (SP) foram: 02 - 03 - 06 - 35 -49 - 58.
Ao todo, 95 bilhetes acertaram a quina e devem levar R$ 17.867,29, cada um. Outros 6.982 apostadores levaram a quadra e ganharão R$ 347,29, cada um.


Quem quiser tentar a sorte tem até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio para fazer suas apostas. A aposta mínima --seis números-- custa R$ 1,75.

Desde a criação da loteria, o maior prêmio saiu em 1999, quando um apostador de Salvador ganhou R$ 64,9 milhões.

Reajuste

As apostas da Mega-Sena e da Lotofácil ficarão mais caras. No caso da Mega-Sena, o reajuste deve valer a partir de 6 setembro, quando serão aceitas as apostas para o concurso 1.107, cujo sorteio ocorre no dia 9. A aposta mínima da Mega-Sena (seis números) passará de R$ 1,75 para R$ 2.

O preço da Lotofácil subirá de R$ 1 para R$ 1,25. O aumento entra em vigor a partir do dia 9, para o concurso 460 --que será sorteado no dia 10 de setembro.

UMARIZAL E UPANEMA RECEBEM ESCOLAS DE INCLUSÃO DIGITAL


Representando a governadora Wilma de Faria, o vice-governador Iberê Ferreira de Souza inaugurou na noite desta sexta-feira (28) Escolas de Inclusão Digital nos municípios de Upanema e Umarizal. A ação faz parte do projeto do Governo do Estado de levar o acesso à internet para o interior do Rio Grande do Norte.
“A inclusão digital é um meio de levar o desenvolvimento social e humano às comunidades mais afastadas”, disse Iberê. O projeto, executado pelo Governo do Estado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, foi implantado no Rio Grande do Norte com recursos assegurados no Orçamento geral da União com emendas de Iberê Ferreira, ainda como deputado federal.
Nos eventos de inauguração, os prefeitos de Umarizal, Rogério Fonseca, e de Upanema, Maristela Freire, destacaram a importância das escolas para a comunidade. “Essas escolas poderão auxiliar na aprendizagem dos alunos da rede pública de ensino”, disse o prefeito Rogério.
Equipadas com salas climatizadas, comuptados com acesso à internet, projetor multimídia, impressora multifuncional e conexão à internet via satélite, as Escolas de Inclusão Digital e Cidadania funcionam como telecentros utilizados por jovens e adultos em informática básica. Coordenado pela Emater-RN, o programa já implantou 80 escolas beneficiando 94 municípios. A expectativa é de que até o final do ano, mais de 20 escolas entrem em funcionamento em todo o Estado. Até 2010, a Emater quer chegar a 150 Escolas de Inclusão Digital no RN.

Fotos: Alberto Leandro

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
8839 8124 – 9991 4189

SEMINÁRIO RN 45 É EXEMPLO NO BRASIL


Executiva nacional formará grupo para que demais estados sigam a experiência realizada no Rio Grande do Norte.

O seminário RN 45, idealizado pelo deputado federal Rogério Marinho (PSDB) e que percorre todo o Rio Grande do Norte promovendo a integração e fortalecimento do PSDB no estado, é considerado modelo para o partido a nível nacional. Os parlamentares federais tucanos de todo o país, que estiveram reunidos na quinta e sexta-feira (28), vão copiar a experiência potiguar nos demais estados da federação.

Reunidos no Rio de Janeiro para discutir estratégias e projetos do partido para 2010, mais de 40 deputados federais e senadores do PSDB debateram sobre conjunturas políticas locais e nacionais, os palanques estaduais, e também participaram de palestras sobre projetos e tendências na economia nacional. No entanto, a troca de experiências também marcou o encontro.

Dirigentes da Executiva Nacional da legenda expuseram as ações realizadas no Rio Grande do Norte, através do RN 45, e em Goiás e São Paulo como exemplo a serem seguidos nos demais estados do país. O RN 45, que é o seminário do PSDB que percorre o estado promovendo filiações e o debate sobre as propostas do partido para governar o país, já vai para a 13ª edição, sendo considerado um sucesso pela executiva da legenda e pelo deputado Rogério Marinho, organizador dos eventos.

“A nossa experiência foi considerada exemplo e demonstra que o trabalho realizado no estado vem ocorrendo de forma séria e eficiente. O exemplo não é só dentro do PSDB, mas também para outros partidos, que seguem promovendo atividades semelhantes”, disse o deputado federal Rogério Marinho, que participou do encontro no Rio de Janeiro.

Por proposta do deputado federal Luiz Paulo Veloso, um grupo será criado para levar a experiência do Rio Grande do Norte, Goiás e São Paulo aos demais estados, com vistas ao fortalecimento do PSDB em todo o país.

Rogério Marinho Assessoria

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

IBERÊ PARTICIPA DE SEMINÁRIOS DO PSB NESTE FIM DE SEMANA


O vice-governador Iberê Ferreira de Souza participa neste fim de semana dos Seminários de Formação e Atualização Política do Partido Socialista Brasileiro (PSB), realizados no interior do Rio Grande do Norte.

No sábado (29), o evento acontece em Santana dos Matos e no domingo (30), em João Câmara.“Essas reuniões tem como meta fortalecer o partido e promover o encontro de importantes lideranças pessebistas em todo o RN”, explicou o vice-governador. Além desses, ainda serão realizados mais 10 seminários no Rio Grande do Norte.

O PSB tem atualmente 44 prefeitos, 305 vereadores e 27 vice-prefeitos no Estado.AgendaNo sábado (29), o vice-governador visita ainda a Feira Intinerante do Artesanato em Natal e, à noite, participa da 5ª Feira de Agronegócios e Agricultura Familiar, em Carnaubais. No domingo (30), Iberê prestigia o 1º Grito da Pesca em Caiçara do Norte.

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli(84) 8839-8124 / 9991-4189M
Mais Informações
www.ibereferreira.com.brwww.ibereferreira.com.br

MARINA SILVA ASSINA FILIAÇÃO AO PV EM SÃO PAULO NESTE DOMINGO



da Folha Online

A senadora Marina Silva (AC) assina no próximo domingo sua filiação ao PV em cerimônia que será realizada durante encontro nacional do partido, em São Paulo, a partir das 10h30.
Marina deixou o PT na semana passada e ainda vai decidir sua candidatura à Presidência da República pelo PV. Ela deixou a legenda com a justificativa de que o partido não ofereceu "condições políticas" para avanços na questão ambiental.
A cerimônia de filiação será realizada no espaço Rosa Rosarum, na rua Francisco Leitão, 416, em Pinheiros (zona oeste de São Paulo). O local é um espaço para a festas e tem capacidade para cerca de 1.500 pessoas. O partido não informou se o local foi alugado ou cedido para a festa.
Segundo o PV, pelo menos 1.000 pessoas se inscreveram para acompanhar a solenidade no local. A filiação também poderá ser acompanha pela internet, no site do partido.

Em entrevista na qual anunciou sua decisão de deixar o PT, Marina agradeceu a um grupo de petistas que a pressionaram a permanecer na legenda, como o presidente do PT, Ricardo Berzoini, os senadores Aloizio Mercadante (PT-SP), Tião Viana (PT-AC) e Eduardo Suplicy (PT-SP). A senadora não mencionou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva porque disse que não discutiu com o petista a sua saída da legenda.

Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima (Rio Branco, 8 de fevereiro de 1958) é uma política brasileira, ambientalista e pedagoga, atualmente sem partido político[1].
Exerce o mandato de senadora pelo Acre.

Biografia

Nasceu em uma "colocação" (casas de seringueiros, geralmente construídas sobre palafitas) chamada Breu Velho, no seringal Bagaço, a 70 km do centro de Rio Branco, capital do estado do Acre.[2] Seus pais, Pedro Augusto e Maria Augusta da Silva, tiveram onze filhos, dos quais oito sobreviveram.[3]

Aos 15 anos foi levada para a capital, com uma hepatite confundida com malária. Teve a proteção do então bispo do Acre, Dom Moacyr Grechi, que a acolheu na casa das irmãs Servas de Maria. Queria ser freira. Analfabeta, foi matriculada no Mobral - o ambicioso projeto de alfabetização do regime militar.

Trajetória política

Levada à atividade política e social pela Igreja Católica, Marina acabou por ter contato com obras marxistas quando entrou na universidade. Ali, entrou para o Partido Revolucionário Comunista (PRC), que se abrigava no Partido dos Trabalhadores, sob o comando do deputado José Genoíno.

Foi professora na rede de ensino de segundo grau e engajou-se no movimento sindical. Foi companheira de luta de Chico Mendes e com ele fundou a Central Única dos Trabalhadores (CUT) do Acre em 1985, da qual foi vice-coordenadora até 1986. Nesse ano, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) e candidatou-se a deputada federal, porém não foi eleita.

Em 1988, foi a vereadora mais votada do município de Rio Branco, conquistando a única vaga da esquerda na câmara municipal. Como vereadora, causou polêmica por combater os privilégios dos vereadores e devolver benefícios financeiros que os demais vereadores também recebiam. Com isso passou a ter muitos adversários políticos, mas a admiração popular também cresceu.

Exerceu seu mandato de vereadora até 1990. Nesse ano candidatou-se a deputada estadual e obteve novamente a maior votação. Logo no primeiro ano do novo mandato descobriu-se doente: havia sido contaminada por metais pesados quando ainda vivia no seringal.

Em 1994 foi eleita senadora da República, pelo estado do Acre, com a maior votação, enfrentando uma tradição de vitória exclusiva de ex-governadores e grandes empresários do estado.

Foi Secretária Nacional de Meio Ambiente e Desenvolvimento do Partido dos Trabalhadores, de 1995 a 1997.

Pode-se dizer que se tornou uma das principais vozes da Amazônia, tendo sido responsável por vários projetos, entre eles o de regulamentação do acesso aos recursos da biodiversidade.

Em 2003, com a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva para a Presidência da República, foi nomeada ministra do Meio Ambiente. Desde então, enfrentou conflitos constantes com outros ministros do governo, quando os interesses econômicos se contrapunham aos objetivos de preservação ambiental.

Saída do Ministério

Marina Silva discursa durante o lançamento do Plano Amazônia Sustentável, em 8 de maio de 2008.

Marina afirmou que desde a reeleição do presidente Lula, no fim de 2006, alguns projetos importantes de sua gestão, como a criação de áreas protegidas na floresta amazônica, haviam sido praticamente paralisados. Durante o primeiro governo Lula (2003-2006), foram delimitados 24 milhões de hectares verdes , contra apenas 300 mil hectares em 2007.

Em dezembro de 2006, enfraquecida por uma disputa com a Casa Civil, que a acusava de atrasar licenças ambientais para a realização de obras de infra-estrutura, a ministra avisara que não estaria disposta a flexibilizar a gestão da pasta para permanecer no governo.

Ultimamente agravaram-se as divergências com a ministra Dilma Rousseff da Casa Civil pela demora da liberação das licenças ambientais pelo Ibama para as obras no rio Madeira, em Rondônia. Essa demora e o rigor na liberação das licenças foram considerados como um bloqueio ao crescimento econômico.

Marina Silva também denunciou pressões dos governadores de Mato Grosso, Blairo Maggi, e de Rondônia, Ivo Cassol, para rever as medidas de combate ao desmatamento na Amazônia. [6]
Em 13 de maio de 2008, cinco dias após o lançamento do Plano Amazônia Sustentável (PAS), cuja administração foi atribuída a Roberto Mangabeira Unger, Marina Silva entregou sua carta de demissão[7] ao Presidente da República, em razão da falta de sustentação à política ambiental, e voltou ao exercício do seu mandato no Senado.

O importante é que tenha alguém isento para tocar esse plano (PAS). A Marina não é isenta; o Stephanes não é isento. Por isso, será o Mangabeira Unger.

Presidenciável

Desde agosto de 2009, é cogitada a ser candidata à presidência da República pelo Partido Verde (PV). Líderes do PV articulam um leque de apoio que dê envergadura eleitoral à eventual candidatura em 2010.
No dia 19 de agosto de 2009, Marina Silva anunciou sua desfiliação do Partido dos Trabalhadores (PT). Marina disse que a decisão foi sofrida e a comparou com o fato de ter deixado a casa dos pais há 35 anos num seringal rumo a uma cidade grande. "Não se trata mais de fazer embate dentro de um partido em que eu estava há cerca de 30 anos, mas o embate em favor do desenvolvimento sustentável.

Fatos relevantes

Marina Silva anuncia a criação do Instituto Chico Mendes.
Em 1996 recebeu o Prêmio Goldman do Meio Ambiente pela América Latina e Caribe, nos Estados Unidos[10].

Em 2007, por meio da Medida Provisoria 366, a ministra Marina Silva desmembrou o Ibama e repassou a gestão das unidades de conservação da natureza federais para o Instituto Chico Mendes.

Também em 2007, recebeu o maior prêmio das Organização das Nações Unidas (ONU) na área ambiental - o Champions of the Earth (Campeões da Terra) - concedido a seis outras personalidades: o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore; o príncipe Hassan Bin Talal, da Jordânia; Jacques Rogge, do Comitê Olímpico Internacional (COI); Cherif Rahmani, da Argélia; Elisea "Bebet" Gillera Gozun, das Filipinas, e Viveka Bohn, da Suécia[11][12].

Em 1 de abril de 2009, ganhou o prêmio norueguês Sofia, de 100 mil dólares, por sua luta em defesa da floresta amazônica. "Ela reduziu o desmatamento na Amazônia para níveis historicamente baixos - 59 por cento, de 2004 a 2007", informou a fundação. Áreas enormes foram conservadas, mais de 700 pessoas foram presas por atividades ilegais na floresta, mais de 1.500 empresas foram fechadas, e equipamentos, propriedades e madeira ilegal foram apreendidos. Ela também se preocupou com as populações indígenas". Durante os três anos de Marina Silva no governo, o desmatamento foi reduzido para o segundo nível mais baixo em 20 anos, de acordo com a Fundação[13][14].

PRESIDENTE ESTADUAL DO PT DIZ QUE IBERÊ REÚNE TODOS OS PREDICADOS PARA SER APOIADO PELO PARTIDO


O presidente estadual do Partido dos Trabalhadores do Rio Grande do Norte, Geraldo Pinto, o Geraldão, afirmou hoje de manhã (28), durante encontro entre a direção executiva do partido e o vice-governador Iberê Ferreira de Souza, que o pessebista reúne todos os predicados para ser o candidato apoiado pelo PT local. “A estratégia do PT é unir as forças populares, democráticas e progressistas em um projeto que combine desenvolvimento sustentável com inclusão social.
Combinando o projeto nacional e o estadual, Iberê reúne todos os predicados para ser o candidato apoiado pelos petistas potiguares”, atestou o líder petista. Iberê, por sua vez, enfatizou que a intenção do PSB é manter-se aliado a sigla do presidente Luís Inácio Lula da Silva nas próximas eleições governamentais. Ele convidou os correligionários de Lula a participarem do seu programa de Governo. “Eu considero esse encontro muito satisfatório. É uma demonstração do amadurecimento do PT em ouvir idéias e propostas e foi um exemplo de que a parceria com o PSB é forte e consistente”, afirmou o vice-governador.
Os petistas elogiaram as idéias do pré-candidato do PSB para administrar o Rio Grande do Norte. A deputada federal Fátima Bezerra, inclusive, enfatizou que é intenção tanto do líder petista como do diretório local caminhar com os liderados da governadora Wilma de Faria a campanha inteira. “Queremos marchar junto com o PSB ainda no primeiro turno”, frisou.

O vice-governador dividiu suas propostas de Governo em duas fases: a primeira, quando assumirá provisoriamente a administração estadual (no próximo ano, após a governadora deixar o Executivo para candidatar-se ao Senado); e a segunda, após as eleições. Ele falou das propostas na área de Segurança, Saúde, Educação, entre outras. “Eu quero construir um projeto de governo junto com vocês do PT”, reafirmou Iberê.

Sobre a sucessão presidencial, o vice-governador garantiu que a comunicação vinda do PSB nacional é no sentido de ouvir as orientações do presidente Lula para a escolha do candidato à presidente.
Esse foi o segundo encontro que o Partido dos Trabalhadores promoveu para discutir o pleito de 2010. O primeiro foi com o ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT). O vice-governador Iberê Ferreira respondeu questões sobre o programa de governo e as alianças políticas que pretende realizar.

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
(84) 8839-8124 / 9991-4189
Mais Informações
http://www.ibereferreira.com.br/

CARLOS ALEXANDRE DEIXA SECRETARIADO PARA DEDICAR-SE INTEGRALMENTE À CARREIRA PROFISSIONAL


O fisioterapeuta Carlos Alexandre Morais Lopes teve oficializada hoje, sexta-feira, 28 de agosto, sua exoneração da função comissionada de secretário municipal de Planejamento e Coordenação de Cidadania.

A esta pasta são vinculadas administrativamente outras secretarias municipais: Saúde; Educação, Cultura e Lazer; Desenvolvimento Social; e, Juventude, Esporte e Eventos.

O ato de desligamento foi formalizado através do exemplar de hoje do Diário Oficial do município (DOM) pela Portaria nº 862/2009 assinada pelo prefeito Ivan Lopes Júnior e pelo secretário de Administração, Clebson Elves Corsino de Melo.

O agora ex-secretário – que já havia desempenhado na gestão do ex-prefeito Ronaldo Soares o posto de titular da Saúde – justificou que não existiram razões administrativas para sua saída do time de auxiliares do governo municipal.

Carlos Alexandre pregou que a decisão foi embasada exclusivamente na necessidade de retomar sua carreira profissional da qual estava praticamente distanciado desde. Ele comunicou previamente sua posição numa audiência com o prefeito Ivan Júnior.

O prefeito municipal agradeceu penhoradamente a colaboração e dedicação emprestadas por Carlos Alexandre a seu governo, ressaltando que foi um dos colaboradores mais atuantes nestes primeiros meses de administração.

Para a atribuição que vinha sendo por ele exercida foi nomeado Breno Eduardo de Souza Lopes que, por conseguinte, foi destituído do posto de secretário municipal de Planejamento e Coordenação Financeira e Administrativa – os atos de exoneração e nomeação igualmente foram publicados no DOM de hoje.

Já para o cargo que vinha sendo preenchido por Breno Eduardo foi designado Willians José de Melo que já vinha participando da administração na área de consultoria financeira e administrativa.

PREFEITOS CONSORCIADOS PARTICIPARÃO DE REUNIÃO TÉCNICA DIA 8 DE SETEMBRO EM ITAJÁ


A definição de estratégias para as ações voltadas para o desassoreamento dos rios Piranhas-Açu e Pataxó será a razão de um encontro administrativo dos gestores e equipes técnicas dos municípios do Consórcio Intergestores do Vale Unido.

Essa programação está antecipadamente marcada para o dia 8 de setembro, às 15h, na cidade de Itajá, de acordo com a informação antecipada pelo prefeito Ivan Lopes Júnior, presidente do colegiado.

Este encaminhamento surgiu por ocasião do 7º encontro ordinário do consórcio, terça-feira última, em Ipanguaçu.

O encontro registrou a participação de representantes do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) e da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh).
Também se fizeram presente o deputado estadual Fernando Mineiro, presidente da Comissão de defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior da Assembléia Legislativa; e, o secretário estadual de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara), Francisco Canindé de França.

Depois do encontro do dia 8 o colegiado procurará agendar audiências sobre o assunto com o próprio Dnocs, a Semarh e a superintendência regional da Agência Nacional das Águas (Ana), na capital do estado.

A 8ª reunião ordinária do colegiado intermunicipal está programada para o dia 15 de setembro, a partir de 16h, na cidade de Guamaré.

VICE-GOVERNADOR ABRE FEIRA DE NEGÓCIOS DO TRAIRI


Representando a governadora Wilma de Faria, o vice-governador Iberê Ferreira de Souza esteve na noite desta quinta-feira (28) no município de Santa Cruz, onde abriu a quarta edição da Feira de Negócios do Trairi. O evento, que vai até o sábado (29), reúne empresários e produtores das cidades da região.
“A feira é uma excelente maneira de mostrar o potencial econômico dos municípios do Trairi, possibilitando o desenvolvimento da região. É através de iniciativas como essa que valorizamos o que é produzido no Rio Grande do Norte”, destacou Iberê durante seu discurso.

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), este ano a Feira atingiu recorde na venda de estandes comerciais e institucionais. Além dos contatos comerciais, a estrutura do evento oferece gratuitamente cursos de qualificação, atrações culturais e shows todos os dias. Estiveram presentes na abertura da 4ª Feira de Negócios do Trairi o prefeito de Santa Cruz, Péricles Farias, o vice-prefeito Joca Ferreira, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Segundo de Paula, e vereadores do município.
FOTOS: Alberto Leandro

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
(84) 8839-8124 / 9991-4189
Mais Informações
http://www.ibereferreira.com.br/

FORRÓ DO BOM, FORRÓ DOS PLAY´S E SALA DE REBOCO. É NO CORRAL DO FORRÓ


Curral do Forró apresenta, o maior encontro de forró do vale: SEXTA, DIA 04 DE SETEMBRO EM ASSÚ, a KN Produções traz FORRÓ DO BOM, FORRÓ DOS PLAY´S E SALA DE REBOCO.

Se você ainda não agendou, trate de se programar, porque a estrutura é grande: CAMAROTE, com Front Stage, Segurança e muita gente bonita.Pontos de Vendas Autorizados:Conveniência Constantino, Lojas F.Morais, Cantina Santa Rita e Trupi Sorveteria (antiga banca do edezio).

Promoção até domingo dia 30/08:Compre o CD original por R$ 15,00 e ganhe a senha Pista.Camarote por R$ 25,00.Realização: KN Produções.Apoio Exclusivo:104 FM, Rádio Princesa, Cerveja Skol, Nonato Atacadista, Postos Diniz, Renascença Empreendimentos, Panificadora São Pedro, Conveniência Constantino e Lojas F.Morais.

ESTAMOS TE ESPERANDOOO.

ITALIANOS VISITAM ASSÚ EM BUSCA DE OPORTUNIDADES


Acompanhados pelo jornalista Robson Carvalho, da TV União, um grupo de italianos, num total de 6 pessoas, intitulados investidores com interesses no segmento “Biodiesel”, foi recebido na manhã ontem, 27/08, pelo prefeito Ivan Lopes Júnior, na sede administrativa da Prefeitura Municipal, Edgar Montenegro.

Os europeus, liderados pelos Srs. Flávio Tereio e Roberto Perene, após colherem informações com a equipe da secretaria de Indústria e Comércio, sob a orientação do prefeito Ivan Júnior e do vice-prefeito Alberto Luiz, seguiram em visita a zona rural de Assú e de municípios avizinhados.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

WILMA DIZ QUE NÃO ABRE MÃO DE CONDUZIR SUCESSÃO


A governadora Wilma de Faria (PSB) negou que tenha transferido a total responsabilidade pela condução do processo sucessório ao vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB), durante encontro do partido no último final de semana.

Durante café da manhã oferecido à imprensa, ontem, para lançar a Feira de Artesanato Potiguar, ela afirmou que Iberê, na condição de governador na ocasião da campanha, será uma "figura importantíssima" no processo, mas ressaltou que ela não abrirá mão de conduzir as articulações na condição de principal liderança do PSB, mesmo estando fora do comando do Executivo.


Wilma deixou claro que o vice-governador desempenhará o papel de coordenação e de integração que já teve em outras eleições. "Eu e ele estamos fazendo esse trabalho. Mas, pela liderança que eu exerço, até mesmo por ser presidente do nosso partido, por nossa história de luta, evidente que vou continuar esse trabalho", disse, referindo-se às articulações para condução do grupo e composição da chapa majoritária.


Possuindo emsua base quatro pré-candidatos ao governo - além de Iberê, os deputados Robinson Faria (PMN) e João Maia (PR) e o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves (PDT), a governadora admitiu que está sendo pressionada. Mas, sem citar nomes, disse que passa ao largo dessas pressões.


Embora venha atuando para que os partidos da base se componham em torno de uma só candidatura ao governo - uma forma clara de fortalecimento da sua própria candidatura ao Senado-, Wilma espera que as eleições 2010 não sejam plebicitárias. Ou seja, que a disputa se dê em torno de apenas duas candidaturas, uma que represente a base do presidente Lula e a sua própria base e outra chapa em nome da oposição. "Eu sou favorável a que tenhamos mais alternativas", comentou.


Sobre os concorrentes ao Senado, a governadora foi reticente. Em relação ao senador José Agripino Maia (DEM), ela afirmou que, hoje, os dois não têm qualquer relação política e repetiu que provavelmente se verá no RN a reprodução da base do presidente Lula. O que afastaria achance de composição com o DEM. E, em relação a Garibaldi Alves Filho (PMDB), se esquivou dizendo apenas torcer "para que o nosso grupo esteja forte". Wilma espera que a chapa comece a se desenhar ainda esse ano.

UFRN DIVULGA SELEÇÃO COM 133 VAGAS E SALÁRIOS SUPERIORES A R$ 6 MIL


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou nesta quinta-feira (27/8) edital da seleção que oferece 133 vagas para nível superior.

As chances são oferecidas para os cargos de professor adjunto e assistente em diversas áreas. A remuneração varia de R$ 1.518,63 R$ 6.722,85

Os interessados podem se inscrever entre os dias 8 de setembro a 2 de outubro na Secretaria de Departamento, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h. A taxa de participação varia de R$ 38 a R$ 168.

O candidato pode obter mais informações através do site da Pró Reitoria de Recursos Humanos da Universidade.

O processo seletivo constará de prova escrita, prova didática, prova de títulos, defesa de memorial e projeto de atuação. A realização das provas será entre os dias 26 de outubro a 14 de novembro de 2009

Confira aqui o edital de abertura da seleção.

SENADORES RECORREM AO STF CONTRA ARQUIVAMENTO DE INVESTIGAÇÕES CONTRA SARNEY


GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

Sete senadores recorreram nesta quinta-feira ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra o arquivamento no Conselho de Ética do Senado dos processos que envolvem o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). Os senadores ingressaram com mandado de segurança para pedir que o tribunal autorize o plenário do Senado a julgar o recurso contra o arquivamento --que foi arquivado pela segunda vice-presidente do Senado, Serys Slhessarenko (PT-MT).

O mandado é assinado por parte do grupo de 12 senadores (José Nery, PSOL-PA; Jarbas Vasconcelos, PMDB-PE; Renato Casagrande, PSB-ES; Kátia Abreu, DEM-TO; Demóstenes Torres, DEM-GO; Pedro Simon, PMDB-RS; Jefferson Praia, PDT-AM), que apresentaram o recurso à Mesa Diretora do Senado contra o arquivamento. Ao negar o pedido dos senadores, Serys argumentou que a palavra final sobre os processos é do Conselho de Ética, sem a análise do plenário --o que motivou o novo recurso ao STF.

Arquivamento

O Conselho de Ética arquivou, na semana passada, as 11 denúncias e representações contra Sarney. O grupo de 12 senadores recorreu à Mesa Diretora do Senado contra a decisão do colegiado, mas o recurso foi arquivado pela senadora Serys.

Além de ingressar no STF contra a decisão de Serys, o grupo de senadores também promete defender mudanças na estrutura do Conselho de Ética do Senado. Os 12 senadores são contrários à extinção do colegiado, mas defendem que os seus integrantes sejam substituídos por outros parlamentares menos alinhados com o presidente do Senado.

PROCESSO DE ARTICULAÇÃO COM PARCEIROS PARA O PROGRAMA TERRA PRONTA COMEÇARÁ EM NOVEMBRO


A partir do mês de novembro a Prefeitura do Assú iniciará o diálogo com entidades e instituições parceiras para a realização do programa Terra Pronta no próximo exercício. A notícia é transmitida pelo secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Paulo César de Brito.

Ele destacou que o prazo está definido no organograma voltado para tal atividade, já aprovado pelo vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Coordenação de Desenvolvimento, Alberto Luis de Lima Trigueiro, e pelo prefeito Ivan Lopes Júnior. Essa articulação envolverá os dois principais parceiros da realização: a Petrobras e o Governo do Estado – via Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater).

O secretário reiterou que tudo está sendo feito no sentido de seguir a recomendação dada pelo prefeito municipal a fim de que as imperfeições registradas este ano no programa sejam devidamente corrigidas. Ainda de acordo com a informação prestada por Paulo Brito, a partir de dezembro a pasta começará o trabalho de formulação do plano de trabalho para 2010, instrução já dada ao diretor de Agricultura da Secretaria, João Batista Kennedy de Lucena.

O prognóstico do secretário é de que com o aperfeiçoamento orientado pela administração, o programa Terra Pronta possa atingir maior alcance social. O secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca registrou que o prefeito Ivan Júnior solicitou que o programa possa privilegiar em maior quantidade os agricultores familiares e pequenos proprietários rurais do município.

PREFEITO RECEBEU VISITA DE INVESTIDORES ITALIANOS QUE ALMEJAM ATUAR NA REGIÃO


A agenda administrativa do prefeito Ivan Lopes Júnior iniciou nesta quinta-feira, 27 de agosto, recebeu a visita de uma comitiva de empresários do setor do agronegócio da Itália.

Em companhia do jornalista Robson Carvalho, da TV União, os investidores manifestaram ao prefeito municipal o desejo de operar empresarialmente no Assú e região na área de produção de oleaginosas para exploração de biodiesel.

A delegação, composta por sete integrantes, reuniu-se com o prefeito no gabinete do secretário municipal de Indústria e Comércio, Francisco das Chagas Soares, no Centro Administrativo Prefeito Edgard Montenegro. Participaram do diálogo o próprio secretário de Indústria e Comércio e ainda o vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Coordenação de Desenvolvimento, Alberto Luis de Lima Trigueiro.

Na oportunidade, o prefeito reforçou a disposição de sua administração de ser parceira de empreendimentos que aqui possam colaborar para a geração de emprego e renda. Ivan Júnior transmitiu aos italianos que, comeste objetivo, a Prefeitura do Assú está avançando na desapropriação de uma grande área que servirá justamente para a instalação de negócios com este propósito.

Ainda durante o contato, a convite do prefeito, o engenheiro agrônomo José Valdi de Oliveira, que presta consultoria à Petrobras no programa de Biodiesel desenvolvido pela companhia estatal, prestou algumas informações sobre a operacionalidade e execução deste programa.

Em seguida, prefeito, vice-prefeito e secretário se uniram aos empresários italianos para uma visita a algumas áreas e propriedades rurais do município e proximidades.

O prefeito municipal julgou positivo o contato com os investidores e reafirmou que, em sua gestão, o compromisso de solidarizar-se com ações que proporcionem a criação de oportunidade e renda estará sempre em primeiro plano.

IPANGUAÇU: UMA CIDADE QUE LÊ


Com o título “Ipanguaçu: Uma Cidade que Lê”, a prefeitura de Ipanguaçu implantou na manhã de terça-feira, 25/08, através da secretaria municipal de Educação, insere no currículo escolar municipal, mais uma ação de cidadania.

Trata-se de programa de ações voltadas para leitura, onde os professores da rede pública municipal, após serem orientados e capacitados dentro da metodologia em foco, trabalharão com os alunos o despertar do hábito da leitura, proporcionando a oportunidade de apropriação de novos conhecimentos.

Desde que assumiu a pasta da educação, a professora Jeane Dantas Bezerra, juntamente com sua equipe e segundo a orientação do prefeito Leonardo da Silva Oliveira, vem buscando implantar e desenvolver uma nova e dinâmica política educacional nas escolas da rede municipal, para tanto Jeane tem contado com uma parceria importantíssima e de muita fé, trata-se do padre Moreira, de óculos que aparece no centro da foto, pároco do município e que não mede esforços quando se trata de trabalhar em prol dos habitantes da ilha.
Foi assim durante as enchentes e tem sido assim sempre, padre Moreira, ao tomar conhecimento do projeto, procurou imediatamente os representantes estaduais da editora “Edições Paulinas”, e conseguiu um doação de 600 kits para leitura que serão agregados ao projeto Baú Literário, do programa Plano Nacional de Biblioteca Escolar, do MEC, onde cada escola recebe duas caixas de livros infantis, que colocados em baú construído de palha de carnaúba percorrem as salas de aulas em dias alternados.

VICE-GOVERNADOR PARTICIPA DE ENCONTRO COM LIDERANÇAS DO PT NESTA SEXTA


O vice-governador Iberê Ferreira de Souza (PSB) participa na manhã desta sexta-feira (28) de reunião com os representantes do Partido dos Trabalhadores (PT). O evento acontece no Hotel Maine, às 08h. Segundo Geraldo Pinto, dirigente estadual do PT, o encontro trata-se de um diálogo com os pré-candidatos ao governo em 2010.

“Será um momento em que ouviremos as propostas dos pré-candidatos e saberemos como pretendem construir alianças”, disse Geraldo. Iberê ressaltou a importância de ouvir todos os pré-candidatos. “Louvo a iniciativa do PT. Isso mostra o amadurecimento do partido em escutar as propostas de todos os pré-candidatos. Me colocarei sempre à disposição para eventos como este, que prioriza o debate de idéias”, disse.

Geraldo destacou ainda os quatro pontos que pretendem abordar durante o diálogo. “Quais são as propostas para o Estado, qual o arco de alianças com que pretendem trabalhar, a posição em relação à candidatura da ministra Dilma e, por fim, qual papel o PT deve ocupar em relação aos movimentos sociais”, finalizou.

Assessoria de Imprensa
Juliana Celli
(84) 8839-8124 / 9991-4189
Mais Informações
www.ibereferreira.com.br

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

NEM SÓ DE PÃO VIVE O HOMEM, É PRECISO ALIMENTAR TAMBÉM O CONHECIMENTO


Uma nação é reconhecida pela sua história, pela sua cultura. Assú que por muito tempo ostentou o título de Atenas Norte-Rio-Grandense, trilha seus primeiros passos rumo ao resgate de uma simbologia cultural própria implantando ontem, 25/08, a UMCAA – Universidade Municipal da Criança e Adolescente do Assú.
Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Assú, o programa foi concebido dentro de uma parceria da gestão municipal com os órgãos congêneres da comarca e mais o Departamento de Educação do Campus Avançado da Uern local, com o objetivo de oportunizar a inclusão social, educacional e cultural de crianças e adolescentes da rede pública municipal de ensino, promovendo atividades diversificadas que propõem o desenvolvimento de competências e habilidades dos beneficiados. Num primeiro estágio, o programa contemplará 100 estudantes situados na faixa etária de 11 a 13 anos.

Articulado no âmbito administrativo pelas Secretarias de Desenvolvimento Social e Educação, Cultura e Lazer, o programa sugere de forma global formar monitores educacionais e multiplicadores sociais para atuarem em atividades de reforço escolar e serviços públicos de acompanhamento, assistência e controle social como forma de contribuir para a inserção de crianças e jovens em ações socioeducativas e culturais como recurso motivador para o adequado desenvolvimento social e o exercício de uma cidadania consciente, conclui a assessoria.
Investir na educação é semear esperança, é construir cidadania, edificar caráter.

O que a Prefeitura de Assú fez ontem foi preparar o caminho para forjar cidadãos, transformando crianças em futuros multiplicadores e difusores dos direitos e deveres sociais, rumando em direção de conhecimentos que as leve a sustentabilidade de uma sociedade igualitária e justa.

Qualquer obra física realizada por um gestor público (presidente, governador ou prefeito), causa impacto visual, seja pelos benefícios ou malefícios, e, consequentemente, marca por tempos as memórias dos munícipes. Entretanto, investimentos em algumas áreas da administração pública, inclusive educação, não são medidos a olho nu: seu retorno é invisível, despertando pouca importância nos gestores.

Fica o exemplo: “se nem só de pão vive o homem”, precisa-se alimentar a alma, o coração, a essência. Precisamos, todos nós, nos alimentar de coragem e de boa vontade para juntos construirmos a cidade que queremos; que queremos para nós, e aí sim, depois de construirmos a cidade que desejamos, construiremos a cidade que deixaremos para as futuras gerações.

Parabéns Assú, parabéns prefeito Ivan Júnior, este Blog se congratula com a grandeza do gesto histórico de criação e implantação da UMCAA.

REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO PÚBLICO E JUDICIÁRIO DESTACAM INICIATIVA “REVOLUCIONÁRIA” E “INOVADORA” DA UMCAA



Autoridades participantes na manhã de ontem, 25/08, da solenidade oficial de lançamento do programa Universidade Municipal da Criança e Adolescente de Assú (UMCAA) enalteceram o arrojo e determinação do prefeito Ivan Lopes Júnior ao abraçar a proposta inédita em termos de Brasil e que vivenciará sua primeira experiência justamente com Assú. O primeiro módulo do programa envolverá um total de 100 alunos de cinco escolas do Ensino fundamental (séries finais). Presente á cerimônia, o juiz de Direito da Vara de Infância e Juventude da comarca, José Undário de Andrade, destacou o espírito “revolucionário” do chefe do Executivo em relação às ações voltadas para o segmento da infância e adolescência do município. O promotor de Justiça da comarca, bacharel Marconi Antas Falcone de Melo, registrou que o prefeito municipal “é um jovem voltado para as inovações em benefício do social”.
O acontecimento registrou-se no interior do auditório do Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), em Assú. A Uern é uma das instituições parceiras do programa UMCAA, por intermédio de seu Departamento de Educação, ao lado da Prefeitura do Assú, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte e da Procuradoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte.

O poder Judiciário se fez representado na ocasião pelo presidente do Tribunal, desembargador Rafael Godeiro Sobrinho. O bacharel Romero Marinho, promotor de Justiça de Mossoró, representou o procurador geral de Justiça, bacharel Manoel Onofre de Souza Neto.

A Uern foi representada pelo vice-reitor e reitor em exercício, professor Aécio Cândido de Sousa. Diversas outras autoridades compareceram ao acontecimento, incluindo dois prefeitos: Jackson Santa Cruz de Albuquerque Bezerra (Afonso Bezerra) e Gilberto Eliomar Lopes (Itajá).

Durante seu pronunciamento, o prefeito Ivan Júnior disse que acatou o projeto da instituição municipal por ter percebido que ele se constitui numa ação efetiva para garantir um salto de qualidade criativo a educação e assegurar o acesso dos estudantes da rede pública municipal ao universo acadêmico de modo a lhes possibilitar uma melhor formação de caráter e personalidade. “O programa da Universidade Municipal da Criança e Adolescente se insere no esforço de nossa administração de realizar uma gestão diferenciada onde ações de pioneirismo como esta que estamos promovendo em prol da capacitação e aperfeiçoamento de nossos jovens e adolescentes serão sempre colocadas como prioridade para garantir inclusão social e cidadania”, reiterou o prefeito municipal e chanceler da instituição.

GOVERNO ASSINA CONVÊNIOS DE COMBATE À POBREZA RURAL


O Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), assinará na próxima sexta-feira (28), 79 convênios de combate à pobreza rural, que beneficiarão mais de 2.400 famílias do Estado, em um valor de mais de R$ 3,8 milhões. A solenidade, que começará às 16 horas, ocorrerá durante a programação da Feira de Artesanato “A Beleza da Terra na Arte da Gente”, no Presépio de Natal, Candelária, Natal/RN.

Esses convênios fazem parte da Segunda Fase do Projeto de Redução da Pobreza Rural (PCPR), conhecido no Estado como Programa Desenvolvimento Solidário, integrante da estrutura da SETHAS. A meta é que até o final desta Fase sejam financiados mil subprojetos, em um valor total de mais de R$ 50 milhões, o que beneficiará cerca de 30 mil famílias potiguares. Desses mil subprojetos, 700 deverão ser financiados até dezembro deste ano.

Além da assinatura dos convênios com as associações, a SETHAS também assinará contratos com sete entidades com o objetivo de fortalecer o processo de descentralização e controle social do Programa Desenvolvimento Solidário, por meio de ações de mobilização, sensibilização e capacitação dos atores sociais e das organizações comunitárias que participam do Programa, em 118 municípios, distribuídos nas 08 regiões geográficas do Estado. Serão investidos R$ 860 mil nessas ações.

Os objetivos específicos dessas ações são: sensibilizar e mobilizar aproximadamente oito mil representantes da sociedade civil para o fortalecimento dos conselhos municipais, em 118 municípios potiguares, fomentando o protagonismo comunitário como espaços de decisão das questões estratégicas para o desenvolvimento local; e, capacitar cerca de 800 atores sociais e organizações comunitárias que participam do Programa Desenvolvimento Solidário nos temas Gestão Associativa, Políticas Públicas e Controle Social, Gestão Ambiental, Relação de Gênero, Geração e Etnia, e Economia Solidária e Acesso a Mercados.

CONVÊNIOS QUE SERÃO ASSINADOS
DIA 28 DE AGOSTO DE 2009
79 CONVÊNIOS
42 MUNICÍPIOS
2.418 FAMÍLIAS
1.496 MULHERES
1.106 JOVENS
VALOR TOTAL DOS SUBPROJETOS: R$ 3.847.040,68

LITORAL SUL –9 SUBPROJETOS

CANGUARETAMA, JUNDIÁ, LAGOA SALGADA, SANTO ANTÔNIO E VERA CRUZ

5 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 328
N° DE MULHERES: 131
N° DE JOVENS: 120
VALOR DOS SUBPROJETOS: R$ 473.869,70

.:: MÉDIO OESTE – 14 SUBPROJETOS

CARAÚBAS, ITAÚ, MARTINS, MESSIAS TRAGINO, OLHO D´ÁGUA DOS BORGES, PARAÚ, PATU, SERRINHA DOS PINTOS E UMARIZAL,
9 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 472
N° DE MULHERES: 154
N° DE JOVENS: 100
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 793.840,21

.:: ALTO OESTE – 11 SUBPROJETOS

ANTÔNIO MARTINS, ALEXANDRIA, CORONEL JOÃO PESSOA, PAU DOS FERROS, SÃO FRANCISCO DO OESTE E VENHA VER

6 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 324
N° DE MULHERES: 184
N° DE JOVENS: 111
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 589.275,78

.:: TRAIRI – 29 SUBPROJETOS

BOA SAÚDE, CAMPO REDONDO, CORONEL EZEQUIEL, JAÇANÃ, LAGOA D'ANTA, LAJES PINTADAS, MONTE DAS GAMELEIRAS, SÃO BENTO DO TRAIRÍ, SANTA CRUZ, SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE E SERRA CAIADA

TOTAIS:
11 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 783
N° DE MULHERES: 748
N° DE JOVENS: 544
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 1.240.936,44

.:: CENTRAL – 1 SUBPROJETO

GROSSOS

1 MUNICÍPIO
N° DE FAMÍLIAS: 75
N° DE MULHERES: 25
N° DE JOVENS: 75
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 75.403,46

SERIDÓ – 11 SUBPROJETOS

CAICÓ, CARNAÚBA DOS DANTAS, CURRAIS NOVOS, OURO BRANCO, PARELHAS, SÃO JOSÉ DO SERIDÓ E SERRA NEGRA DO NORTE

7 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 396
N° DE MULHERES: 237
N° DE JOVENS: 148
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 590.423,75

POTENGI –3 SUBPROJETOS

LAGOA DE VELHOS, MACAÍBA E RIACHUELO

3 MUNICÍPIOS
N° DE FAMÍLIAS: 40
N° DE MULHERES: 17
N° DE JOVENS: 8
VALOR DESSES SUBPROJETOS: R$ 83.291.34

Cibele Silveira
Assessoria de Comunicação
Desenvolvimento Solidário / SETHAS
9173-9234